Publicidade:

Conheça os estádios do Mundial 2018

De Moscovo a São Petersburgo, passando por Sochi, conheça os estádios do Mundial 2018, na Rússia. A prova vai decorrer entre 14 de junho e 15 de julho.

Conheça os estádios do Mundial 2018
São 12 os estádios que vão receber jogos

Pela primeira vez, a Rússia vai receber um Mundial de Futebol. A prova maior do desporto rei vai decorrer entre 14 de junho e 15 de julho, com o total de 64 jogos entre as várias seleções, distribuídos por 12 palcos. Conheça aqui os estádios do Mundial.

Os 12 estádios do Mundial

1. Estádio Luzhniki, Moscovo

Este pode ser considerado o palco principal, visto ser aqui que vão decorrer as cerimónias de abertura e encerramento. Com capacidade para 81 mil pessoas, o Lujniki foi completamente remodelado para o Mundial, tendo já recebido uma final da Liga dos Campeões e os Jogos Olímpicos de Moscovo, em 1980

 

2. Estádio de São Petersburgo, São Petersburgo

A casa do Zenit de São Petersburgo, tem capacidade para 68 mil pessoas. Entre os jogos que vai acolher, destaca-se uma das semi-finais e o jogo que vai decidir o terceiro e quarto lugares.

 

3. Estádio de Kaliningrado, Kaliningrado

O único palco do Mundial que está localizado num exclave russo, entre a Polónia e a Lituânia, foi construído de propósito para a competição. Depois do final do Mundial, vai servir de casa ao Batika Kaliningrado, da segunda divisão russa.

 

4. Estádio Olímpico de Fisht, Sochi

O palco dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2014, tem capacidade para cerca de 41 mil pessoas. O estádio olímpico foi renovado em parte para se tornar um dos estádios do mundial, e entre outros jogos, vai receber um dos quartos de final. É neste recinto que Portugal se vai estrear no mundial, contra Espanha.

 

5. Arena Ecaterimburgo, Ecaterimburgo

Um dos mais antigos estádios do mundial de 2018, o Arena de Ecaterimburgo foi construído em 1953, tendo sido completamente renovado a pensar nesta prova. Tem capacidade para 35 mil pessoas. Das cidades russas que vão receber jogos, Ecaterimburgo é a que está mais a leste, na porção oriental dos Montes Urais.

 

6. Estádio Spartak, Moscovo

A casa do Spartak de Moscovo tem capacidade para 45 mil pessoas. Usado sobretudo na fase de grupos, é a outra arena da capital russa a ser utilizada na prova rainha. Já recebeu anteriormente a Taça das Confederações.

 

7. Estádio de Nizhny Novgorod, Nizhny Novgorod

Para pronunciar o nome deste estádio e da cidade que o possui, substitua o “zh” por “j”. Com capacidade para 45 mil pessoas, foi construído de raiz para o mundial, e vai receber um dos jogos dos quartos de final.

 

8. Arena de Rostov, Rostov

Outro dos estádios do mundial construído de raiz. Depois de receber alguns dos jogos do Campeonato do Mundo, este estádio vai ser a nova casa do FC Rostov. A cidade fica nas margens do Rio Don.

 

9. Arena Volgogrado, Volgogrado

Volgogrado, mas margens do rio Volga, era anteriormente conhecida como Estalinegrado. O estádio tem capacidade para 45 mil pessoas e também vai acolher um clube da segunda divisão depois do fim da prova.

 

10. Arena de Mordóvia, Saransk

Com capacidade para 44 mil pessoas, o Arena de Mordóvia vai ser palco de muitos dos encontros na fase de grupos. Também será reutilizado no final do mundial.

 

11. Arena de Samara, Sarama

Esta arena foi construída propositadamente para o Mundial de 2018, com uma capacidade de 44 mil lugares. Além de jogos da fase de grupos, vai receber também um dos quartos de final.

 

12. Arena Kazan, Kazan

Outro estádio que também recebeu jogos da Taça das Confederações, esta arena é o estádio do Rubin Kazan, com capacidade para cerca de 42 mil lugares.

 

Veja também:

Júlia Rocha Júlia Rocha

Licenciada em Ciências da Comunicação pela Universidade do Porto, sempre se deu bem com os livros, teclados de computador e canetas. A importância da palavra escrita num mundo tecnológico, aliada à história, ao cinema, literatura e televisão, são os seus maiores campos de interesse.