Publicidade:

14 segredos para conservar alimentos por mais tempo

Contamos-lhe quais os segredos para conservar alimentos por mais tempo e vai ver como é muito simples prolongar a vida dos seus ingredientes favoritos.

14 segredos para conservar alimentos por mais tempo
Técnicas surpreendentes!

Todos desejamos conservar alimentos por mais tempo e sabemos como é dececionante verificar que, aquele produto fresco que acabámos de comprar, já não se encontra em condições de ser ingerido. Para evitar esta e outras deceções, reunimos alguns truques e dicas que o vão ajudar a, de forma muito prática e simples, conservar alimentos por mais tempo. Soluções 100 % eficazes que o vão surpreender e maravilhar!…

Truques e dicas para conservar alimentos por mais tempo e com todo o sabor


Frutos vermelhos

conservar alimentos

Faça uma mistura de vinagre de maçã com água, numa proporção de 1 para 10, e lave, nessa solução, os morangos, as amoras e os demais frutos vermelhos. Escorra a água e coloque as frutas num recipiente revestido com papel. Guarde no frigorífico e usufrua deste frutos por mais tempo.

Aipo, bróculo e alface

Envolva estes vegetais em papel de alumínio e guarde no frigorífico. Esta técnica garante uma durabilidade de duas a três semanas.

Queijo

Embrulhe o queijo em papel manteiga e conserve numa tigela de cerâmica ou de vidro, no frigorífico. Se guardar num recipiente de plástico, é importante que não o feche completamente. O queijo deve, também, ficar na parte menos fria do frigorífico. O queijo ralado pode, ainda, ser congelado em porções.

Cogumelo

conservar alimentos

Limpe os cogumelos, sem usar demasiada água, colocando numa tigela com um pouco de água salgada. Disponha-os sobre papel de cozinha e remova as partes danificadas. Assim que estiverem secos, guarde no frigorífico, num saco plástico, caixa de madeira ou recipiente forrado com guardanapos.

Damasco ou pêssego

Guarde estas frutas ainda verdes e sem manchas ou defeitos. Coloque numa caixa, envolvida com papel manteiga ou distribua as peças de fruta num recipiente com compartimentos, levando sempre ao frigorífico. Aí, elas mantêm-se numa temperatura apropriada para o seu amadurecimento gradual e maior durabilidade.

Requeijão

Guarde este tipo de queijo em recipientes de vidro ou cerâmica com tampa e, antes de colocá-los no frigorífico, junte duas a três colheres de chá de açúcar sobre eles. Já para conservar o requeijão fora do frigorífico, há que colocar uma camada de sal grosso num recipiente esterilizado, juntar-lhe o requeijão e cobrir com pano. De preferência, coloque algum peso sobre o recipiente.

Uvas

As uvas devem ser guardadas no fundo do frigorífico e os cachos não devem tocas uns nos outros. Também pode experimentar pendurar os cachos num local fresco, escuro, seco e bem ventilado.

Gengibre

conservar alimentos

Esta raíz pode ser, simplesmente, congelada ou, então, pode secá-la ao sol e envolvê-la em papel manteiga para depois armazená-la num local fresco e escuro.

Carne

Se tem o congelador avariado, não desespere, pois pode conservar a carne entre 4 a 6 dias, seguindo métodos antigos. Rodeie a carne com folhas de urtiga, como rábano, absinto e estragão, embrulhe esta mistura com um pano embebido em vinagre e coloque esse embrulho numa panela ou caixa de madeira. Agora, enterre essa panela fechada no solo, a 20cm de profundidade. Quando quiser cozinhar a carne, lave-a bem para retirar o vinagre.

Para uma conservação mais comum, guarde a carne no congelador, envolvida em papel de alumínio, para que não queime.

Cebolinho

Corte o cebolinho e armazene-o numa garrafa plástica ou em copos descartáveis, sempre colocados no congelador.

Tomate

Guarde o tomate ainda verde, com as hastes para baixo, num saco de papel ou numa única camada, dentro de um recipiente. O local onde o armazena deve ser fresco e deve evitar que outras frutas entrem em contacto com ele, para não acelerar o processo de maturação. Quando estiver maduro, o tomate deve ser conservado à temperatura ambiente, com as hastes viradas para cima. Se possível, deve também evitar que os tomates fiquem em contato uns com os outros.

Ervas aromáticas

Coloque as hastes das ervas aromáticas num recipiente com água e cubra as suas folhas com um saco plástico. Armazene num local fresco.

Maçã

conservar alimentos

Embrulhe esta fruta em papel manteiga ou papel vegetal, mantendo as suas hastes para cima. Guarde num espaço escuro, frio e, se possível, o mais afastado possível das batatas.

Manteiga

Para conseguir que esse alimento dure até 3 anos (!), coloque a manteiga dentro de frascos esterilizados, os quais deve dispor numa assadeira e levar ao forno a 110 ºC, durante 15 a 20 minutos. Depois, junte mais manteiga nos frascos e feche bem. Volte a colocar os frascos no forno, agora durante 45 minutos. Finalmente, espere que arrefeçam e armazene no armário.

Agora que já aprendeu a conservar alimentos por mais tempo, já não precisa de temer o momento de fazer uma salada e verificar que o tomate e a alface já passaram do ponto. A partir deste momento, terá sempre produtos frescos e viçosos, como se tivesse acabado de os comprar no mercado mais próximo. Partilhe com os seus amigos estas dicas sobre como conservar alimentos por mais tempo e contribua para uma missão global de dizer “não” ao desperdício!

Veja também:

O E-Konomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro. O E-Konomista não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui qualquer garantia nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se pretender sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].