Publicidade:

8 dicas para tirar partido das feiras de emprego

Precisa conhecer todas as dicas para tirar partido das feiras de emprego - conselhos fundamentais que o vão orientar no caminho da oportunidade por que tanto procura.

8 dicas para tirar partido das feiras de emprego
Saiba como usufruir destes eventos da melhor forma

Se está à procura de uma nova oportunidade de trabalho e quer dicas para tirar partido das feiras de emprego, chegou ao sítio certo – e já adiantamos: estes eventos podem mesmo ser uma excelente porta de entrada para o mercado.

Efetivamente, quando bem aproveitadas, as feiras são muito úteis e ajudam-no a encontrar o emprego ideal para si. Por quê? É simples: nestas feiras, são muitas vezes estabelecidos contactos determinantes e conhecem-se potenciais recrutadores. Paralelamente, são uma ótima oportunidade de networking, dando-lhe a oportunidade de conhecer um pouco da cultura de cada empresa participante. Mas, como aproveitar bem as feiras de emprego? Confira as nossas dicas.

8 dicas para tirar partido das feiras de emprego


feiras de empregoFonte: Pexels/negativespace

1. Trace um plano prévio e prepare-se

Não vá despreparado. Saiba previamente quais as empresas que vão participar e esteja devidamente informado sobre elas. Antes da feira, reúna o máximo de informação sobre os empregadores que vão marcar presença. Sabendo isso, vai poder definir quais as empresas que mais lhe interessam ou que deve contactar em primeiro lugar.

2. Vista-se de forma cuidada e profissional

Lembre-se de que a imagem é muito importante. De facto, causar uma boa impressão é essencial para que se lembrem de si. Uma imagem descuidada pode colocá-lo imediatamente de fora das opções dos recrutadores.

3. Informe-se sobre as posições que cada empresa tem em aberto

Uma vez na feira, é importante que deixe as inibições de lado e fale diretamente com os recrutadores presentes. E claro: procure saber quais as vagas para as quais se encontram a recrutar. Só assim pode saber se a empresa o interessa e se tem oportunidades adequadas para si e para as suas competências.

4. Mostre-se interessado e atento ao que lhe dizem

Ao dirigir-se às empresas do seu interesse, mantenha o contacto ocular direito e mostre-se interessado por tudo que lhe dizem, seguindo toda a informação com atenção.

5. Coloque questões

Coloque questões aos responsáveis da empresa presentes sobre situações que lhe permitam conhecer melhor a forma de trabalhar da empresa. Na verdade, ir a uma feira não é só deixar o seu CV. Mostre, pois, curiosidade e interaja ativamente com os membros da empresa do seu interesse que marcarem presença na feira de emprego.

6. Antecipe o que lhe podem perguntar

Prepare-se com cuidado e atempadamente sobre questões que lhe podem ser colocadas. Pratique as respostas, de modo a poder transmitir a melhor imagem de si como ideal para a empresa em questão.

7. Recolha cartões de visita, flyers e afins

Sempre que for possível, guarde cartões de visita, flyers, entre outros, que possa guardar para uma oportunidade futura, e com informação que possa introduzir no seu arquivo de contactos.

8. Follow up

Depois da feira de emprego, redija e envie cartas de apreço e de agradecimento às empresas com quem teve contacto e onde gostaria de vir a trabalhar. Não se esqueça de que este tipo de atitude pode marcar a diferença e destacá-lo no meio de outros potenciais candidatos ao lugar.

Siga estas dicas e verá como as feiras de emprego serão uma excelente forma de criar contactos e de conseguir uma boa posição no mundo do trabalho.

Para que servem as feiras de emprego?


As feiras de emprego não só uma novidade no mercado. Desde há muito que se realizam e podem ser a resposta certa tanto para recrutadores com empregos para dar e vender, como para profissionais em busca de trabalho.

Para quem procura emprego não será novidade que nem todas as ofertas de emprego são divulgadas através de sites institucionais, portais de emprego ou anúncios de jornal. É aqui que as feiras de emprego entram e podem ter um papel central no sucesso da sua procura de emprego.

Estas iniciativas são bons pontos de encontro – digamos assim – já que permitem que num único espaço estejam reunidos profissionais ativos e cheios de vontade de trabalhar e empresas que procuram os melhores colaboradores para os seus quadros. Em boa verdade, uma parte fundamental do processo de procura de emprego passa conhecer e interagir com potenciais recrutadores e, nesse sentido, as feiras de emprego podem ser uma das ferramentas mais úteis na sua busca.

Além disso, são uma ótima oportunidade de networking para os profissionais, que podem assim contactar de perto com os recrutadores e conhecerem um pouco da cultura de cada empresa participante. Mas, para poder tirar todo o partido das feiras de emprego, deve saber que o sucesso da sua participação requer que seja proativo antes, durante e depois do evento.

Veja também:

Catarina Mesquita Catarina Mesquita

Licenciada em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses e Ingleses, Pós-Graduada em Linguística Portuguesa e Mestre em Estudos Portugueses Multidisciplinares, possui experiência de mais de quinze anos ao serviço da educação, da tradução e da escrita.