Publicidade:

Doenças cardiovasculares: o que são e como preveni-las

O enfarte do miocárdio e o AVC são algumas das principais causas de morte em Portugal. É importante conhecer e prevenir as doenças cardiovasculares!

Doenças cardiovasculares: o que são e como preveni-las
Em Portugal, o número de pessoas com diabetes continua muito alto

O coração é um órgão essencial à vida humana mas, infelizmente, nem sempre tudo corre bem e, por vezes, surgem as doenças cardiovasculares. Estas doenças são a principal causa de morte em Portugal, portanto, torna-se crucial saber como preveni-las.

Sabe o que são doenças cardiovasculares?


doenças cardiovasculares

Doenças cardiovasculares são, como o nome indica, doenças que afetam o sistema circulatório, ou seja, o coração e os vasos sanguíneos. As doenças vasculares podem ser de vários tipos, sendo que algumas das mais preocupantes são a doença das artérias coronárias (artérias do coração) e a doença das artérias do cérebro.

Quase todas as doenças cardiovasculares são provocadas por aterosclerose, ou seja, pelo depósito de placas de gordura e cálcio no interior das artérias que dificultam a circulação sanguínea nos órgãos e podem mesmo chegar a impedi-la.

Quando a aterosclerose aparece nas artérias coronárias, pode causar sintomas e doenças como a angina de peito, ou provocar um enfarte do miocárdio. Quando se desenvolve nas artérias do cérebro, pode originar sintomas como, por exemplo, alterações de memória, tonturas ou causar um acidente vascular cerebral.

É possível prevenir as doenças cardiovasculares?


As doenças cardiovasculares são graves e podem ser fatais. Assim sendo, é imprescindível apostar na prevenção. De facto, as doenças cardiovasculares podem ser prevenidas pela adoção de um estilo de vida saudável e vigilância médica regular.

A melhor forma de prevenir as doenças cardiovasculares passa por controlar os principais fatores de risco, que são hoje bem conhecidos:

Infelizmente, nem todos os fatores de risco podem ser prevenidos, como a idade, o sexo e a predisposição genética. Sabemos, por exemplo, que ser do sexo masculino é um fator de risco para as doenças cardiovasculares e que as mulheres estão mais protegidas, pelo menos até entrarem na menopausa.

Mantenha-se saudável e previna as doenças cardiovasculares!


1. Mantenha-se ativo! Bastam 30 minutos de atividade física moderada por dia para que se sinta melhor e diminua o risco de vir a ter uma doença cardiovascular;

2. Tenha uma alimentação saudável, nomeadamente: consumo adequado de hortofrutícolas; ingestão reduzida de gordura saturada; consumo de ácidos gordos ómega 3 provenientes do peixe; consumo reduzido de sal; ingestão moderada de álcool.

3. Esteja atento ao nível de colesterol;

4. Controle a sua pressão arterial;

5. Perca peso, se tiver excesso de peso ou for obeso. Quem tem muita gordura acumulada, especialmente no abdómen, tem maior risco de ter pressão arterial alta, colesterol elevado e diabetes;

6. Reduza os níveis de açúcar no sangue. Pessoas com diabetes têm um risco maior de sofrer de uma doença cardiovascular;

7. Deixe de fumar! Fumar danifica todo o seu sistema circulatório, diminui os valores do colesterol bom e aumenta o risco de ter uma doença cardiovascular;

8. Controle o stress e a ansiedade. Frequentemente, níveis elevados de stress potenciam a adoção de maus hábitos, como fumar, comer mal ou ser sedentário. Mais ainda, o stress agudo provoca uma redução do fluxo sanguíneo para o coração e arritmias, aumentando a probabilidade de formação de coágulos no sangue.

Veja também:

Ana Graça Ana Graça

Mestre em Psicologia, pela Universidade do Minho, com a dissertação “A experiência de cuidar, estratégias de coping e autorrelato de saúde”. Especialização (Pós-Graduada) em Neuropsicologia Clínica, Intervenção Neuropsicológica e Neuropsicologia Geriátrica. Membro efetivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses, com especialidade em Psicologia Clínica e da Saúde e Neuropsicologia. Além da Psicologia. é apaixonada por viagens, leitura, boa música, caminhadas ao ar livre e tudo o que traga mais felicidade!