Publicidade:

O seu gato mia muito? Descubra 5 possíveis razões

O gato mia muito? Miar é a forma básica utilizada pelos gatos para comunicar. O problema é quando os felinos miam em demasia e os donos não entendem porquê.

O seu gato mia muito? Descubra 5 possíveis razões
É difícil compreender todas as variações do miado, mas nós ajudamos

Embora rosnar e ronronar façam parte da linguagem dos gatos, miar é, obviamente, a sua principal forma de comunicação com os humanos e com outros animais com que convivem. O problema surge quando percebe que o seu gato mia muito, mais do que é considerado normal, e não consegue compreender o motivo.

Isto significa que, por vezes, ter um gato é como ter um bebé, já que é preciso conhecer bem o animal para compreender o que pode significar cada som. Leia com atenção e fique a conhecer as razões possíveis para o miar excessivo do seu companheiro de 4 patas.

O gato mia muito: 5 motivos para este fenómeno


gato mia muito

Importa referir que, tal como acontece com os cães, algumas raças de felinos têm tendência a ser mais vocais e comunicativas do que outras, pelo que deve estar atento para concluir se o comportamento do seu gato é realmente estranho ou não.

Depois, o mais importante será despistar qualquer problema médico que possa estar na origem da vocalização exagerada do seu animal de estimação. O primeiro passo deve ser, portanto, uma visita ao veterinário para compreender se existe algum foco de dor, uma alteração neurológica ou doenças específicas.

Curiosamente, o grande culpado quando o gato mia muito é precisamente o dono. A verdade é que qualquer alteração na rotina habitual do felino ou falta de atenção pode originar este fenómeno, pelo que, com alguma dedicação, não deverá ter problemas em resolver a questão.

Confira outras 5 razões comuns que fazem o seu gato miar mais do que acha normal.

1. Falta de água ou de comida

Sede ou fome são duas das razões mais óbvias para o miado do seu gato. Para contrariar este comportamento, deve procurar estabelecer um horário certo para as refeições, de modo a que o gato entenda que existe um padrão que tem de ser respeitado. No caso da água, deve garantir que o animal a tem sempre ao seu alcance.

2. Mudou a caixa de areia de lugar

Os gatos são animais extremamente asseados, pelo que a higiene e o local onde fazem as suas necessidades são assuntos sagrados. Por isso mesmo, qualquer alteração em relação à caixa de areia, como mudá-la de local, pode causa transtorno no seu felino. Importa também garantir que limpa regularmente a caixa e muda a areia.

gato mia muitoFonte: Unsplash/nathanfertig

3. Crises de ansiedade

Se o seu gato mia muito, fique a saber que um dos motivos poderá ser ansiedade. Os donos de gatos não se podem esquecer que o animal que têm em casa é um felino e, portanto, tem comportamentos típicos da espécie.

Por não poderem direcionar a sua energia para uma corrida louca ou a perseguição de presas, acabam por ter comportamentos inadequados e por miar excessivamente.

Uma boa forma de tentar resolver este problema é investir algum tempo em brincadeiras com o seu amigo de quatro patas. Deste modo, consegue cansá-lo e fazer com que não existam crises de ansiedade por acumulação de energia. Saiba como educar um gato.

4. Procura por atenção

Apesar de serem animais bastante independentes, por vezes, os gatos também se sentem sozinhos e precisam de companhia. Não é, portanto, de admirar que a procura por atenção seja um dos motivos que levam o gato a miar muito. É importante guardar algum tempo do seu dia para mimar o seu gato e brincar com ele.

5. Mudança na rotina

Os gatos são animais muito sensíveis a todo o tipo de mudanças naquele que é o seu dia a dia habitual. Assim, qualquer alteração, como a família mudar de casa, um novo animal de estimação ou o falecimento de algum ente querido, pode originar miados excessivos.

Veja também:

Inês Pereira Inês Pereira

Licenciada em Jornalismo e Pós-Graduada em Branding e Content Marketing, sempre se deu bem com a escrita. Embora prefira escrever com um teclado, não acredita nessa ideia de ler um livro através de um ecrã: um livro lê-se em papel e tem um marcador. Gosta de fotografia, de história e de conhecer o mundo.