Publicidade:

Como escolher um crédito consolidado?

Escolher um crédito consolidado pode ser uma solução de organização financeira. Saiba o que é e como fazer uma boa opção.

Como escolher um crédito consolidado?
Saiba o que é esta solução financeira

Contrair um crédito tanto pode ser uma escolha como uma necessidade. Infelizmente, nos últimos anos, verificou-se uma acumulação de créditos por parte de muitas famílias e cidadãos a título individual. Quando cumprir estas dívidas se torna mais difícil, escolher um crédito consolidado pode ser uma boa opção.

Como o nome indica, um crédito consolidado consiste na junção de todos os créditos contraídos num único. Em determinados casos, esta junção pode ser extremamente benéfica e ajudar a reduzir mensalidades no pagamento dos créditos. É uma solução eficaz, que abate todos os créditos que tem, criando um único com uma mensalidade fixa e mais baixa do que a totalidade das anteriores. Em vez de 3 ou 4 ou mais prestações, passa a ter só uma. Mas como sei se é a melhor opção? E como escolher um que seja benéfico?

Escolher um crédito consolidado

credito consolidado

Se se revê nas situações aqui enumeradas, é possível que o crédito consolidado seja uma boa escolha para ajudar a resolver o problema.

  • Se tem vários créditos contraídos, com diferentes mensalidades e taxas que têm um grande peso no orçamento mensal;
  • Se precisa de pedir mais um crédito e não quer criar mais uma prestação (o crédito consolidado pode ajudar a ter acesso a financiamento adicional em caso de emergência, bem fundado);
  • Se pretende organizar e simplificar as suas finanças, orçamento mensal e calendário pessoal – pode evitar esquecimentos no que diz respeito a pagamentos, por exemplo.

Atenção a um importante fator: se já estiver numa situação de incumprimento com as entidades de crédito ou bancos, não é elegível para a criação de um crédito consolidado. O mesmo se aplica a maiores de 75 anos e a quem não está numa situação profissional estável.

Ao optar por seguir a via do crédito consolidado, a prestação mensal vai ser menor, assim como a taxa de juro e o período de pagamento é mais alargado. É uma excelente solução para reequilibrar o orçamento.

Qual é o melhor?

Como escolher um crédito consolidado? A melhor maneira de encontrar a solução que se adequa às suas necessidades é simular, como em vários tipos de crédito. Em Portugal são considerados dois tipos de crédito consolidado: com hipoteca e sem hipoteca. O mais “normal” é a opção com hipoteca. Mesmo que não junte o crédito à habitação no consolidado, pode dar um imóvel como garantia. Nesta modalidade, os prazos e regras ficam semelhantes ao crédito habitação. Em ambos os casos a redução das taxas de juro é o que mais atrai.

Faça simulações online e peça propostas, antes de tomar uma decisão. É muito importante também comparar as propostas: em quanto fica a mensalidade, quais são as taxas a pagar, se existem penalizações por amortizar créditos anteriores, etc. Lembre-se que quanto maior é o prazo de pagamento, maior é o volume e juros a pagar também.

Veja também:

Júlia Rocha Júlia Rocha

Licenciada em Ciências da Comunicação pela Universidade do Porto, sempre se deu bem com os livros, teclados de computador e canetas. A importância da palavra escrita num mundo tecnológico, aliada à história, ao cinema, literatura e televisão, são os seus maiores campos de interesse.