Publicidade:

12 erros de limpeza que tem de parar de cometer

Acredite: se não cometer estes 12 erros de limpeza, vai começar a fazer as tarefas domésticas em menos tempo e com menos esforço! Saiba quais são.

12 erros de limpeza que tem de parar de cometer
Evite estes erros e poupe tempo e dinheiro

Há tarefas de limpeza lá de casa às quais não podemos simplesmente virar costas. No entanto, se anda a cometer estes erros de limpeza, o processo torna-se ainda mais doloroso e exige mais tempo e dinheiro.

Vamos partilhar uma espécie de guia com o que não deve fazer quando se trata de limpar a sua casa. São uma espécie de 12 mandamentos dos erros de limpeza. Preparado?

Os 12 erros de limpeza que estão a arruinar-lhe as tarefas domésticas


erros de limpeza a limpar o chão da casa

1. Sobrecarregar a máquina de lavar loiça

Este é um dos erros de limpeza mais comuns e também um dos que vai acabar por lhe sair bem caro. Está a sobrecarregar a máquina da loiça para poupar água, energia e detergente?

Pois bem, se estiver bem atento, vai perceber que a loiça não ficou bem lavada e que há até alguma que continua suja, pois a água e o detergente não conseguiram alcançá-la durante a lavagem devido à sobrecarga. E o que vai acontecer? Vai acabar por gastar mais energia, água e detergente.

2. Usar detergente da loiça nas tábuas de madeira

Sabia que as tábuas de madeira que utiliza para preparar os seus alimentos não devem lavados apenas com detergente para a loiça? Nós vamos explicar-lhe porquê: não se esqueça que é aí que carne e peixe cru, legumes ainda por lavar e outras substâncias são preparadas e temperadas.

Por tudo isto, uma simples lavagem não será certamente suficiente. Higienize a tábua depois de preparar cada refeição com uma mistura de detergente e 2 a 3 gotas de lixívia, de forma a desinfetá-las e a evitar a contaminação com outros alimentos.

3. Ignorar áreas de maior uso

Outro dos grandes erros de limpeza que comete e nem se apercebe. Ou melhor, neste caso é mais o que não faz do que o que faz!

Existem alguns pontos específicos na sua casa que, apesar de não parecerem sujos, são os que mais carregam germes e bactérias. Torneiras, maçanetas de portas e puxadores de armários são usados com muita frequência por todos na família, pelo que deve ter especial atenção e limpá-los bem.

4. Esquecer a máquina de café

Se gosta de café fresco pela manhã, também deve gostar de o preparar numa máquina bem limpa. A máquina de café é perfeita para as bactérias se propagarem e para formar mofo, dada a sua temperatura. Lave todas as partes amovíveis e não apenas a cafeteira.

E a parte do reservatório igualmente! Evite manter a água parada durante muitas horas e mude-a de um dia para outro, se quiser evitar intoxicações alimentares.

5. Borrifar produto diretamente para as mobílias

Se calhar nunca pensou nisto, mas é verdade: borrifar as mobílias diretamente com produtos de limpeza é um dos erros de limpeza mais comuns, pois para além de formar uma camada que quase protege o pó já acumulado, ainda ajuda a reter mais pó.

Recorra a esta técnica apenas quando o móvel estiver realmente muito sujo. Em alternativa, o que deve fazer é borrifar a solução para um pano de microfibra e então esfregar o pano no objeto.

6. Utilizar sempre o mesmo pano

Este é um dos erros de limpeza que mais pessoas cometem. E para perceber o mal que está a fazer, imagine o seguinte cenário: uma esponja bem suja a lavar repetidamente diferentes pratos. Está a imaginar o resultado, certo?

Pois bem, é mesmo isto que acontece se utilizar sempre o mesmo pano! Se nota que mesmo depois de limpas, as superfícies ainda estão assim um pouco pegajosas, é porque está na hora de trocar de pano. Mesmo que não pareça muito sujo ou demasiado usado, os panos devem ser trocados diariamente e lavados na máquina após cada utilização.

clean

7. Não lavar as esponjas

Achar que enxaguar a esponja é o suficiente é outro dos grandes erros que tem de parar de cometer! A esponja de cozinha é um dos objetos mais sujos que tem em casa, sabia? Mais até do que a sua sanita, na verdade!

O que acontece é que os restos de comida e bactérias se acumulam nos poros da esponja e, por isso, é que apenas enxaguar não é suficiente. Pelo menos uma vez por semana deve aquecer a esponja molhada no microondas durante 2 minutos e substituí-la de 15 em 15 dias.

8. Organizar os talheres na máquina de lavar

Se pensa que está a fazer uma grande coisa ao colocar os talheres por categoria nos compartimentos da máquina de lavar loiça, engana-se. Pelo contrário! Ao colocar todos os talheres misturados está a ajudar à limpeza uma vez que as peças não vão ficar “encaixadas” umas nas outras e com maior facilidade em serem atingidas em toda a sua área.

9. Lavar janelas em dias de sol

Procure limpar as janelas em dias menos soalheiros e com nuvens. E porquê, pergunta? É simples! Acontece que o produto limpa-vidros em dias de sol vai secar muito mais rapidamente e o resultado vão ser muitas manchas nas janelas.

10. Não utilizar material de proteção

Fazer a limpeza sem luvas. A sua pele é superabsorvente e irá “chupar” praticamente qualquer substância com a qual entrar em contacto. Mesmo produtos naturais podem causar ressecamento. Evite as luvas de borracha ou látex: procure aquelas com o interior forrado de algodão, que criam uma barreira ainda mais protetora e são confortáveis.

11. Começar pelo chão

Limpar os pavimentos primeiro! Outros dos crassos erros de limpeza a não cometer. Muitas vezes, por instinto, começamos a limpar a casa pelo chão. Mas quando for limpar o pó e as janelas, o chão vai sujar-se de novo!

A ordem ideal será: vidros, mobília e, por fim, o chão. Faça isto e torne a limpeza mais eficiente e menos cansativa.

12. Não limpar a banca da loiça

O lava-loiça é outro dos locais com maior número de bactérias lá por casa. Consequentemente é também responsável pela propagação de muitos maus cheiros, e deve ser limpo após cada utilização.

Qual a melhor forma e o fazer? Utilize um detergente neutro sem cheiro e/ou a um desinfectante sem cheiro. Para evitar os maus cheiros, evite ao máximo que as sobras de alimentos caiam pelo ralo.

Veja também:

Helena Peixoto Helena Peixoto

‘If you can dream it, you can do it’: é assim que gosta de pensar e viver a vida. Casada, com um filho e com um cão, vê na família e amigos os seus bens mais preciosos, mas não passa sem um bom desafio profissional. Comunicar é a ‘sua praia’, seja em canais mais institucionais ou meios mais informais. Adora um bom filme, uma viagem dentro ou fora do país, é apaixonada por animais e anda sempre ‘à caça’ das últimas promoções.

Limpeza e Arrumação