Publicidade:

Guerra dos Tronos: um guia para esperar pela 8ª temporada

A Guerra dos Tronos conquistou o público em todo o mundo, de forma rápida e implacável. A derradeira temporada estreia em 2019. Saiba tudo.

Guerra dos Tronos: um guia para esperar pela 8ª temporada
Recorde as personagens mais importantes

A série televisiva da HBO, Guerra dos Tronos, tem como nome original Game of Thrones. O sucesso da série Guerra dos Tronos é tão absoluto que permite que esta seja conhecida simplesmente pela sigla GOT. Esta produção é da autoria de D.B. Weiss e David Benioff e tem por base a extensa obra de George R. R. Martin, cujo primeiro volume integra um universo mais vasto denominado – “As Crónicas de Gelo e Fogo”, as quais possuem diversos volumes e três contos.

Está confirmado para abril de 2019 o primeiro episódio da oitava, e derradeira, temporada desta épica saga. Diferentes famílias lutam entre si, de forma a alcançarem o almejado trono de Westeros. Prepare-se para um mundo repleto do que de melhor e de pior a humanidade tem, como sexo, amor, relações incestuosas, amizade, violência, esperança, crime, conquistas, guerra, riqueza, fome, fantasia, doenças, genialidade, traições criatividade e calúnias.

Guerra dos Tronos: tudo o que precisa saber ou recordar


Casas e Famílias

Casa Stark

A família Stark tem como lema “O inverno está a chegar”. Trata-se de uma casa que preza muito a honra, exemplo disso foi Ned Stark, que foi morto por fazer o que achou ser certo, ao serviço do Rei. O símbolo da casa é o lobo, tendo cada um dos filhos de Ned crescido com um destes animais.

Casa Lannnister

Os Lannister têm no poder económico a sua força. Pagam sempre as suas dívidas e este é um princípio que lhes está no sangue. O seu símbolo é o leão e o seu lema é “Ouçam-me rugir”. Atualmente, Cersei Lannister é a mais poderosa da casa e a detentora do trono.

Casa Targaryen

Foram os governantes dos Sete Reinos, durante séculos. Porém, uma rebelião levada a cabo por Robert Baratheon fez com que o detentor do trono passasse a ser ele. Todavia, como temia que a Casa Targaryen pudesse tentar recuperar o trono, decidiu perseguir e mandar matar todos os elementos da referida Casa. Daenerys Targaryen era tida como a última sobrevivente desta família. O lema dos Targaryen é “Fogo e Sangue”. O seu símbolo é o dragão. Daenerys Targaryen é, neste momento da série, mãe de dois dragões.

Casa Baratheon

O rei Robert Baratheon conquistou o trono através da luta e teve em Ned Stark a sua “Mão do Rei”, ou seja, o seu braço direito, um fiel amigo. A casa Baratheon tinha nos irmãos de Robert os potenciais sucessores. Mas será que há mais para além destes? O símbolo da Casa é o veado e o seu lema é “Nossa é a Fúria”.

Casa Greyjoy

Os Greyjoy são uma família ligada ao mar. O seu símbolo é a lula e o seu lema é “Nós não semeamos”. Euron matou o seu irmão para ficar com o poder. Um dos seus filhos, Theon, foi refém de Ned Stark, mas criado como um dos seus filhos. Theon regressa, finalmente, à família Greyjoy, mas depois de um trajeto que o transformou. Será ele o herdeiro de que os Greyjoy necessitam?

Casa Arryn

Antes de ser Ned Stark a ser “Mão do Rei” de Robert Baratheon, foi Jon Arryn a ter essa mesma função, até ao momento em que percebeu que os filhos de Robert eram, na verdade, fruto da relação incestuosa entre Cersei e Jaime Lannister. Nessa altura, Jon Arryn foi assassinado para não poder divulgar essa dura verdade. O símbolo da casa é o falcão e um quarto crescente e o lema é “Tão alto como a honra”.

Casa Tully

Catelyn Stark era, originalmente, uma Tully. Foi, juntamente com o seu filho Robb Stark, assassinada numa festa de casamento. O símbolo desta Casa é a truta e o seu lema é “Família, Dever, Honra”.

Algumas personagens a acompanhar na 8ª temporada


Antes de elencar algumas das personagens da série, é importante ter em conta que foram muitas as figuras importantes ao longo da trama, para o desenvolvimento da história. Contudo, aqui iremos destacar apenas aquelas que permanecem com protagonismo na 8ª temporada. Como é natural em George R. R. Martin, é natural que algumas personagens possam adquirir, súbita e inesperadamente, protagonismo, enquanto outras personagens mais relevantes possam perder “tempo de antena”.

Tyrion Lannister

Interpretado por Peter Dinklage, pode dizer-se que a brilhante performance deste ator em muito contribuiu para tornar Tyrion num dos favoritos do público. Filho de Lorde Tywin Lannister, Tyrion nasceu anão, tendo sofrido as consequências de não ser visto como um verdadeiro Lannister, como os seus irmãos Cersei e Jaime. A sua vida foi, em grande parte, dedicada à leitura, vinho e mulheres.

Cersei Lannister

Uma das mulheres poderosas da série da HBO, ao longo de 7 temporadas, esta personagem interpretada por Lena Headey foi das que mais alterações sofreu no seu percurso. Casada com um rei que não amava, mas que concede poder à sua família, educa os seus filhos com a filosofia e ambição Lannister. Odeia o seu irmão Tyrion, enquanto ama profundamente o seu irmão Jaime, pai biológico dos seus 3 filhos.

Jon Snow

Inicialmente, é uma personagem que não possui grande protagonismo, mas que vai adquirindo um destaque cada vez mais acentuado. Filho ilegítimo de Ned, viveu junto dos Stark, mas não como um, nem com todas as suas regalias. Catelyn Stark, mulher de Ned, despreza-o pois, para ela, é a memória viva de uma traição. Os seus “irmãos” são Robb, Sansa, Arya, Bran e Rickon Stark.

É a partir do momento em que integra a Patrulha da Noite que o personagem, interpretado pelo ator britânico Kit Harrington, começa a adquirir maior protagonismo e a criar a sua própria identidade, sem viver na sombra dos irmãos. Na Patrulha, Jon terá de defender a Muralha das investidas dos selvagens que vivem para lá do muro e de uma ameaça sobrenatural que está cada vez mais próxima. Assumir o papel de Rei do Norte, implica maiores responsabilidades e maiores obstáculos. Há grandes expectativas relativamente ao seu papel na próxima temporada.

Daenerys Targaryen

Esta é a única sobrevivente da Casa Targaryen. É conhecida por muitos outros nomes, nomeadamente: Mãe dos Dragões ou Khaleesi, nome atribuído pelo povo Dothraki, após o seu casamento com Khal Drogo. Ao longo do seu percurso, vai conquistando batalhas e integrando novos povos, o que faz com que tenha cada vez mais poder. Emilia Clarke é a atriz que dá vida a esta personagem.

Sansa Stark

Esta é uma personagem que passa de menina indefesa a mulher sábia e poderosa. Se inicialmente sofre as consequências de um casamento súbito e inoportuno com um jovem rei adolescente e louco, posteriormente o seu percurso leva-a a superar diferentes obstáculos e a tornar-se uma personagem com uma maturidade precoce.

As suas amizades e escolhas ao longo de todas as temporadas levam-na a adquirir uma sabedoria que a torna especial, sendo uma das figuras que gera maior expectativas relativamente à derradeira temporada de Guerra dos Tronos. A atriz que interpreta esta personagem é Sophie Turner.

Arya Stark

Também filha de Ned Stark, mas mais nova e rebelde que Sansa. É uma menina que desde cedo revelou gosto pelas técnicas de combate. Needdle, ou Agulha, é a sua espada que a acompanha em grande parte do seu trajeto. Ao contrário de Sansa, não é uma princesa tradicional. Maisie Williams é a atriz que veste a pele desta que é uma das personagens mais estimada tanto pelos amantes da série, como dos leitores de George R. R. Martin.

O criador do cobiçado trono: George R. R. Martin

O sucesso deste autor fantástico é comparável ao de autores britânicos icónicos, como J. K. Rowling e J. R. R. Tolkien, criadores de Harry Potter e Senhor dos Anéis, respetivamente. Recorrendo a um mundo fantástico e com inspiração na Idade Média, Martin é um dos grandes nomes que ficará no imaginário de todos por inúmeras gerações. Ele é o único autor que conseguiu que o seu livro de fantasia tivesse atingido o 1º lugar em jornais tão reputados como o New York Times e o The Wall Street Journal.

Nasceu a 20 de setembro de 1948, em New Jersey. Trabalhou frequentemente em Hollywood, como produtor ou argumentista. Contudo, o seu maior contributo foi para a biblioteca mundial com a sua obra prima: As Crónicas de Gelo e Fogo. Esta saga de fantasia possui diferentes volumes, entre os quais Guerra dos Tronos – o mais vendido, atualmente.

Contudo, apesar de todo este sucesso, este escritor é incansável e mantém a sua capacidade criativa, produzindo a todo o vapor. Prova disso é Nightflyers, uma série televisiva de ficção científica, um thriller psicológico que irá estrear nos Estados Unidos da América no dia 02 de dezembro, no canal SyFy. Também “Sangue e Fogo: A História dos Reis Targaryen (Livro 1, Parte 1)” é uma prequela da história contada em Guerra dos Tronos e o livro já chegou a Portugal no dia 23 de novembro.

Aguarda-se ainda com grande expectativa novidades sobre o projeto Long Night que o canal HBO já anunciou. Esta será também uma prequela de Guerra dos Tronos e terá como uma das protagonistas a famosa atriz Naomi Watts. Como a distância cronológica entre a história contada na prequela e em Guerra dos Tronos é grande, é altamente improvável existir algum elemento do atual elenco de Guerra dos Tronos a aparecer em The Long Night.

8ª temporada: o que esperar

Aguardemos, então, por abril de 2019 para acabar com a ansiedade de que sofrem todos os amantes desta série fantástica. O que acontecerá com as personagens que tanto estimamos? O que é que o futuro reserva para o brilhante estratega Tyrion Lannister? E a sua irmã? Terá ela um final onde mostre um lado surpreende ou continuará uma vilã? Daenerys Targaryen voltará a amar? Jon Snow poderá ser mais do que o Rei do Norte? Quem ganhará na batalha contra as criaturas sobrenaturais, os White Walkers? E, claro, a grande pergunta: Quem se sentará no trono no final?

Veja também: