O gato não come? Saiba o que pode fazer

Saiba o que deve fazer quando o seu gato não come devidamente. As mudanças no ambiente do seu animal podem estar associadas à perda de apetite.

“sponsored by fidelidade”
O gato não come? Saiba o que pode fazer
O seu gato não come? Tem dificuldades em alimentá-lo?

Quando o seu gato não come, ou come significativamente pouco existem alguns sinais para os quais deve estar atento.

Várias razões poderão estar associadas à perda de apetite do seu animal e é extremamente importante que o dono esteja alerto para que consiga tratar do problema do seu gato da melhor forma possível.

O que pode fazer quando o seu gato não come


Gato não come

Se o seu gato não come ou aparenta ter alguma falta de apetite, é importante que compreenda que algo de errado se está a passar. Quando o gato deixa de comer totalmente, pode-se considerar na maioria dos casos uma anorexia. Por outro lado, quando o gato vai deixando de comer aos poucos (comendo significativamente menos do que o normal), considera-se uma hiporexia.

Quando o seu gato não come, primeiramente deve visitar o veterinário. Desta forma conseguirá perceber através de algumas provas e exames feitos pelo veterinário se se trata de uma doença ou não e que tipo de tratamento deverá ser aplicado.

Para além disto, é muito importante que siga todas as instruções que lhe forem dadas na consulta. Não deve nunca assumir qualquer tipo de comportamento perante um gato que não come, sem consultar um profissional. Por exemplo, algo simples como dar-lhe um pedaço de peixe, pode ser inadequado em alguns casos.

Outra atitude que deve ter quando o seu gato não come é mudar-lhe a alimentação. É importante realçar o facto de que só se deve alterar a alimentação de um gato que não come depois de conversar com o veterinário. Isto porque depois de descartada a hipótese de existir alguma doença, existem algumas restrições por parte dos profissionais para que o seu gato volte a adaptar-se aos alimentos e a alimentar-se de maneira adequada.

Vai ter um gato? Veja o que não pode faltar no enxoval do felino >>

O gato não come? Há 6 sinais para os quais deve estar atento


Quando o seu gato não come, existem alguns sinais para os quais deve estar atento. Para o ajudar a identifica-los, fizemos uma listagem de todos eles. Tome nota.

1. Mudanças no ambiente do gato

Os gatos estão habituados a terem o seu espaço bem definido e a conhecerem todas as pessoas que fazem parte das suas vidas. Quando, por algum motivo sentem que há uma mudança ou alteração, podem manifestar numa fase inicial alguma perda de apetite e, por vezes, podem até mesmo deixar de comer.

2. Intoxicações

Se o seu gato tem acesso facilitado a alguns produtos de limpeza, medicamentos ou plantas tóxicas, este pode ser um sinal para o qual deve estar alerto. As intoxicações são frequentes nos gatos, e é por isso importante que esteja atento a comportamentos estranhos como vómitos, por exemplo.

3. Chegada de outro gato

A chegada de outro gato é um dos sinais para os quais deve estar totalmente alerto. Como já referimos em cima no artigo, os gatos são bastante territoriais e gostam de ter a sua área bem definida e sem grandes alterações. Ora, a partir do momento em que outro gato entra na sua vida e invade o seu espaço, ele pode sentir-se ameaçado e por vezes, entristecido. Na maioria dos casos relacionados com a chegada de outro gato ou qualquer outro animal, é muito provável que o seu gato deixe de comer como devia.

4. Mudanças na alimentação

Muitas vezes, a falta de apetite pode estar relacionada com uma mudança ou com a mais pequena alteração que tenha sido feita na alimentação do seu gato. Alguns gatos sofrem de neofobia alimentar, isto é, não toleram as mudanças repentinas na alimentação e deixam totalmente de comer. Claro está que também se podem tratar de mudanças obrigatórias, como por exemplo quando leva o seu gato à esterilização. Nesses casos e de modo a prevenir a rejeição por parte do gato, deve fazer uma boa transição alimentar para que consiga também prevenir problemas gastrointestinais.

5. Presença de doenças

Se o seu gato sofre de alguma doença, é muito provável que isso se consiga reparar através da sua alimentação. Ou seja, um gato pode deixar de comer quando está doente. Muitas vezes é desta forma que os donos descobrem certas doenças nos seus animais. Por exemplo, quando eles sofrem de transtornos periodontais, o simples contacto do alimento com a gengiva pode provocar uma dor tão grande, que ele não irá conseguir comer.

6. Alimento demasiado seco

Se o alimento do seu gato é demasiado seco, deve voltar a coloca-lo de molho para que, desta forma, se consiga tornar mais apetitoso para ele. Um alimento seco pode ser um sinal para o alertar de que deve alterar o tipo de alimento, para que o seu gato comece a comer normalmente outra vez.

Como pode ver, são vários os sinais que o podem alertar para o facto de o seu gato ter deixado de comer ou ingerir menos alimentos do que é normal.

Deve sempre consultar o veterinário se pensa que algo não está bem com o seu animal. Afinal, só ele poderá fazer um diagnóstico assertivo do que se poderá estar a passar com o seu melhor amigo.

Saiba também o que fazer quando o cão não come >>

Veja também: