Publicidade:

Estilo boémio: consiga um em sua casa!

O estilo boémio nasceu nos anos 70 e veio para ficar. Se gosta do toque de romance e da mistura de padrões e materiais, este artigo é para si!

Estilo boémio: consiga um em sua casa!
Uma mistura romântica e chic!

O estilo boémio, também conhecido por boho ou bohemian surgiu na icónica década de 70. E o estilo foi batizado com este nome por ser uma derivação do termo francês “bohème”, que servia para identificar os ciganos originários da Boémia que chegaram a França no séc. XV, conhecidos por serem contra as rígidas regras impostas pela sociedade.

Na verdade, o estilo boémio é um pouco isso. Não tem regras muito rígidas, mistura estilos, dá toques de uma coisa e de outra, onde a ideia chave é criar um mix harmonioso de padrões, cores, flores, estampados, plantas e estilos. Neste estilo, as principais tendências situam-se entre o estilo romântico, o vintage, country e o hippie.

Quer saber como conseguir um em sua casa? Fique connosco.

Estilo boémio: um guia, de A a Z


Acima de tudo, deve misturar os elementos criando harmonia. O estilo boémio, apesar de diversificado e, por vezes, garrido, mantém uma estética agradável ao olho humano. Colchas, almofadas, velas, baús, pequenas cómodas e puffs são mais do que bem vindos. Fique com algumas inspirações e dicas para um ambiente equilibrado e cheio de estilo boho.

Cores vivas e brilhantes

Se gosta de usar e abusar das cores na decoração, o estilo boémio é para si. Para seguir esta tendência, querem-se cores vivas e brilhantes, quer seja nas paredes, sofás, ou em objetos de decoração. Preto, verde azeitona, cáqui, turquesa, branco, vermelho ou bordeaux combinam na perfeição com cortinas da e paredes claras, por exemplo.

Pode também combinar com outras cores mais vivas e brilhantes como o prata, ouro, amarelo, mostarda, roxo ou violeta. O mais comum é a combinação de três e quatro cores diferentes para obter um resultado criativo e chamativo q.b.

 

Materiais: muitos!

Quais os materiais típicos do estilo boémio? Aqui a lógica é pensar no invulgar e não no imediato e no lógico. Experimente por exemplo misturar lã com palha, couro com vime ou veludo com pedrarias. O resultado vai ser muito interessante!

 

Mobiliário antigo

As mobílias antigas podem e devem ser aproveitadas pois este tipo de mobiliário tem aquele estilo e charme que o estilo boémio procura. Procure sofás amplos e confortáveis, sem formas muito rígidas. Prefira formas arredondadas, tecidos coloridos e puffs, pois são estes elementos que também ajudam a caracterizar esse estilo. Os pufs são assentos muito confortáveis e geralmente trazem, de uma maneira suave, equilíbrio ao ambiente.

Depois, tudo o que são aparadores, estantes, mesas de apoio e cadeiras com traça mais antiga, são bem vindos! Para lhes conferir um toque extra, pode pintá-los numa cor mais garrida.

 

​Nada de espaços vazios

Para o estilo boho não há lugar para espaços vazios! E falamos tanto do chão como das paredes! Preencha o ambiente com almofadas, objetos de decoração, mantas, tapetes de grandes padrões, velas e castiçais.

Se gostar das tendências ‘marroquinas’, pode sempre apostar em lamparinas de chão ou suspensas para conferir o toque final.

“Mix & Match” é a orientação principal!

Estampados, querem-se e precisam-se! A moda mix & match representa na perfeição o estilo boémio. E falamos de materiais diversos, texturas diversas, padrões variados. É normal neste estilo misturar cortinas com decoração de flores, mantas e tapetes com estampas de animais ou em patchwork e toalhas de mesa com estampas étnicas, por exemplo. Se optar por esta orientação, vai conseguir uma casa com vibe bem hippie e típica dos anos 70!

Homenageie as recordações e a história

​A decoração boémia não vive sem recordações. Os móveis e acessórios de decoração mais utilizados são prova disso! Use tudo o que lhe trouxer boas recordações e memórias – não tenha medo de expor peças menos ‘modernas’ ou menos bom estado de conservação – afinal, falamos do estilo boémio! Ah! Passepartouts são absolutamente obrigatórios.

Acessórios Boho

Para se render ao estilo boémio, conte com algumas horas passadas em feiras de velharias e lojas de segunda mão. Afinal, é disso que vive esta tendência decorativa! Mas se também gostar de um ou outra peça mais moderna, sem problema. Insira-a no ambiente e consiga um resultado inesperado e, consequentemente, muito criativo.

A dica principal para não falhar e não cair no risco de criar um ambiente desconfortável está na criação e definição prévia da palete de cores que vai usar. Defina-os à partida e não fuja muito deles – assim não há como errar.

 

Estilo boémio: especial quartos

Os quartos são sempre uma divisória mais desafiante de decorar. Até porque queremos um espaço de relaxamento e tranquilidade, o que à partida pode parecer impossível com este estilo.

Apesar dos quartos boémios variarem muito de pessoa para pessoa, existe um elemento que deve ser comum a todos: a luz. Um quarto boémio deve ser luminoso (luz natural de preferência) e complementado depois com os objetos e móveis da decoração.

Outro ponto muito importante é o aroma do ar – deve ser sempre agradável e não muito intenso. Aposte em velas ou incensos mais suaves e fuja dos quentes e muito ‘abaunilhados’.

 

Agora que já conhece as principais características e como aplicar o estilo boémio, decida por si mesmo se é ou não ‘a sua onda’.

Veja também:

Helena Peixoto Helena Peixoto

‘If you can dream it, you can do it’: é assim que gosta de pensar e viver a vida. Casada, com um filho e com um cão, vê na família e amigos os seus bens mais preciosos, mas não passa sem um bom desafio profissional. Comunicar é a ‘sua praia’, seja em canais mais institucionais ou meios mais informais. Adora um bom filme, uma viagem dentro ou fora do país, é apaixonada por animais e anda sempre ‘à caça’ das últimas promoções.

Limpeza e Arrumação