Publicidade:

Fatura online: o truque de poupança que pode sair-lhe caro

A fatura online é uma opção em cada vez mais serviços e promete poupança. Mas será que é mesmo só disso que se trata? Saiba mais aqui.

Fatura online: o truque de poupança que pode sair-lhe caro
Vale mesmo a pena aderir?

É vendida por cada vez mais marcas como o grande truque da poupança nas contas mensais, mas pode trazer algumas armadilhas disfarçadas: a fatura online vale mesmo a pena?

Para sabermos se sim, há que comparar os prós e os contras da fatura online face à tradicional fatura em papel. A verdade é que ambas têm vantagens e desvantagens, e vai perceber que, no fim, tudo se trata de uma escolha com base no que é mais importante para si.

Fatura online: 9 perguntas e respostas


fatura online

A fatura online é uma versão digital das tradicionais faturas que recebemos em casa. Geralmente, é enviada regularmente (em dias certos, até) pelas empresas aos clientes por e-mail e fornece os dados de pagamento dos serviços prestados.

Que empresas oferecem esta fatura?

A fatura online é mais popular em empresas que fornecem serviços regulares – como água, luz ou gás. Não é tão comum em empresas que prestam serviços únicos.

Quais as vantagens da fatura online?

A primeira grande vantagem da fatura online é o conforto. Sem sair de casa, recebe a fatura por e-mail com os dados para pagamento, paga pela Internet (ou até por débito direto) e já está. Além disso, por norma, estas ficam guardadas e disponíveis na sua área de cliente nos sites das empresas.

Outra vantagem muito aclamada da fatura online é a ecologia – ao dispensar a impressão em papel e todo o processo de entrega dos correios, a fatura online é muito mais amiga do ambiente.

Para as empresas que emitem as faturas, a fatura digital representa, ainda, uma poupança bem significativa: se todos ou a maioria dos clientes aderirem à fatura online, são milhares de euros que não se gastam em papel, envelopes, tinta de impressora e serviços postais. Esta é, na realidade, a grande motivação das empresas para promoverem a adesão às faturas digitais.

Por último, a fatura online tem a vantagem de trazer quase sempre um benefício financeiro associado – na maioria das vezes, a adesão à fatura online é premiada pelas empresas com um desconto no valor total a pagar, o que, ao fim do ano, pode traduzir-se numa boa poupança para o consumidor.

Quais as desvantagens da fatura online?

Apesar de ser muito amiga do ambiente e da carteira – tanto das empresas como dos consumidores – a fatura online tem a desvantagem de sofrer algumas dificuldades na entrega e de ser de difícil armazenamento.

Vamos por partes: pode não pensar nisto todos os dias, mas a entrega de e-mails está constantemente sujeita a filtros que visam proteger a sua segurança. Ora, estes filtros, apesar de eficazes, também cometem erros – e não é raro bloquearem a entrega de e-mails que, na verdade, até eram desejados pelos recipientes.

Na prática, isto quer dizer que a sua fatura online pode não ser devidamente entregue – e, se não se aperceber de imediato, corre o risco de entrar em incumprimento sem a menor das intenções.

Por outro lado, em caso de erro ou conflito com o fornecedor dos serviços é essencial que tenha consigo as faturas do que pagou. Se elas lhe chegarem todos os meses pelo correio, basta guardar as cartas numa pasta, mas e se vierem por e-mail? Os e-mails sucedem-se e, com o passar dos dias, as faturas vão ficando perdidas no histórico. Recuperá-las mais tarde pode revelar-se difícil.

Finalmente, coloca-se a questão da literacia tecnológica: nem todos os consumidores estão à vontade com os computadores e as contas de e-mail, pelo que, se for o seu caso, receber regularmente uma fatura por e-mail pode ser tudo menos prático – e até pode acontecer esquecer-se de ir confirmar se recebeu o documento ou não, entrando em incumprimento.

Como aderir à fatura online?

Para aderir à fatura online deve procurar o fornecedor do serviço. Uma vez que a emissão de faturas digitais representa uma grande poupança para a empresa, vai com certeza encontrar do outro lado muita vontade em ajudá-lo a fazer a mudança.

Posso ter a fatura digital e em papel ao mesmo tempo?

Não. Em princípio, nenhuma empresa vai aceitar duplicar o processo de emissão e envio de faturas para o cliente, porque isso significa aumentar os custos do serviço. No entanto, se quer beneficiar das vantagens da fatura digital sem perder a segurança da fatura em papel, pode imprimir o documento em casa e arquivar. Claro que, ao fazê-lo vai acrescentar algumas desvantagens ao processo: vai pagar a impressão do seu bolso, gastar papel e duplicar informação.

A fatura online tem validade legal?

A fatura online é exatamente igual à que lhe entregam em papel, por isso sim, têm as duas a mesma validade legal.

Se receber fatura online, tenho de pagar online?

Não. A fatura online traz os dados normais para pagamento, que podem ser usados em qualquer Multibanco. Também pode ser levada aos balcões de atendimento presencial para pagamento em numerário.

E se me arrepender de ter aderido à fatura online?

Em praticamente todas as empresas é possível reverter a mudança para a fatura online. No entanto, se gozou de benefícios por aderir à fatura digital é provável que os perca quando regressa à versão em papel.

Qual a relação entre a fatura online e o débito direto?

Muitas empresas vendem a fatura online juntamente com o débito direto, mas são serviços diferentes e independentes um do outro. Não tem de aderir ao débito direto para ter a fatura online nem é obrigatório receber em formato digital a fatura do que lhe foi automaticamente debitado da conta.

No entanto, o débito direto é muitas vezes associado a benefícios semelhantes aos da fatura digital, com os quais são acumuláveis. É, por isso, expectável que um serviço lhe saia mais barato se aderir aos dois serviços do que se aderir a apenas um. Ainda assim, a escolha final é sempre sua.

Receber as faturas digitais, não há como negar, é um conforto. Do ponto de vista da despesa é um negócio “win-win”, porque fornecedor e consumidor poupam dinheiro, e do ponto de vista ambiental também é uma opção muito mais vantajosa.

De uma forma geral, a adesão a este tipo de fatura é uma opção a considerar, porque ajuda a poupar e não requer sacrifício praticamente nenhum. Se ainda não aderiu a este serviço, informe-se sobre as empresas que lhe permitem fazer a transição e pondere mudar de rotinas.

Veja também:

O E-Konomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro. O E-Konomista não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui qualquer garantia nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se pretender sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].