Publicidade:

18 estratégias para poupar em 2018

Relembre algumas estratégias para poupar em 2018. Planeamento e alimentação saudável fazem parte das nossas recomendações. Conheça todas!

18 estratégias para poupar em 2018
Vai ser este o ano em que vai conseguir poupar mais?

Quase todos os anos, ou mesmo quase todos os meses, dizemos que vamos implementar estratégias para poupar, mas a verdade é que, por razões várias (onde se inclui o facto de não sobrar dinheiro para poupar) não o fazemos.

Mas 2018 pode ser diferente. Mesmo quando parece impossível poupar, ou quando nos falta a vontade para dar o primeiro passo, acredite que entre as inúmeras dicas que temos vindo a apresentar, inclusive num guia completo com 100 dicas de poupança, alguma vai fazer sentido para si.

Na dúvida, talvez valha a pena experimentar. E, claro, quantas mais destas sugestões implementar, mais oportunidades tem de poupar. Por isso, vamos lá relembrar algumas estratégias para poupar em 2018.

As melhores estratégias para poupar em 2018


1. Fazer um balanço, planear e prever

balanço

Importa, em primeiro lugar, olhar para o ano anterior, fazer um balanço e tentar perceber onde gastou o seu dinheiro, quanto recebeu, quanto poupou ou poderia ter poupado. Esta reflexão permitir-lhe-á ajustar os seus gastos e, eventualmente, poupar, precavendo assim os imprevistos.

Depois, identifique as suas fontes de rendimento (fixas ou não) e liste as despesas fixas, isto é, aquelas que tem obrigatoriamente todos os meses e às quais dificilmente pode fugir (empréstimos, água, luz, etc.).

Não se esqueça de contemplar as suas despesas variáveis (uma consulta, uma prenda ou roupa para uma época especial, por exemplo). Por fim, some os totais das despesas e subtraia ao rendimento para ter uma noção do que sobra, falta ou pode poupar todos os meses.

Tente planear o máximo possível: planeie refeições, passeios, férias, entre outras situações dispendiosas. Faça-o com tempo, algo que o ajudará a fazer as melhores opções, poupando assim dinheiro.

2. CRIAR OBJETIVOS PESSOAIS

Determine um valor para colocar de lado mensalmente e faça-o. Pode fazê-lo através de uma conta poupança ou simplesmente com um mealheiro, o importante é ter método e, acima de tudo, disciplina para economizar.

3. FAZER UMA LISTA DE GASTOS INÚTEIS

Liste tudo o que comprou no ano anterior e que não teve a utilidade desejada. É uma boa forma de fazer uma autocrítica, mudar hábitos e não cair nos mesmos erros.

Quantas vezes é que compramos um casaco ou um vestido que só é usado uma ou duas vezes? Quantas vezes é que compramos um gadget qualquer apenas por capricho? Se as nossas perguntas o fizeram lembrar de algum objeto específico é porque fez uma compra errada no último ano.

4. Criar um orçamento familiar

orçamento

Envolva a família na criação e implementação de um orçamento familiar. Há inúmeras vantagens em criar um orçamento familiar e ótimas ferramentas que facilitarão o processo.

Uma boa opção será criar um orçamento familiar em Excel com as categorias em que o dinheiro é gasto. Desta forma, será também mais fácil perceber para onde vai o seu dinheiro e, se necessário for, fazer ajustes e implementar estratégias de poupança. Os gráficos e respetivas informações em Excel facilitarão essa perceção e verificação.

5. DEFINIR UMA LISTA DE COMPRAS ANTES DE IR AO SUPERMERCADO

É uma boa forma de poupar com compras desnecessárias ou até evitar as tradicionais compras por impulso. Mesmo que veja alguma promoção enquanto passeia pelos corredores do supermercado. Aqui, também se exige muita disciplina!

6. ENCONTRAR O COMBUSTÍVEL MAIS BARATO

É inquestionável o peso dos combustíveis no orçamento da maioria dos portugueses. Se não pode evitar a utilização do carro, optando pelos meios de transporte públicos ou por andar a pé, então procure saber o posto de combustível mais barato da sua zona.

A melhor forma de descobrir onde se encontra o combustível mais barato é utilizando uma app para tal – nós sugerimos a Portugal Energia.

7. Adotar um estilo de vida mais saudável

caminhar

Pois é, sairá a ganhar duplamente com a alteração de alguns hábitos: caminhe mais em vez de utilizar o carro e os transportes públicos, coma menos carne, beba mais água em vez de refrigerantes e outras bebidas, leve snacks saudáveis e marmitas para a escola e o trabalho… Estes são apenas alguns exemplos de como pode poupar e obter um estilo de vida mais saudável.

8. POUPAR NA ALIMENTAÇÃO

Vá menos vezes ao restaurante, por exemplo, só em ocasiões especiais, e leve/faça, pelo menos, uma refeição de/em casa. Poupar na alimentação não é difícil, muitas vezes é apenas uma questão de boas escolhas. E se precisar de ir a um restaurante, use o TripAdvisor para descobrir o mais barato.

9. OPTAR POR LÂMPADAS ECONOMIZADORAS

Estima-se que a utilização de lâmpadas economizadoras, em detrimento das antigas lâmpadas, permita uma poupança de cerca de 30% na fatura da luz. Para além disso, está a ser amigo do ambiente.

10. Experimentar estratégias de poupança diferentes

poupar

Experimente dicas de poupança diferentes como tentar poupar moedas à semana e notas ao fim de semana. Para ajudar, primeiro, escolha o objetivo: uma escapadinha romântica, umas férias, o batizado ou comunhão do filho, fazer um pé-de-meia ou outro.

Depois, comprometa-se, sozinho, em casal, em família, a reunir numa caixa, frasco, mealheiro, as moedas que forem sobrando nos bolsos ou carteira durante a semana: um troco das compras, um café que foi mais barato num local diferente do habitual, por exemplo. Importa apenas que, muitas ou poucas, algumas moedas entrem em “caixa” durante a semana.

Para o fim de semana, seja mais ambicioso e passe para a nota, independentemente, uma vez mais, do valor. Deve, sim, comprometer-se a pôr em caixa uma qualquer nota todos os fins de semana ou dois fins de semana por mês. Defina as regras e obrigue-se a segui-las.

Poderá também escolher um dos muitos desafios que se encontram pela internet, como o desafio das 52 semanas. Como funciona? Há 52 semanas num ano e por cada semana deverá poupar o correspondente a essa semana em euros.

Assim sendo, na primeira semana poupa 1 euro, na segunda semana poupa 2 euros e assim sucessivamente até à 52.ª semana. Se preferir, faça uma espécie de bingo com números até 52 e tire um número por semana. Coloque em caixa o valor correspondente a essa semana. Tudo somado e, no final do ano, terá colocado de lado 1378 euros.

11. MANTER AS POUPANÇAS SEPARADAS DA CONTA HABITUAL

Evite que o dinheiro das poupanças esteja na conta que usa para pagar as suas despesas diárias, semanais ou mensais. Nada como criar uma conta poupança para guardar parte do dinheiro que recebe todos os meses. Fale com o seu banco e descubra as vantagens que pode conseguir.

12. TER ATENÇÃO ÀS FATURAS

Não se esqueça das datas para consultar, registar e confirmar as faturas no portal do E-fatura, e usufruir de uma redução no IRS, através das deduções possíveis.

13. CUMPRIR AS DATAS DE ENTREGA DA DECLARAÇÃO DE IRS

confirmar faturas

Uma das melhores estratégias para poupar passa por evitar o pagamento de juros e coimas. E um dos atrasos mais comuns e que mais dinheiro “rouba” aos bolsos dos portugueses é a entrega do IRS. Não se esqueça!

14. COMPRAR MARCAS BRANCAS

Há imensos produtos de boa qualidade no mundo das marcas brancas. Temos um desafio: faça uma lista de compras só com marcas brancas. Depois, pense no quanto poupou e no quanto ficou a ganhar e no quão boas podem ser as marcas brancas.

15. ESTAR ATENTO ÀS PROMOÇÕES

Uma das melhores estratégias para poupar passa por perceber as suas necessidades e antecipar a sua compra. O que é que precisa de renovar lá em casa? Temos algumas dicas para fazer compras online e poupar nas mesmas.

16. USAR A REGRA DOS 10 SEGUNDOS

compras

Esta é uma regra fundamental quando vemos alguma coisa que nos desperta o desejo de comprar. Pensar sempre duas vezes – cerca de 10 segundos – no momento em que temos o objeto à nossa frente pode ajudar-nos a repensar a nossa compra. “Porque é que eu preciso disto?” Se não conseguir responder a esta pergunta, esqueça!

17. COMPRAR EM SEGUNDA MÃO

Não tenha vergonha de optar por artigos em segunda mão. Hoje em dia, existe um grande desperdício de objetos e gadgets em perfeitas condições. Se pretende poupar para o futuro, nada melhor do que optar por esta estratégia.

18. PEDIR EMPRESTADO

Ninguém está a dizer para pedir um bocadinho de sal empresado! Estamos a dizer que, por vezes, há tarefas que exigem objetos que não existem lá em casa e podem ser pedidos a um amigo ou vizinho. Imagine que precisa de uma chave de parafusos: se não tiver, peça a alguém.

Coragem, não desista de tentar pelo menos! Terá, com certeza, momentos difíceis, muitas contas para pagar, meses mais complicados, mas respire fundo, procure ler dicas de poupança, blogues sobre finanças pessoais e escolha algumas dicas para testar e, quem sabe, poupar!

E seja feliz em 2018! Divirta-se. Também há formas de o fazer sem gastar muito dinheiro.

Veja também: 

O E-Konomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro e não é responsável pelos produtos apresentados. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se quiser sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].