Publicidade:

4 sugestões de destinos para o feriado de 1 de novembro

O feriado de 1 de novembro está quase a chegar e com ele a possibilidade de umas miniférias. Descubra os melhores destinos para viajar.

4 sugestões de destinos para o feriado de 1 de novembro
Opções para aproveitar e fazer umas miniférias

Os dias festivos longe do trabalho devem ser aproveitados para passear e relaxar. Daqui a nada chega o feriado de 1 de novembro e, quase de certeza, ainda não tem planos.

Não se preocupe. Se é esse o caso, temos 4 boas sugestões, em Portugal e no estrangeiro, para viajar e descobrir novos locais ou, então, para relaxar em sítios revitalizantes.

Feriado de 1 de novembro: para onde ir?

Prepare-se para ficar deslumbrado com as nossas sugestões para aproveitar o feriado de 1 de novembro e, com isso, desfrutar de umas miniférias de sonho.

1. Ponte da Barca, Portugal


ponte da barca

Classificada como Reserva Natural da Biosfera, por estar enquadrada dentro do Parque Nacional da Peneda-Gerês, Ponte da Barca é uma vila pitoresca, pequena em tamanho, mas grande em encantos. Deve o seu nome ao facto de, antigamente, a passagem entre as duas margens ser realizada através de uma barca, antes da existência da ponte sobre o rio Lima. Por ali passavam muitos peregrinos que percorriam o Caminho de Santiago.

Como sempre o foi, Ponte da Barca continua a ser uma vila próspera, marcada essencialmente pela presença de comerciantes e agricultores, com uma arquitetura tradicional emoldura pelo verde característico da região do Minho.

2. Circuito em Assis, Viterbo e Roma, Itália


roma

Para os mais românticos, nada melhor que uma rápida visita a Itália, a terra onde as palavras de amor soam a baladas românticas.

A meio caminho entre Roma e Florença, Assis oferece vários museus e atrações para poder passar um dia à descoberta: Templo de Minerva, a Rocca Maggiore, Museu dos Índios da Amazónia e, claro, a imperdível Basílica de São Francisco, onde estão enterrados os ossos do homem que fez voto de pobreza e foi considerado santo dois dias após a sua morte.

Viterbo é uma cidade deliciosa, pelo tamanho e pela forma como foi construída, um local onde se respira história, cheia de lugares para serem descobertos e com muitos detalhes e curiosidades à espera ao virar de cada esquina.

Por último, mas não menos importante, este circuito fica completo com uma visita a Roma, a capital italiana, a cidade eterna, que conta com uma história de mais de 2500 anos. Cidade do Vaticano, Capela Sistina, Coliseu, Fórum Romano, Monte Palatino, Basílica de São Pedro, Fontana di Trevi e Salas de Rafael são apenas algumas das atrações imperdíveis numa cidade apaixonante. Leve bastante paciência, pois mesmo em época baixa, é natural que se depare com pequenas multidões.

3. Circuito Innsbruck e Munique, Áustria e Alemanha


Innsbruck

Munique é um segredo bem guardado da Alemanha e considerada por muitos a cidade mais bonita do país. É fácil movimentar-se e sentir-se-á como um verdadeiro local, já que o núcleo turístico forma uma espécie de anel, que liga a estação central – Hauptbahnhof – e o rio Isar, a leste.

Nenhuma visita a esta cidade estará completa sem um típico ritual alemão: beber cerveja e, para isso, recomendamos o Viktualien Market, perto da praça Peterprlatz, onde encontrará o ambiente mais incrível para esta experiência.

Esta viagem tem uma vertente mais calma e tranquila, com um passeio a Innsbruck, situado no meio dos Alpes austríacos. É uma cidade charmosa, com um centro histórico encantador e vários cafés e restaurantes que convidam a experimentar a cultura tirolesa.

4. Vila Viçosa, Portugal


Vila Viçosa

O Alentejo Marmòris Hotel Spa espera por si em Vila Viçosa, para aproveitar o feriado de 1 de novembro apenas para relaxar e esquecer-se de tudo e de todos, colocando-se a si e ao seu bem-estar em primeiro lugar.

Este é um dos mais luxuosos hotéis de Portugal, exclusivo e distinto, com um ambiente de conforto e tranquilidade, uma hospitalidade genuína e diversos serviços desenhados para proporcionar experiências memoráveis.

Este é o ponto de partida perfeito para depois palmilhar as ruas de Vila Viçosa, também conhecida como a “Princesa do Alentejo” que, graças a Florbela Espanca, passou a ser mais conhecida. A autora enaltecia os encantos da região em tantas obras de arte que é como se sentíssemos Vila Viçosa como sendo também parte da nossa história.

Veja também: