Publicidade:

Como preparar uma entrevista de emprego: 11 passos

A prova-rainha dos processos de recrutamento e seleção pode ser um momento de nervosismo. Para que corra bem, saiba como preparar uma entrevista de emprego.

Como preparar uma entrevista de emprego: 11 passos
Vai a uma entrevista de emprego em breve? Saiba como se preparar

Precisa de saber como preparar uma entrevista de emprego? Chegou ao sítio certo, porque temos todas as dicas que necessita para brilhar durante a primeira fase de seleção para um novo trabalho.

Conseguir uma entrevista de emprego nos dias que correm não é uma coisa que aconteça todos os dias. Depois de muitos currículos enviados e de muitos contactos feitos, quando chega a altura de enfrentar a seleção, é preciso preparar-se bem e estudar os vários cenários possíveis. Saiba como.

Saiba como preparar uma entrevista de emprego em poucos passos


Depois de muitos currículos enviados e muitos contactos feitos, continuam a ser relativamente escassas as oportunidades para se ir a uma entrevista. Assim sendo, quando o chamarem para uma, não deixe que nada falhe. É preciso preparar-se bem e estudar os vários cenários possíveis. Saiba como.

11 dicas para se preparar para a sua próxima entrevista

Aqui ficam as nossas sugestões para que, no momento-chave, se saia muito bem.

entrevista de emprego

1. Aposte na preparação

A preparação para a entrevista de emprego é talvez o ponto chave que pode ditar ou não o sucesso da mesma. Se o chamaram para uma entrevista, é fundamental que se prepare a 100%. Para isso, terá de investigar e estudar muito bem a empresa, as áreas de negócio, o tipo de atividade, entre outras coisas.

Deve chegar à empresa a dominar o que a mesma faz, um pouco da sua história e de que forma poderá contribuir futuramente. Hoje em dia, na era da globalização, não há razão para não se preparar convenientemente. Alguns recursos úteis poderão ser o Glassdoor e o LinkedIn.

2. Ensaiar

Quando vamos a uma entrevista de emprego, claramente não sabemos como irá correr, o que nos irão perguntar ou de que forma nos irão colocar à prova. Ainda assim, é possível preparar-se de certa forma. Investigue um pouco os modelos de entrevistas na sua área e tente ensaiá-los. Há sempre três ou quatro perguntas, pelo menos, que é certo que lhe irão fazer. Se se aplicar na preparação, é mais provável que se saia bem em grande parte da entrevista.

3. Manter a calma

Deve ser, talvez, das coisas mais difíceis de se pedir a alguém que vá a uma entrevista de emprego, mas é fundamental manter a calma e respirar fundo. Quanto maiores são os nervos, mais se irá atrapalhar e fugir do que é essencial. Se não conseguir mesmo controlar a ansiedade, o melhor mesmo é dizer isso mesmo ao recrutador. Assim, verá que se quebra o gelo.

4. A primeira impressão

Chegado o dia da entrevista, lembre-se sempre de que a primeira impressão é a que conta. Por mais que se esforce depois, se der uma má imagem inicial, será essa que vai ficar. Dentro desta ideia, não descure em momento algum a apresentação. Há algumas coisas que poderá ter em conta:

  • vista-se bem mas não exageradamente formal;
  • no caso das mulheres, é boa ideia evitar roupas mais arrojadas como mini saia ou decotes;
  • evite perfumes muito fortes;
  • leve o cabelo arranjado;
  • tenha uma postura formal mas tente mostrar-se, ao mesmo tempo, descontraído;
  • opte por tons mais neutros.

5. O dia anterior

Depois de já ter investigado a empresa, ensaiado o que achou que poderia fazer sentido e de se sentir confiante para a entrevista no dia seguinte, é altura de cuidar de si:

  • deite-se cedo e durma bem;
  • se não conseguir adormecer, tente beber um chá calmante, pode ajudar a controlar a ansiedade;
  • no dia da entrevista, não saia de casa sem comer.

6. Conheça os seus pontos fortes

Não há tempo a perder. Pense bem quais são as suas competências chave, aquelas que o fazem destacar-se. Os maiores feitos profissionais alcançados e as experiências que mais o marcaram. São estes pontos positivos que terá de referir durante a entrevista. Não disperse, nem dê importância a detalhes pouco ou nada significativos.

7. Informe-se sobre quem contrata

Elementar! Preparar uma entrevista de emprego obriga sempre a uma pesquisa prévia sobre a empresa. Aceda ao site e leia a informação disponível, navegue nas redes sociais onde a instituição tem presença. Não se esqueça que o recrutador irá perguntar-lhe porque gostaria de trabalhar lá e convém dar uma resposta convincente e fundamentada. Pode ir mais longe e ligar para a empresa a confirmar o horário da entrevista e a perguntar quem será o entrevistador. Depois, é só deixar o LinkedIn fazer o resto!

8. Fundamente as respostas

Não se limite a debitar o seu currículo. Quem está a contratar já o viu e até foi por isso que o chamaram. O recrutador está interessado em si e na sua história. Crie uma sequência narrativa do seu percurso académico e profissional, até à data. Explique as suas escolhas e decisões. Mais do que números, as empresas procuram pessoas com as quais se identificam.

9. Mostrar uma mais valia: porquê?

Tudo se resume a isto. Por muito bom e competente que seja, a verdade é que terá de justificar a quem está à sua frente porque é o candidato certo para o lugar. Você tem para oferecer o que eles procuram. É esta a mensagem. Demonstre como o seu perfil se enquadra na estrutura da empresa e as suas competências vão ao encontro das necessidades.

10. Tome nota

Não chegue em cima da hora. Vá com tempo para que tudo corra bem, não se deixe enervar e veja a morada exacta e se tem forma de chegar ao destino sem se perder.

11. Aja com honestidade

Uma das poucas certezas que poderá ter antes de se submeter a uma  entrevista de emprego é esta: mentir não o vai levar a lugar nenhum, ou pelo menos a um lugar que não seja o facto de ficar mal visto e não o quererem contratar. Mesmo que a mentira passe na entrevista, poderá tornar-se uma pedra muito grande no seu sapato, que mais tarde poderá desencadear sérios problemas.

Veja também:

Catarina Reis Catarina Reis

Consultora de carreira com mais de 10 anos de experiência, possui formação superior em Gestão de Recursos Humanos e Psicologia. É naturalmente curiosa, desenvolvendo múltiplos projetos paralelos que envolvem a Fotografia, a Música, o Marketing Digital e o Cinema.