Publicidade:

4 dicas para se precaver de erros médicos

É sabido que os erros médicos podem acontecer a qualquer pessoa, em qualquer momento. Contudo, algumas precauções podem ajudar a evitá-los.

4 dicas para se precaver de erros médicos
Saiba como pode ajudar o profissional e a si mesmo

Todos sabemos que os erros médicos são muito mais frequentes do que gostaríamos de admitir e podem acontecer a qualquer pessoa em qualquer situação.

Contudo, existem algumas coisas que podem ser feitas para ajudar a evitar esses erros médicos, certos cuidados que o paciente pode ter para que o trabalho do profissional de saúde seja ainda melhor.

Como prevenir erros médicos


Medicamentos

pills

Ingerir a quantidade errada ou o fármaco errado pode causar sérios problemas. Alguns medicamentos são extremamente fortes e, por vezes, pode ser difícil administrar uma dose que seja eficiente e ao mesmo tempo segura.

Falta de prática, erro humano e falta de comunicação podem levar qualquer um a cometer erros. É recomendado prestar atenção, tirar todas as dúvidas e manter sempre atualizada a lista de medicamentos que toma de forma regular. Tudo isso pode ajudar a evitar erros médicos no que diz respeito aos medicamentos prescritos.

Antibióticos

medicine

Os antibióticos são utilizados para atacar as bactérias, por isso, não ajudam em nada no caso de doenças causadas por vírus, como gripes ou constipações. É muito importante que não sejam utilizados de forma regular, porque com o tempo, podem deixar de funcionar.

O médico deve receitá-los pelos motivos certos e na dose correta. Não peça antibióticos ao seu médico se não precisa deles, ajude a evitar erros médicos.

Internamento

hospital

Não é agradável ficar internado, mas não é recomendado pedir para ir embora para casa antes do tempo recomendado pelo médico responsável. Estudos comprovam que pacientes que decidem ir para casa muito cedo, especialmente após cirurgias, são mais propensos a complicações.

No entanto, também não compensa ficar dias a mais do que o necessário, essa atitude só aumenta a probabilidade de contrair uma infeção. Seja honesto e direto com o seu médico sobre os seus sintomas e forma física, assim ele poderá decidir qual melhor tratamento e se é melhor um internamento ou uma recuperação em casa.

Itens esquecidos

hospital

Apesar de ser raro, é totalmente possível que alguém da equipa de cirurgia se esqueça de algum objeto estranho, como uma esponja ou outro pequeno instrumento, dentro do corpo do paciente. Esse esquecimento é um dos erros médicos mais graves, pois pode originar complicações diversas.

Sintomas como dores intensas, febre, enjoos e movimentos intestinais diferentes do usual, devem ser comunicados imediatamente ao médico encarregado para que uma investigação possa ser feita.

Outras atitudes importantes

Fale sempre que achar necessário: seja para tirar dúvidas ou para informar sobre os sintomas e medicamentos, comunique sempre com o seu médico.

Pesquise: antes de qualquer procedimento, pesquise com cuidado o médico e o hospital escolhido. Informações sobre taxa de mortalidade, resultados e experiências de outras pessoas podem ser cruciais.

Entenda o processo: saiba quais serão os procedimentos e de que forma os remédios e os momentos pós-cirurgia irão funcionar e afetar a sua saúde.

Veja também: