Publicidade:

9 cuidados pós parto para um regresso a casa feliz

O pós parto é um período exigente e desafiante. Para que decorra de forma harmoniosa é importante que ponha estes 9 cuidados pós parto em prática.

9 cuidados pós parto para um regresso a casa feliz
É normal que a mulher se sinta ansiosa e com alterações de humor

Após o parto o corpo da mulher começa gradualmente a voltar ao estado anterior à gravidez. É uma fase repleta de transformações, durante a qual a mulher deve estar alerta a potenciais sinais de alarme e deve procurar ajuda médica sempre que se justificar. Deve ser paciente com o seu corpo e cuidar de si mesma, já que não é só o bebé que necessita de cuidados pós parto.

Compreender o período após o parto


O puerpério é o período que se segue ao nascimento do bebé e caracteriza-se por grandes mudanças físicas e emocionais. Durante esta fase, o bebé adapta-se à vida extrauterina e requer toda a atenção e cuidado por parte dos adultos que o rodeiam.

Para a recém-mamã esta é também uma etapa exigente. Não só tem que se adaptar à nova realidade e aprender novos cuidados, como atravessa um período repleto de alterações hormonais e fisiológicas.

O puerpério é uma fase importante de namoro e admiração dos pais pelo seu bebé. Nesta fase o vínculo familiar é reforçado e é importante que a família tenha tempo para desfrutar tranquilamente.

Enquanto mãe, é natural que sinta insegurança e tenha muitas dúvidas, afinal de contas os cuidados a prestar ao bebé são tantos e há tanto para aprender. O apoio dos familiares mais próximos pode ser a chave para um pós parto mais feliz e tranquilo. Para a ajudar, listamos alguns cuidados pós parto que não pode esquecer!

cuidados pós parto para um regresso a casa feliz

9 cuidados pós parto para um regresso a casa feliz


1) Cuidados a ter com a ferida cirúrgica abdominal

Na realização de um parto por cesariana é feita uma incisão abdominal com a qual há que ter importantes cuidados pós parto:

  • manter o penso impermeável que reveste a ferida cirúrgica;
  • manter a zona abdominal limpa e seca;
  • evitar fazer esforços, dado que a ferida ainda se encontra em fase de cicatrização;
  • utilizar cinta pós-parto;
  • estar atenta a sinais, tais como: dor, rubor, calor no local da ferida e febre.

2) Cuidados a ter com a episiorrafia

A episiotomia é uma incisão feita no períneo para ajudar o bebé a nascer e, normalmente os pontos são reabsorvíveis. É aconselhável que tenha os seguintes cuidados:

  • manter a região limpa e seca, pois a ferida cirúrgica encontra-se em fase de cicatrização;
  • mude o penso higiénico várias vezes ao dia e não use tampões;
  • efetuar sempre a higiene perineal;
  • evitar sentar-se sob a ferida cirúrgica: deve sentar-se sobre a perna do lado oposto da episiorrafia;
  • se tiver edema ou inchaço fale com o seu médico ou enfermeiro de família.

3) Alimentação no pós parto

As necessidades energéticas e nutricionais da mulher que está a amamentar são muito semelhantes às de uma grávida no último trimestre. É importante que a recém mamã tenha uma alimentação completa e variada.

A Direção-Geral da Saúde recomenda que a mulher que se encontra a amamentar receba um suplemento diário de iodo, no sentido de não comprometer o desenvolvimento cognitivo e comportamental do bebé. Todavia, há patologias que constituem uma contraindicação para a suplementação com iodo e, por isso, é imprescindível que esta suplementação seja feita sob supervisão médica.

4) Cuidados a ter nos primeiros dias de amamentação

A amamentação é um processo natural, mas isso não implica que não requeira alguma aprendizagem. Amamentar pode ser um processo complexo e pode ser uma fonte de stress. De forma a prevenir complicações, há importantes cuidados pós parto a ter no que toca à amamentação:

  • realizar a higiene das mamas quando efetua a higiene corporal diária;
  • manter a mama seca e utilizar um soutien adequado à amamentação;
  • manter os mamilos sempre secos;
  • colocar colostro/leite no final das mamadas e deixar secar (hidrata e protege o mamilo);
  • se necessário, utilizar arejadores de mamilos;
  • não deixar o bebé fazer da mama chupeta, porque vai provocar maceração dos mamilos e formação de fissuras.

5) Consulta pós parto

A consulta pós parto é dedicada à recém mamã e, por isso mesmo, é de grande importância. Nesta consulta são abordados vários aspetos relacionados com a recuperação física e emocional após a gravidez e após o parto. Deve falar abertamente com o seu médico sobre as exigências do pós parto e colocar todas as dúvidas que lhe tenham surgido desde o nascimento do bebé.

Para que não se esqueça de nada, tenha o cuidado de levar para a consulta uma lista com todos os assuntos que deseja abordar. Recolha toda a informação necessária e volte para casa mais serena e confiante.

6) Gerir as emoções no pós parto

Imediatamente a seguir ao parto os pais são confrontados pela primeira vez com a presença do bebé, e é natural que sintam medo e insegurança. Mais ainda, as mulheres têm que enfrentar uma grande reorganização hormonal e metabólica que pode provocar mudanças de humor. Os pais devem dialogar e partilhar tarefas, atenuando o impacto desta nova fase.

7) Gerir as visitas na maternidade e em casa

O pós parto é exigente e uma boa reorganização familiar pode ajudar. As visitas, apesar de bem-intencionadas, podem trazer uma multiplicidade de dicas e conselhos sobre como procederam no passado, deixando os pais inseguros. Deixe claro como pretende fazer a gestão das visitas:

  • limite as visitas;
  • garanta que as visitas não interferem nas rotinas do bebé;
  • encarregue alguém pelo controlo da duração das visitas durante o internamento hospitalar;
  • peça e aceite a ajuda das pessoas que gostam de si;
  • se tiver filhos mais velhos, tente inclui-los nos cuidados ao bebé e integra-los na nova rotina familiar.

8) Recomeçar a praticar exercício físico no pós parto

A prática moderada de exercício físico no pós-parto tem imensos benefícios (melhora a saúde e bem-estar geral; ajuda a prevenir a depressão pós parto; ajuda a mãe a recuperar a forma física), no entanto, o exercício não deve ser retomado sem o aval do médico. A mulher deve conversar com o médico sobre qual a melhor altura para recomeçar a praticar exercícios pós-parto e quais as modalidades mais adequadas.

9) Reiniciar a atividade sexual após o parto

Geralmente, a atividade sexual só é aconselhada a partir da 3ª/4ª semana após o parto, mas naturalmente deve ser o casal a decidir qual a altura ideal para retomar a atividade sexual.

Em relação à contraceção, é conveniente iniciá-la 15 dias a 3 semanas pós parto, mesmo estando a amamentar. Vários métodos contracetivos podem ser adotados pelo casal no período em que a mãe amamenta, e o médico é a pessoa mais habilitada para ajudar nesta escolha.

Em suma


Os cuidados pós parto acima descritos são fundamentais para se adaptar da melhor forma a esta nova etapa da sua vida. Acima de tudo, não se esqueça de descansar e dormir enquanto o seu bebé dorme, e não deixe de colocar nenhuma dúvida aos profissionais de saúde que a acompanham. Desfrute desta fase tão bonita e deleite-se com o olhar, o cheiro e o toque do seu bebé.

Veja também: