Publicidade:

5 frases tóxicas a evitar no trabalho

Há determinadas frases tóxicas a evitar no trabalho. Saiba quais são, para evitá-las no futuro e não passar uma imagem pouco profissional.

5 frases tóxicas a evitar no trabalho
Pequenos detalhes que podem fazer a diferença

Num ambiente profissional, mais ou menos formal, falamos com muitas pessoas diferentes, através dos mais variados meios de comunicação que temos hoje em dia à disposição. É necessário adaptar o discurso aos intervenientes que estão do outro lado, mas saiba que há mesmo frases tóxicas a evitar no trabalho.

Algumas destas expressões ou frases são óbvias, por se adaptarem melhor a uma linguagem informal, e outras porque podem passar uma mensagem que não vai de encontro à mensagem ou imagens corporativas. Tanto verbalmente como por escrito.

Frases tóxicas a evitar no trabalho: 5 opções a descartar


1. “Estou livre todo o dia”

Existem dois motivos para não transmitir a mensagem de que tem um horário mais flexível em determinado dia desta maneira. Primeiro, pode dar a indicação que não tem nada de mais importante para fazer, o que é pouco profissional; e segundo, o panorama diário pode mudar muito rapidamente. Experimente dizer antes “não tenho reuniões marcadas ainda, para esse dia.” Assim dá a entender que tem tempo para marcar um encontro, mas isso não significa que não tenha outras tarefas a cumprir.

trabalho

2. “Assumi que…”

Assumir factos pode induzir o interlocutor em erro ou levar alguém a assumir que sabia mais do que realmente sabe. Uma situação destas pode deixá-lo em maus lençóis junto de um cliente ou até do seu chefe, por exemplo. Substitua por algo menos comprometedor como, “Pelo que entendi…”, “Foi-me dado a entender que…”

3. “É fácil!”

Ao invés disso diga, “Não é tão difícil/complicado como parece…” Estar a dizer que algo é mesmo fácil ou simples, pode estar a fazer passar uma atitude condescendente que não será bem recebida pelos colegas. Tenha pelo menos atenção ao tom e à pessoa com quem está a interagir.

escrever

4. “Eu sei, eu sei…”

Tal como no exemplo anterior, é um daqueles casos em que o tom e a confiança que tem com o colega ou superior com quem está a interagir pode determinar a forma como a mensagem é recebida. Ainda assim, pode fazer transparecer que nem sequer está a prestar atenção ao que lhe estão a dizer, ou que está a descartar a informação. Evite dizê-lo, seja por escrito ou verbalmente, e prefira algo como “Sim, de facto é melhor assim” ou “Sim, tens razão, estava a pensar nisso.”

5. “Não sei”

O “eu não sei” num contexto laboral não fica bem a ninguém. É definitivamente o exemplo mais flagrante de coisas que não deve dizer no trabalho. Transmite uma imagem negativa, pouco interessada na tarefa ou problema em mãos, falta de iniciativa. “Eu vou tentar saber”, “Vou saber do que se trata” são melhores alternativas. Ninguém está à espera que tenha todas as respostas, mesmo aqueles superiores mais exigentes, mas esperam que demonstre vontade em descobri-lo.

Veja também:

Júlia Rocha Júlia Rocha

Licenciada em Ciências da Comunicação pela Universidade do Porto, sempre se deu bem com os livros, teclados de computador e canetas. A importância da palavra escrita num mundo tecnológico, aliada à história, ao cinema, literatura e televisão, são os seus maiores campos de interesse.