Será que os gatos refletem a personalidade dos donos? Vamos desvendar tudo

É verdade que os gatos refletem a personalidade dos donos? Sabemos que são sensíveis às nossas emoções, mas o que quer isso dizer exatamente?

“sponsored by fidelidade”
Será que os gatos refletem a personalidade dos donos? Vamos desvendar tudo
Dizem que os gatos refletem a personalidade dos donos

Se tem um gato em casa, provavelmente já ouviu dizer que os gatos refletem a personalidade dos donos. Mas será esta questão verdade? E de que forma os gatos conseguem refletir um pouco de nós?

Fique connosco, e venha descobrir tudo sobre esta questão.

Os gatos refletem a personalidade dos donos?


Personalidade do gato: 5 tipos para conhecer

É um facto que a espécie humana adora gatos e que todos nós sabemos que eles são extremamente sensíveis às emoções que cada um de nós tem.

Mas será que os gatos refletem a personalidade dos donos? Se tem um gato em casa, provavelmente já reparou que quando está feliz ele automaticamente reconhece essa emoção e tenta brincar consigo de modo a transparecer também a sua felicidade.

Um estudo publicado na revista Animal Cognition e realizado pela Universidade de Oakland, encontrou as primeiras evidências sólidas de que os gatos são realmente sensíveis aos gestos emocionais dos seus donos. Ao longo deste estudo, conseguiu-se verificar que quando os donos se sentiam alegres, os seus gatos reagiam com comportamentos bastante positivos (esfregavam-se nos donos, ronronavam e até se aninhavam no colo do dono).

Claro está que, quando o dono se mostra triste ou zangado, o comportamento que o gato irá ter será também mais negativo. É importante compreender que o bem-estar do gato também está relacionado com o tipo de comportamento que ele irá adotar perante o seu dono. Ou seja, um gato com uma doença pode não refletir totalmente a personalidade do seu dono. Isto porque uma doença pode influenciar muito a vida do animal, podendo até condicioná-lo em alguns casos.

Portanto, os gatos podem reconhecer as expressões faciais dos donos e vão aprendendo a fazer isso cada vez melhor ao longo do tempo. É muito provável que um gato com alguns anos de idade, consiga refletir melhor a personalidade do seu dono do que um gatinho bebé que mal o conhece ainda.

Resultado de imagem para site: e-konomista.pt gatos

O gato é reflexo do dono

Como sabemos, os gatos são um pouco imprevisíveis ao contrário do que se passa com os seus donos. Isto é, as pessoas que têm um gato em casa têm tendência para apresentarem os mesmo traços de personalidade do gato, como o carácter, a saúde e o carinho.

Vários estudos afirmam que os gatos absorvem os nossos hábitos e, ao longo da sua vida felina, vão tentando adaptar o seu estilo de vida com o dos seus donos. A influência que o dono tem sob o gato e os cuidados diários que são aplicados no animal, são aspetos que se podem refletir de modo positivo ou negativos neles.

O ambiente no qual o seu gato está inserido, é sem dúvida um fator determinante tanto da sua personalidade como do comportamento. Por exemplo, se o seu gato passa muito tempo fechado em casa e é muito próximo de si, a probabilidade de ele refletir os seus padrões de alimentação e de sono (seguindo desta forma uma rotina um pouco condicionada), é muito maior.

Por outro lado, se o seu gato tem mais liberdade e passeia em espaços maiores e abertos, a tendência é normalmente manter um ritmo mais explorador, noturno e com uma maneira de levar a vida um pouco mais selvagem.

Se refletirmos bem sobre este assunto, e se tiver um gato em sua casa provavelmente está agora a associar alguns comportamentos que ele adota em certas situações. Assim como as pessoas influenciam o comportamento dos gatos, eles também conseguem influenciar os nossos. Os gatos influenciam o nosso estilo de vida e em muitos casos, eles conseguem despertar os seus donos criando hábitos para acordar mais cedo, por exemplo.

Saiba mais sobre as diferentes personalidades dos gatos >>

Outro aspeto que é também interessante de revelar é o facto de se conseguir destacar na personalidade dos gatos características primárias, isto é, social, determinado, calmo, agitado, curioso, agressivo, tímido ou arrogante, coincidindo sempre com a personalidade dos donos. Tente fazer este exercício com o seu gato e vai ver que encontrará imensos traços de personalidade em comum.

Importa ainda referir que, algumas características dos gatos podem estar associadas à questão de que os gatos refletem a personalidade dos donos, como por exemplo:

  • raça;
  • peso;
  • idade;
  • fornecimento de acesso ao exterior;
  • o facto de existirem outros gatos a compartilhar o mesmo espaço;
  • se o gato é doente ou não;
  • alimentação.

Como já conseguimos verificar, os gatos mais velhos têm uma maior probabilidade de conseguirem ser o seu reflexo. Isto porque ao longo da vida, vão tendo oportunidade para o conhecer e adquirir os seus hábitos e costumes.

Também a raça pode influenciar neste processo, visto que existem raças de gatos mais propensas do que outras a “imitarem” os seus donos mais facilmente. Isto é, alguns gatos poderão ser mais ou menos propensos a conseguirem refletir os donos devido à raça, ao seu peso e outros fatores externos providenciados pelos donos.

Veja também: