Publicidade:

5 escapadinhas românticas para o Dia de São Valentim

À procura de um São Valentim memorável? Sugerimos-lhe 5 cidades europeias para escapadinhas românticas com que sempre sonhou. Surpreenda e surpreenda-se.

5 escapadinhas românticas para o  Dia de São Valentim
5 cidades na Europa para surpreender quem mais ama

Com o Dia dos Namorados a aproximar-se a passos largos, é perfeitamente normal que o nervosismo aumente, na ânsia de encontrar o presente ideal para surpreender e demonstrar todo o amor e gratidão à sua cara-metade. Uma surpresa que nunca poderá falhar e que reforçará ainda mais a ligação entre o casal é marcar uma viagem e levar a pessoa que mais ama a mergulhar em apaixonantes escapadinhas românticas, naquelas cidades em que ambos sempre sonharam celebrar esta data tão especial.

5 escapadinhas românticas para momentos especiais


1. Paris, a cidade do amor

Paris

Paris será sempre o destino principal em qualquer lista de escapadinhas românticas para o Dia dos Namorados, ou não fosse a capital francesa impreterivelmente conhecida como a cidade do amor. Há poucas coisas mais românticas do que dar as mãos e caminhar ao longo dos Champs-Élysées ou das margens do Sena, guiado por um festival de luzes cintilantes, até à imponente Torre Eiffel, onde poderá contemplar toda a beleza parisiense, sem largar a mão do amor da sua vida por um momento que seja.

Para os casais apreciadores de arte, o Louvre, onde é possível admirar algumas das mais importantes pinturas e esculturas da História da Arte, é um local de visita obrigatória. Por isso, lembre-se de comprar os bilhetes antecipadamente para evitar filas intermináveis. Já agora, por que não visitar Le Mur des Je T’Aime, a enorme parede coberta com declarações de amor em mais de 250 idiomas, na Place des Abbesses de Montmartre?

Se não estiver para contenções, reserve uma mesa no deslumbrante restaurante Le Train Bleu, na estação Gare de Lyon, onde os belos frescos e molduras douradas cobrem as paredes e o teto. Antes de chegar ao hotel, pode terminar a noite no opulento Palais Garnier Opera House, cenário do musical “O Fantasma da Ópera”.

2. Veneza, a cidade das pontes

veneza

Nesta altura do ano, o caudal da lagoa vai ganhando cada vez mais fôlego e Veneza vai-se afundando lentamente, o que torna os passeios românticos de mão dada para quem visita esta deslumbrante cidade mais complicados. No entanto, Veneza tem tantos outros encantos longe das águas que vão galgando as margens!… Existe um enorme número de pontes, arcadas, praças, catedrais, museus, cafés e restaurantes que servirão de refúgio perfeito nestas escapadinhas românticas a dois.

A primeira coisa a fazer por um casal que procura um destino e um serão verdadeiramente romântico no Dia dos Namorados é não temer o caudal das águas que chegam do Adriático e apanhar uma gôndola. Este pequeno barco veneziano leva-o por uma segura e inesquecível viagem pelos canais da cidade, mostrando-lhe a arquitetura arrebatadora desta cidade a partir da água. E haverá lá melhor forma de assinalar esta efeméride do que se encostar no ombro da pessoa de quem mais ama, enquanto atravessa as águas de Veneza e aprecia as coisas belas desta vida?

3. Verona, a cidade de Romeu e Julieta

verona

Para muitos, Itália é o país que congrega mais destinos para umas escapadinhas românticas e é, precisamente, na pequena cidade de Verona, a poucos quilómetros da inevitável e assombrosa Veneza, que decorre a mais famosa tragédia de Shakespeare. Embora a história de amor entre Romeu e Julieta não tenha o mesmo desfecho e a epígrafe – “e viveram felizes para sempre” – das melhores histórias de amor, a cidade transborda o sentimento de paixão e a necessidade de partilhar os pequenos detalhes com a pessoa que mais ama.

O principal fascínio por esta cidade na região de Veneto está no modo de vida tradicional que nos transporta de volta para uma época em que nada parecia volátil como agora. Uma época gloriosa em que facilmente poderia apaixonar-se por alguém com quem tivesse esbarrado na praça principal. Itália goza de um ambiente genuinamente poético e Verona é um dos pedaços de mundo mais líricos que terá a oportunidade de visitar.

Verona, declarada Património Mundial da UNESCO em 1988, é um lugar cheio de vida, onde é relativamente normal sair da Ópera e ir aprender a cozinhar pasta na porta ao lado. Uma cidade pequena, com pouco mais de 250 mil habitantes, onde a hospitalidade impera e os séculos de história que cada praça, arcada e ruela tem para contar tornam esta cidade ainda mais singular, onde o amor parece proliferar. Há quem ouse chamar-lhe a cidade mais romântica de toda a Itália e nós entendemos o porquê.

4. Praga, a cidade boémia

praga

Praga é uma das cidades mais românticas do mundo e um dos destinos mais românticos de toda Europa. A capital da República Checa é um lugar encantador para celebrar o Dia de São Valentim. Se está a planear uma viagem a Praga para assinalar especificamente esta data ou se simplesmente vai estar em Praga por altura da efeméride, aproveite o que a cidade tem para oferecer.

Passar o Dia dos Namorados em Praga pode ser um presente deliciosamente romântico para si e para a pessoa especial que o acompanha. A movida da capital checa parece não ter hora de encerramento! Bares e restaurantes sempre cheios, as ruas estreitas com muita música e o cheiro das comidas tradicionais não descansam. Praças cheias de história, ruas de paralelepípedos a lembrar a idade média, pináculos dourados e parques cobertos de neve são alguns dos maiores encantos da cidade, ideais para grandes passeios e para despertar ainda mais a paixão entre o casal.

5. Viena, a cidade imperial

viena

Viena é uma cidade romântica em qualquer altura do ano, mas no Dia dos Namorados romantiza-se ainda mais. Celebre este dia com experiências inesquecíveis, como uma valsa tradicional ou um passeio de charrete, capazes de tornar esta experiência absolutamente inesquecível. Com uma arquitetura impressionante, basta dar uma volta pela cidade e olhar em seu redor para ficar arrebatado pelas fachadas, planeamento urbanístico e charme de Viena.

A capital austríaca é uma cidade atraente e misteriosa, com prédios imperiais pitorescos, ruas estreitas de paralelepípedos e cafés com imensas esplanadas que lhe vão dar a ideia de ser o protagonista de um filme. Se ainda não o conseguimos convencer com as nossas propostas anteriores, Viena é a opção! Passear de charrete, degustar vinhos da região, visitar o palácio, o museu do chocolate, a Ópera, jantar nos melhores restaurantes europeus, passear de barco pelo Danúbio são algumas sugestões para que esta viagem a dois fique gravada na memória e nos corações de ambos.

O complicado mesmo é escolher apenas uma destas escapadinhas românticas. Poderá, no entanto, distribuí-las pelos próximos 5 dias de São Valentim. Aproveite para descobrir os segredos da Europa com a sua pessoa favorita.

Veja também: