Publicidade:

8 dicas para gastar menos em sapatos

Conheça as nossas dicas para gastar menos em sapatos e, ainda assim, manter o estilo.

8 dicas para gastar menos em sapatos
Poupe sem sair de moda

Olhar para o extrato da conta bancária e perceber que metade do ordenado foi gasto com aquele par de sapatos de marca que vai ser usado apenas algumas vezes, pode ser desesperante. Para quem sabe que não tem vocação para ser a Carrie Bradshaw, e não pode gastar centenas de euros em apenas um par de sapatos, listámos algumas dicas para gastar menos em sapatos.

8 dicas para gastar menos em sapatos

1. Vá alternando

sapatos

Os sapatos precisam de pelo menos 24 horas para respirar, secar e voltar ao formato original. É importante que o mesmo par de sapatos, ou sapatilhas, não seja utilizado mais de um dia seguido, pois o uso constante pode deformar as palmilhas e a sola, e fazer com que o material desgaste mais rapidamente.

Quem sua nos pés também precisa de ter cuidado porque o ambiente húmido e fechado propicia a proliferação de bactérias e fungos que podem causar mau cheiro e problemas na pele e nas unhas. Estes pequenos cuidados de saúde vão fazer os sapatos durarem por mais tempo.

2. Use e abuse do outlet

shoes

Pode não ser sempre, mas é possível encontrar aquele sapato dos sonhos nas lojas dos outlets. E lá, estarão com certeza mais baratos.

3. Invista

shoes

Ocasionalmente aparecem sapatos que precisam de um investimento maior: botas para o inverno ou sapatilhas para desporto, por exemplo. Nestes casos, pesquise, experimente, e considere a compra como um investimento, pois são artigos que só serão trocados quando não servirem mais. Assim, mais vale gastar mais dinheiro com sapatos que irão durar mais tempo do que pouco dinheiro em muitos pares, praticar o consumo consciente faz bem ao mundo e à conta bancária.

4. Tenha os clássicos

sapatos

Uma das dicas para gastar menos em sapatos é bem simples: pense bem se vale mesmo a pena adquirir aquela sandália com muitas pedrarias que só vai ser usada no casamento da sua prima ou se uma sandália simples e elegante que pode ser usada em várias ocasiões vale mais a pena. É claro que pequenos mimos sempre vão bem, mas se quer gastar menos em sapatos, mais vale apegar-se aos clássicos e contar com poucos e bons.

5. Personalize

cobbler

Tem sapatos com tacões muito altos, mas quase não os usa mais porque são desconfortáveis? Que tal procurar um sapateiro que possa personalizá-lo para si? Diminuir tacões, trocar as tiras, tingir os tecidos, tudo isso é possível e pode revitalizar um sapato mais antigo.

6. Aguarde os saldos

saldos

Quer muito aquelas botas? Espere pelos saldos. Muito provavelmente elas estarão no mesmo lugar só que por metade do preço. Das dicas para gastar menos em sapatos esta talvez seja a mais óbvia, mas ainda assim é a mais importante: aguarde, sempre que puder, pelos saldos.

7. Tenha uma reserva

sapatos

Já usa uma marca há muito tempo e simplesmente adora os seus sapatos? Ou tem algum modelo do coração que não larga por nada? Aproveite saldos e descontos para comprar um duplo e evitar gastos surpresas quando por acaso algo acontecer aos seus pares de sandálias favoritos.

8. Passe adiante

shoes

Se tem sapatos como novos guardados em casa e não sabe o que fazer com eles, experimente vendê-los. Assim é possível libertar espaço no armário, renovar o estilo, fazer outra pessoa feliz e ainda ganhar algum dinheiro para comprar mais sapatos no futuro. Mas atenção: caso os artigos estejam visivelmente usados, não tente vender.

9. Faça um orçamento

dicas-para-gastar-menos-em-sapatos

Se ainda não faz um orçamento mensal, está na hora de começar a fazer. Como? Simples. Num caderno, num ficheiro Excel ou numa aplicação registe diariamente todos os seus gastos. Ao fim de algum tempo, consegue perceber exatamente para onde vai o seu dinheiro e pode definir valores anuais para gastar menos em sapatos.

10. E uma lista do que já tem

dicas-para-gastar-menos-em-sapatos

Antes de mais nada, confirme todos os pares de sapatos, sabrinas, sandálias, botas e chinelos que tem no armário. Verifique se algum par precisa de ser substituído, faça uma lista do que vai guardar e, se possível, tire também fotografias. Na hora de preparar o que vestir, já não se esquece de nenhum dos sapatos que podem estar perdidos no fundo do armário.

Veja também:

O E-Konomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro e não é responsável pelos produtos apresentados. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se quiser sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].