Publicidade:

Esterilizar biberões na Bimby: sim ou não? E como deve fazê-lo?

Sabia que pode esterilizar biberões na Bimby em menos de nada e evitar assim a compra de mais um equipamento auxiliar? Saiba como.

Esterilizar biberões na Bimby: sim ou não? E como deve fazê-lo?
Rápido, fácil e super eficiente

Berço, roupas, mala de produtos de higiene, banheira, chupetas, carrinho…as despesas na hora de dar as boas vindas ao novo elemento da família são mais que muitas e se for possível aproveitar instrumentos de casa tanto melhor. E é este o caso, em que surge a questão se será possível esterilizar biberões na Bimby.

Os segredos não são complicados de perceber, mas as opiniões divergem um pouco. Se há quem defenda que optar pela esterilização na Bimby ajuda a poupar tempo e dinheiro e a ganhar mais disponibilidade para quem precisa realmente de si nesta altura, o seu bebé, também há o outro lado das opiniões, que garantem que, pelas suas características inerentes, este aparelho não consegue cumprir o objetivo com o máximo de eficácia.

Esterilizar biberões: Bimby ao poder?


esterilizar biberões bimby

Um bebé recém nascido tem as suas defesas e imunidades muito baixas e por isso mesmo todo o cuidado é pouco. Os riscos de infeção são bastante altos e a verdade é que existem bactérias num nível muito elevado.

Por tudo isto é muito importante ter o máximo de cuidados de higiene com tudo o que lhes diz respeito – biberões incluídos! Para quem se alimenta com este acessório, é necessário ter noção que entram em contacto direto com a boca e saliva dos pequeninos e que o leite contacta com as paredes do biberão.

Para evitar qualquer contaminação ou risco, grande parte dos profissionais de saúde aconselham a que se esterilize os biberões pelo menos até que o bebé ganhe a mínima imunidade e é importante ir falando com o seu pediatra para esclarecer todas as dúvidas.

E quem fala em biberões fala em todos os equipamentos usados nesta altura – bomba extratora de leite, chupetas, doudous…pelo menos até aos 6 meses de idade o procedimento deve ser seguido assim como que religiosamente.

No caso do bebé se encontrar doente, fragilizado ou tiver alguma carência particular, os cuidados devem ser ainda mais redobrados.

Caso tenha uma Bimby em casa e queira experimentar esterilizar biberões na mesma, deve seguir as seguintes indicações:

Como esterilizar biberões na Bimby

Do que vai precisar:

  1. Bimby
  2. 1L de água
  3. Biberões ou Frascos a esterilizar

Modo de atuação:

  1. Antes de qualquer tipo de esterilização, deve lavar os biberões – na máquina ou à mão – garantindo que todos os resíduos de leite foram eficazmente removidos;
  2. Para esterilizar biberões na Bimby deve começar por encher o copo misturador com um litro de água;
  3. Depois, coloque as tetinas e chuchas no cesto, que por sua vez vai para dentro do copo;
  4. No caso dos biberões, deve colocá-los na varoma, em posição deitada;
  5. Já as tampas dos biberões devem ser distribuídas pelo cesto (dentro do copo) e na varoma, podendo também ficar deitados;
  6. Depois de distribuídos os materiais, programe temperatura varoma durante 30 minutos;
  7. Assim que o processo terminar, retire tudo da máquina e deixe secar virado para baixo de forma a não acumular sujidades.

Esterilizar biberões na Bimby: o outro lado da moeda

A verdade é que a opinião de se poder esterilizar biberões na Bimby não é totalmente consensual. Do ‘outro’ lado da barricada há várias opiniões que defendem que este robot de cozinha não é totalmente eficaz no propósito de esterilizar os biberões.

A justificação? ‘A Bimby não ultrapassa a temperatura de 100º’, refere uma utilizadora. E dizem as ‘regras de esterilização que os produtos devem ser expostos a temperaturas superiores de forma a garantir que os biberões, fracos e chuchas ficam devidamente esterilizados.

Esta ‘corrente’ defende pois que a Bimby é um excelente auxiliar para as recém mamãs (para fazer papinhas, sopas e fruta, por exemplo), mas a esterilização deve ser feita numa máquina própria para o efeito, ou seja, que atinja a temperatura necessária para o fazer devidamente e eliminar as bactérias.

A própria marca refere que a Bimby foi “desenhada apenas para a preparação e confecção de alimentos” pelo que não recomendam por questões de higiene e segurança a utilização para outros fins, como por exemplo, a esterilização de objetos.”

Guia essencial para  primeiro mês do bebé >>

Outro tipo de esterilizações: alternativas à Bimby


4 esterilizadores de biberão que vai querer para o seu bebé

Se esterilizar biberões na Bimby não é para si – ou porque não possui uma ou porque simplesmente se sente mais confortável a fazê-lo de outra forma – deve ter em atenção que qualquer uma das outras formas exigem também que lave bem o biberão antes de iniciar o processo. E um utensílio muito útil nesta lavagem é o escovilhão, à venda em várias lojas e supermercados.

Esterilização por fervura

Este método é dos mais baratos e acessíveis, mas exige alguns cuidados: as tetinas não devem ser fervidas por mais de três minutos, para impedir um aumento da porosidade e evitar que fiquem pegajosas e evitar o envelhecimento prematuro; já os biberões necessitam de 10 minutos de fervura.

Confirme também que colocou os biberões apenas quando a água já se encontrava a ferver, e que os mesmos ficaram submersos.

Esterilização química

Este tipo de esterilização exige que se recorra a soluções químicas, logo é sempre mais arriscado e com cuidados de manuseamento associados. Verifique sempre se os objetos a esterilizar estão livres de resíduos e se ficam totalmente submersos.

Esterilização no microondas

Também é possível esterilizar biberões e acessórios no microondas, sabia? No entanto, tendo em conta o modo de funcionamento do aparelho, o aquecimento dos objetos pode não ser homogéneo e como tal a esterilização não ser totalmente eficaz. É por isso muito importante respeitar integralmente os períodos de tempo definidos pelo fabricante do aparelho.

Esterilização em aparelhos próprios para o efeito

Este é considerado o método mais eficiente e conclui a função através do vapor.

Após a lavagem do biberão e dos seus acessórios, deve introduzir os acessórios no interior do aparelho de acordo com as instruções do fabricante e programar de acordo com o manual.

Apesar de garantir excelentes resultados, estas máquinas são bastante dispendiosas e por vezes não estão ao alcance de todos.

Veja também:

Helena Peixoto Helena Peixoto

‘If you can dream it, you can do it’: é assim que gosta de pensar e viver a vida. Casada, com um filho e com um cão, vê na família e amigos os seus bens mais preciosos, mas não passa sem um bom desafio profissional. Comunicar é a ‘sua praia’, seja em canais mais institucionais ou meios mais informais. Adora um bom filme, uma viagem dentro ou fora do país, é apaixonada por animais e anda sempre ‘à caça’ das últimas promoções.

Limpeza e Arrumação