Publicidade:

10 flores de jardim que vão encher de cor e aroma o seu canteiro

Há flores de jardim particularmente bonitas e que se adaptam a qualquer terreno. Conheça 10 espécies que vai querer ter na zona exterior de sua casa.

10 flores de jardim que vão encher de cor e aroma o seu canteiro
Descubra estas 10 espécies

As flores de jardim devem ser espécies minimamente resistentes, mas também belas, coloridas e, de preferência, bem cheirosas. Se acha que está a precisar de fazer uma revisão no estado do seu canteiro, então inspire-se com as nossas sugestões de flores de jardim. Todas elas são maravilhosas e acreditamos que o mais difícil será escolher. Porém, se o seu terreno for grande, não pense mais e plante-as a todas!

10 flores de jardim essenciais em qualquer canteiro


Rosas

A roseira é um arbusto de folhas caducas, de regiões temperadas a frias e cultivada em todo o planeta, daí serem tão conhecidas. As suas flores têm uma infinidade de cores, por isso pode escolher de acordo com a sua preferência. Elas garantem um jardim cheiroso e sempre fresco. O seu florescimento acontece do final do inverno até ao outono. O seu fruto é arredondado e alaranjado, atraindo muitos pássaros. No inverno, ela reduz-se a uma aparêcia mais simples e despida.

 

Allium amaryllidaceae

Esta é uma espécie de alho, com um bulbo não comestível e com propriedades medicinais. As suas flores são formadas por enormes esferas roxas, que apesar de não serem perfumadas, são belíssimas. A sua floração é primaveril, mas os bulbos devem ser plantados no final do verão e a sua sementeira no final do outono, em locais com muito sol. Funciona, ainda, com um repelente de pragas e, por isso, é uma aliada na proteção do seu jardim.

 

Jasmin

Estas plantas trepadeiras, de flores brancas ou amareladas, são muito utilizadas nos jardins para formar caramanchões ou para criar barreiras e cercas. Elas florescem durante todo o verão e, além de serem lindíssimas, vão dar um ótimo aroma ao seu jardim.

 

Peónias

De cor branca, rosa, vermelha ou salmão, com estames amarelos, algumas são perfumadas e, quando atingem a maturidade, possuem uma cápsula na base que constitui o fruto. É aí que as sementes se encontram. Estas plantas podem ser semeadas (processo algo longo e demorado) ou plantadas a partir de vasos que se compram. Se quer surpreender, cultive-as, pois esta não é uma espécie muito vulgar no nosso país.

 

Alfazema

A alfazema é uma opção ótima para qualquer jardim. As suas flores são lindas, têm um tom arroxeado muito próprio e um perfume inconfundível. Podem ser cultivadas num canteiro ou até num vaso, esta planta mediterrânica resiste bem ao calor e ao sol e, apenas, requer uma rega moderada.

 

Poinsettia

Conhecida como a planta do Natal, pelas suas cores vermelho e verde, esta planta é originária, logo uma espécie de clima quente e seco. Ela precisa da escuridão da noite e do sol do dia para crescer. As flores são pequenas hastes amarelas que nascem no topo das suas folhas vermelhas.As suas cores vibrantes permitem criar canteiros com enorme destaque.

 

Hortênsias

Estas plantas perenes, ou seja nunca perdem as folhas, produzem grandes aglomerados de pequenas flores em vários tons como rosa, azul, roxo, branco ou uma combinação de todas estas cores. As flores duram até ao outono e há três grandes grupos destas plantas, cada um com as suas especificidades de cultivo. Fique a saber que para alterar o tom da flor, apenas tem de alterar o pH do solo. Para passar do tom rosa para o azul, reduza o pH do solo, adicionando enxofre ou musgo de turfa. Para alterar do azul para rosa, junte cal ao solo, aumentando o seu pH. As hortênsias brancas não mudam de cor.

 

Gerânios

Também conhecidas por sardinheiras são, talvez, das plantas mais cultivadas nas aldeias portuguesas. Além da sua grande beleza, elas têm uma variada gama de cores e um aroma especialmente intenso. O seu cultivo e manutenção são bastante simples e fáceis.

 

Estrelícias

Com um visual lindo e exótico, estas flores alaranjadas adaptam-se tanto a jardins simples, como a projetos mais sofisticados. O único requisito é uma intensa exposição à luz solar. Para um bom desenvolvimento desta espécie, o solo deve ser rico em matérias orgânicas e estar sempre bem drenado.

 

As flores de jardim são, realmente, um elemento essencial para quebrar com a tonalidade verde da vegetação e imprimir-lhe outras cores, resultando em contrastes verdadeiramente cativantes ao olhar. Além disso, pode usar algumas destas flores para adornar o espaço interior de sua casa, embora as flores de jardim fiquem realmente bem na terra, crescendo naturalmente e desenvolvendo-se de forma harmoniosa.

Ver também:

Teresa Campos Teresa Campos

Licenciada em História da Arte e Mestre em História da Arte Portuguesa, vê na escrita um meio de fazer uma das coisas que mais gosta: comunicar!

Limpeza e Arrumação