Publicidade:

Destinos de viagens radicais: 6 opções emocionantes

Gosta de férias com muita adrenalina? Então, este artigo é para si. Prepare-se para dias emocionantes, com a nossa lista de destinos de viagens radicais.

Destinos de viagens radicais: 6 opções emocionantes
Dê emoção às suas férias

Interessado em destinos de viagens radicais? Não faltam opções pelo mundo, dependendo do tipo de atividades ou de paisagens que mais aprecia. De facto, se é daquelas pessoas que não gostam de estar paradas nas férias, e se tem um perfil minimamente aventureiro, vai adorar poder introduzir um pouco de adrenalina nas suas viagens.

Gostaria de ir a um lugar onde pudesse experimentar a sensação de andar numa montanha-russa gigante? Escalar montanhas? Mergulhar e conhecer as profundezas dos oceanos? Fazer snowboard a alta velocidade? Fomos à procura de destinos assim, emocionantes, e reunimos 6 excelentes sugestões. Escolha aquele que mais lhe agradar e satisfaça sem demora o seu desejo de aventura.

6 destinos de viagens radicais: sítios imperdíveis


Austrália

Surf em Sydney, Austrália

A Austrália é um país colossal e, sem dúvida, um ótimo destino para uma viagem radical. Desde surfar na famosa Bondi Beach, em Sidney, até escalar o mítico Ayers Rock, há todo um cardápio de atividades emocionantes por onde escolher. Fazer bungee jumping em Cairns, mergulhar na Grande Barreira de Coral ou saltar de paraquedas em Airlie Beach, são apenas mais alguns dos momentos marcantes que vai poder colecionar numa visita à terra dos cangurus.

Formigal, Espanha

Desportos de inverno em Formigal, Espanha

Para nós, povo do sul da Europa, sem qualquer cultura desportiva ligada à neve, os desportos de inverno são considerados atividades radicais, certo? Assim, não podíamos deixar de incluir neste artigo algumas estâncias turísticas e de lazer que são perfeitas para os dias mais frios do ano.

É o caso de Formigal, uma estância no Nordeste de Espanha, a cerca de 5 horas de carro de Madrid. Para além de proporcionar emoção nas pistas, o Formigal também a oferece fora dela, numa área específica dedicada ao après-ski, onde se realizam concertos, DJ sets e festas bastante animadas.

Macau

Bungee Jumping em Macau, China

Acha que Macau é um local a visitar apenas pelos seus casinos, monumentos e vertente cultural? Está enganado.  Se procura um destino radical no continente asiático, deve equacionar colocar Macau na lista de viagens a realizar.

Nesta antiga colónia portuguesa é possível praticar um dos bungee jumpings mais corajosos do mundo. Fica na Macau Tower, um dos cartões de visita deste território chinês, que lhe oferece 233 metros de pura adrenalina. Esta atração já figura no Livro do Guiness – e quem já teve a oportunidade de enfrentar o salto, afirma que a sensação é de arrepiar.

Filipinas

Mergulho nas Filipinas

É natural que fique surpreendido ao ver as Filipinas nesta seleção de destinos de viagens radicais. Mas, sabia que na baía de Donsol, na província filipina de Sorsogon, entre fevereiro e março, é possível viver uma experiência inesquecível? Falamos de nadar com tubarões-baleia.

Estas criaturas titânicas são referidas pelos filipinos como butandings e apresentam, em média, 12 metros de comprimento e 36 toneladas. São os maiores mamíferos marinhos do mundo, mas não fique assustado com o tamanho: são amigáveis e dóceis, alimentando-se, sobretudo, de plâncton.

África

Safari em África

Em qualquer lista destinos de viagens radicais, o continente africano tem de estar presente. E, na verdade, não é um destino, mas são vários: Quénia, África do Sul, Tanzânia… São imensas as possibilidades para umas férias bem animadas, a começar pelos incríveis safaris que por lá se fazem.

Outras opções para os corajosos são: o maior bungee jumping de ponte do mundo – experiência disponível na Cidade do Cabo – ou nadar com tubarões. Também pode nadar com focas e leões-marinhos na Duiker Island, também na África do Sul. É mais tranquilo, mas não menos emocionante.

Alpes Italianos

Sestriere, Alpes Italianos

Sestriere, próximo de Turim, é outro destino imperdível para os amantes dos desportos radicais de inverno. Destaca-se por ter sido Aldeia Olímpica e acolhido muitas das modalidades dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2006. São 146 pistas, com vários níveis de dificuldade, e uma escola de ski e snowboard com professores experientes, prontos a ajudá-lo, caso seja um estreante ou queira aperfeiçoar a prática.

Para além das atividades físicas, poderá contar com o charme desta cidade italiana dos Alpes, onde não faltam lojas, cafés e restaurantes acolhedores.

Veja também: