Publicidade:

Qual o desporto mais adequado para a sua condição física?

Fazer exercício é essencial em qualquer idade. Considerando a sua condição física, descubra qual o desporto mais adequado para si!

Qual o desporto mais adequado para a sua condição física?
Descubra qual o melhor exercício para si

Se a sua desculpa para não fazer exercício físico se prende com a sua condição física ou mesmo algum problema de saúde, saiba que essa desculpa tem os dias contados! Isto porque, para cada tipo de corpo, para cada problema de saúde, há um desporto adequado e que o pode ajudar a minimizar os sintomas ou dificuldades associadas. Venha conhecer a que mais se adapta a si!

Modalidades adequadas para cada condição física


1. Natação

natacao

A natação é, muitas vezes, considerada o desporto que mais põe os músculos a mexer. Neste sentido, esta é uma modalidade recomendada para pessoas com problemas de artrite, isto é, com inflamações nas articulações.

Uma vez na água, com a flutuação, o impacto nas articulações diminui e, para muitas pessoas, esse fator torna o treino muito mais agradável. Por outro lado, a natação é um ótimo exercício aeróbico que trabalha a força e a tonificação dos braços, pernas e abdómen.

2. Exercícios de força

forca muscular

Sempre que possível, deve complementar o exercício físico com exercícios de força, tendo sempre em conta a sua condição física. O treino de força muscular pode ser feito com máquinas de musculação e pesos livres, com acessórios como elásticos, por exemplo, e utilizando também o próprio peso corporal.

Mas o treino da força muscular não serve só para isto, este tipo de treino proporciona também vários benefícios para a saúde, entre os quais: prevenção da osteoporose, alívio da dor lombar, melhoria dos níveis de açúcar no sangue, redução da ansiedade e prevenção de doenças cardiovasculares.

3.  Tai Chi

tai chi

O Tai Chi é uma arte chinesa que permite trabalhar três aspetos: o físico, o espírito e a mente. Por esta mesma razão, esta é uma atividade física que se encontra aconselhada a um vasto grupo de pessoas, independentemente da sua condição física.

Ainda assim, por ser uma modalidade de baixo impacto, o Tai Chi acaba por ser muito vantajoso para pessoas mais velhas ou que apresentem alguns problemas de saúde. Isto porque grande parte dos exercícios incidem sobre o equilíbrio, a postura, a respiração e a flexibilidade, faculdades importantes e que se vão perdendo à medida que se envelhece.

4. Kegel

kegel

Este exercício é daqueles que pode fazer em qualquer lugar, sem que as demais pessoas se apercebam e em que a condição física não é desculpa. Na verdade, a prática dos exercícios Kegel é recomendada para homens e mulheres, uma vez que ajuda a fortalecer os músculos da região pélvica, prevenindo assim a incontinência urinária.

Ao longo dos anos, o útero, a bexiga, o intestino e o reto começam a perder elasticidade, o que pode levar a perdas de urina. Deste modo, para tornar estes músculos mais resistentes, deve contrair os músculos como se estivesse a interromper o fluxo da urina ou das fezes. Mantenha essa contração durante 2 a 3 segundos e repita o exercício 10 vezes.

5. Andar a pé

andar a pé

Outra modalidade de baixo impacto e com vários benefícios para a saúde é andar a pé. Mas também aqui acabaram as desculpas, nomeadamente a de falta de tempo!

Vários estudos comprovam que apenas 15 a 30 minutos de caminhada podem ter um impacto positivo na saúde, tanto a nível de saúde física, como mental e emocional.

Assim, aposte num calçado confortável e escolha um percurso adequado à sua condição física. No final da caminhada, o seu organismo vai agradecer, uma vez que contribuiu para melhorar a sua performance cognitiva, fortalecendo músculos e ossos, reduzindo a dor e o risco de cancro, entre outros.

Veja também: