Publicidade:

Dor de estômago: causas, prevenção e tratamento

Grande parte da população apresenta dor de estômago, mas será este um sintoma preocupante? Descubra as potenciais causas e saiba como acabar com a dor.

Dor de estômago: causas, prevenção e tratamento
São muitas as pessoas que apresentam sintomas de problemas gástricos

dor de estômago é uma queixa muito frequente e pode estar associada a inúmeras causas. Na maioria das vezes é de curta duração e não representa gravidade, mas noutras situações pode ser bem mais preocupante.

Dor de estômago: causas comuns


São várias as condições e as patologias que podem causar dor de estômago.

Gastrite

  • Inflamação do revestimento mucoso do estômago;
  • Pode ser aguda (início repentino e de curto prazo) ou crónica (persistente e de longo prazo);
  • A dor de estômago é um dos sintomas mais frequentes;
  • A dor agrava-se quando comemos.

Úlcera do estômago ou do duodeno

  • Ferida na pele (mucosa) que recobre o estômago (úlcera gástrica) ou o duodeno (úlcera duodenal);
  • Maioria das úlceras é causada por uma infeção provocada por uma bactéria;
  • Outra causa frequente é a toma de medicamentos anti-inflamatórios;
  • O sintoma mais comum é a dor entre o esterno e o umbigo;
  • Também se pode ter úlcera e não ter dor.

Cancro do estômago

  • Existem vários tipos de cancro do estômago;
  • Habitualmente tem origem nas células da camada interior do estômago;
  • Com o tempo pode invadir a parede do estômago, espalhar-se pela camada exterior e invadir outros órgãos;
  • Dor no estômago ou no esterno pode ser um dos primeiros sintomas.

Refluxo gástrico

  • Quando o ácido do estômago sobe para o esófago produz uma sensação de queimadura/ardor do estômago para cima;
  • Ter um pouco de refluxo pode ser normal. Considera-se uma doença quando o ardor aparece frequentemente.

Cólon irritável

  • Surge porque os intestinos se contraem com demasiada força ou com força a menos;
  • Doença muito frequente e incómoda;
  • Dores abdominais são uma das principais queixas, geralmente acompanhadas também por gases, obstipação e, por vezes, diarreia.

Causas comuns da dor de estômago

Sinto dor de estômago, e agora?


Antes de mais, se sente dor de estômago intensa ou frequente deve procurar o seu médico de família. Sinais urgentes que indicam que deve consultar o seu médico de família são a presença de fezes com sangue ou de cor negra, vómitos frequentes ou significativa perda de peso e de apetite.

Há alguns hábitos importantes para manter a saúde do seu estômago e algumas medidas importantes na prevenção dos problemas digestivos, nomeadamente:

dieta rica em frutas e vegetais

1) Evitar as comidas que provocam mal-estar;

2) Moderar o consumo de irritantes do estômago: bebidas com álcool, café, chá preto, bebidas gasosas;

3) Fazer refeições frequentes;

4) Adotar uma dieta rica em frutas e vegetais;

5) Ingerir alimentos ricos em fibra para manter um bom trânsito intestinal;

6) Praticar exercício físico;

7) Evitar deitar logo após as refeições;

8) Deixar de fumar;

9) Reduzir o stress;

10) Rever com o médico todos os medicamentos que toma de forma habitual ou esporadicamente;

11) Seguir as recomendações médicas em relação à realização de tratamentos ou exames complementares de diagnóstico: por exemplo, realização de endoscopia.

Veja também:

Ana Graça Ana Graça

Mestre em Psicologia, pela Universidade do Minho, com a dissertação “A experiência de cuidar, estratégias de coping e autorrelato de saúde”. Especialização (Pós-Graduada) em Neuropsicologia Clínica, Intervenção Neuropsicológica e Neuropsicologia Geriátrica. Membro efetivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses, com especialidade em Psicologia Clínica e da Saúde e Neuropsicologia. Além da Psicologia. é apaixonada por viagens, leitura, boa música, caminhadas ao ar livre e tudo o que traga mais felicidade!