Publicidade:

Ginásios inteligentes? O futuro chegou

Os ginásios inteligentes dependem da integração da tecnologia nesses espaços. Por isso criou-se a Nexa, a primeira máquina de exercício inteligente.

Ginásios inteligentes? O futuro chegou
Primeira máquina inteligente já está disponível

A prova de que a tecnologia está presente em todas as áreas do quotidiano é o facto de a vermos cada vez mais associada às situações mais simples do dia-a-dia. Um dos setores onde essa componente está mais em falta é o desporto, ainda que a evolução seja favorável. O conceito de ginásios inteligentes é cada vez mais real e prova disso é a criação da primeira máquina multipower que não precisa de pesos para funcionar.

A tecnologia e os ginásios inteligentes


O conceito de ginásios inteligentes implica, obrigatoriamente, o normal funcionamento de determinado objeto ou procedimento sem que seja precisa grande intervenção humana. A verdade é que, por muito distante que possa parecer, a tecnologia está cada vez mais ligada ao mundo do desporto e do exercício físico.

Já são vários os dispositivos existentes capazes de medir todo e qualquer gasto que o corpo humano despende diariamente, como é o caso das smartbands ou dos smartwatches. Também já é possível fazer com que o rendimento durante um treino seja melhor através de coletes de eletroestimulação que, aliados a aplicações dedicadas, oferecem diferentes níveis de exigência até mesmo a pessoas que não têm qualquer preparação física.

É também nesse sentido que começam a surgir os primeiros aparelhos tecnológicos na área. Exemplo disso é a Nexa, a primeira máquina multipower totalmente inteligente, que não precisa de colocar ou retirar pesos para dificultar ou simplificar determinado movimento.

Máquina espanhola promete fazer sucesso

Por “multipower“, entenda-se um aparelho onde é possível realizar vários e diferentes exercícios. Foi nesse sentido que se criou a Nexa, uma máquina totalmente eletrónica, onde o executante pode personalizar todos os exercícios que fizer com a carga que entender.

A criação é espanhola e já está disponível num ginásio em Alicante e prevê-se que a sua distribuição expanda no entretanto. Falamos, portanto, da primeira máquina totalmente digital, que não precisa da intervenção humana no que toca ao acrescento ou diminuição de peso.

A Nexa é totalmente personalizável, pelo que é da responsabilidade de quem a usa definir todos os parâmetros do exercício que quer executar. Em comparação com as máquinas convencionais, a grande vantagem da Nexa está no facto de potenciar o exercício – garantido resultados com até 30% mais rapidez.

maquina nexa

Fonte da Imagem: Nexa/Divulgação

Menos esforço, mais músculo

A mais valia desta multipower inteligente está mesmo na personalização. A verdade é que a Nexa permite que defina determinado peso quando está a levantar a barra e outro totalmente diferente quando a está a baixar em direção ao peito.

Num aparelho convencional, isto não é possível, já que o peso que colocar para o exercício mantém-se igual durante o decorrer do mesmo. Mas a verdade é que, ao aumentar o mesmo na descida, a construção do músculo sai beneficiada e acontece, por isso, em menor tempo.

A máquina dispõe ainda de um ecrã touchscreen onde o utilizador pode definir todas as especificações do seu treino. Assim que outra pessoa utiliza a máquina, também as definições podem ser novamente alteradas para que o treino não seja demasiado exigente (ou o seu contrário).

Veja também: