Publicidade:

Estrada Nacional 222: uma road trip pela estrada mais bonita do mundo

Sabia que uma das estradas mais bonitas do mundo é portuguesa? Falamos-lhe da Estrada Nacional 222, que o leva à descoberta do incrível Douro vinhateiro.

Estrada Nacional 222: uma road trip pela estrada mais bonita do mundo
Uma viagem inesquecível ao longo do Douro

A Estrada Nacional 222, ou EN222, que liga Vila Nova de Gaia a Vila Nova de Foz Côa, já foi considerada a estrada mais bonita do mundo. De entre os motivos que fazem esta via nortenha seduzir todos os que a percorrem, está o seu traçado e a sua envolvente paisagística, nomeadamente nos troços ao longo do rio Douro.

Se gosta de conduzir e explorar os mais bonitos cenários do nosso país, não pode deixar de se fazer à Estrada Nacional 222, por muitos comparada à mítica Route 66. Siga o nosso roteiro e viva momentos inesquecíveis na região do Douro.

Pela estrada fora: roteiro inesquecível pela Estrada Nacional 222


Onde começa e acaba

A EN222 faz parte da Rede Nacional de Estradas, com 226,3 km de extensão. Começa em Mafamude, no centro de Vila Nova de Gaia e termina em Almendra, no concelho de Vila Nova de Foz Côa. Um percurso único a nível mundial, ao juntar três destinos classificados como Património da Humanidade: a Ribeira portuense, o Alto Douro Vinhateiro e as Gravuras Rupestres de Foz Côa.

O troço mais aclamado

A parte mais bonita desta estrada, e aquela que oferece maior prazer de condução, é o troço Régua – Pinhão. São 27 quilómetros e 93 curvas a acompanharem o serpentear do Douro, na companhia de um cenário em socalcos verdadeiramente inspirador.

 

Os lugares de paragem obrigatória

Se tem o tempo contado, pode encurtar esta aventura. Use as estradas mais rápidas para cortar caminho e desfrute apenas do troço Régua – Pinhão. No entanto, a viagem perfeita começa no Cais de Gaia, logo pela manhã. Depois de admirar o centro histórico do Porto e o leito do rio Douro atravessado pelas pontes icónicas, faça-se à Estrada Nacional 222 e a todos os seus tesouros, incluindo vilas pitorescas, miradouros de cortar a respiração e especialidades gastronómicas de comer e chorar por mais. Eis as nossas paragens favoritas:

1. Cinfães do Douro

Concelho de rico património edificado, cultural e gastronómico. Destaque para as aldeias de Boassas, Bustelo da Lage, Gralheira e Vale de Papas. Cabrito com arroz de forno, “papas milhas” de fígado de porco ou rojões são especialidades imperdíveis.

 

2. Resende

Terra de deliciosas cerejas. Entre outros motivos de interesse, vale a pena conhecer a Casa da Torre da Lagariça, que Eça de Queiroz imortalizou no seu livro “A Ilustre Casa de Ramires”, bem como o complexo termal de Caldas de Aregos.

 

3. Régua

Um dos pontos altos deste roteiro, aqui há vários espaços onde conhecer melhor a história dos vinhos do Douro, nomeadamente do vinho do Porto. O Museu do Douro e a Quinta do Vallado, com a sua fantástica adega, são obrigatórios. Suba ainda ao Miradouro de São Leonardo de Galafura e comungue do êxtase sentido por Miguel Torga face a esta paisagem mágica.

É aqui, na Régua, que começa a parte mais memorável deste percurso, que o levará à bonita vila do Pinhão. Pelo caminho, não deixe de visitar a Quinta do Seixo, onde pode fazer uma prova de vinhos e desfruta de vistas soberbas. Neste troço encontrará ainda um dos melhores restaurantes nacionais: o D.O.C. – do consagrado chef Rui Paula. Fica em Folgosa, no concelho de Armamar.

 

4. Pinhão

Os azulejos da estação de caminho de ferro são um dos ex-libris desta vila encantadora, de onde pode partir num agradável – e altamente recomendável – passeio de barco. Antes de voltar à EN222, percorra os poucos quilómetros que separam o Pinhão da aldeia de Casal de Loivos, onde se irá deparar com um dos miradouros mais incríveis da região.

 

5. São João da Pesqueira

Vila e concelho vinhateiro pertencente ao distrito de Viseu, São João da Pesqueira merece que lhe reserve umas boas horas de atenção. Passeie pela Praça da República, e aprenda mais sobre a região no Museu do Vinho. Já os Miradouros de São Salvador do Mundo e da Senhora de Lurdes dão-lhe fabulosas panorâmicas sobre o Vale do Douro. Leve ainda na memória a beleza rústica das aldeias de São Xisto e de Trevões.

 

6. Vila Nova de Foz Côa

É neste concelho que termina a nossa road trip pela Estrada Nacional 222. As suas atrações mais famosas são as gravuras rupestres e o museu do Parque Arqueológico do Vale do Côa. Não deixe de apreciar este património milenar e depois, para descansar e relaxar, vá dar um mergulho na praia fluvial do rio Sabor.

Se quiser ser rigoroso, termine o périplo em Almendra, a aldeia onde a estrada acaba. A Igreja Matriz, o Pelourinho, o chafariz, as capelas e o traçado quintentista de muitas casas, conferem ao lugar uma interessante atmosfera histórica.

 

Veja também: