Publicidade:

Guia local: 30 coisas para fazer em Lisboa e conhecer a capital de uma forma diferente

Construímos um guia local: 30 coisas para fazer em Lisboa - que serve, especialmente, para quem pensa conhecer a cidade a 100%. Preparado? Confira tudo o que lhe falta fazer.

Guia local: 30 coisas para fazer em Lisboa e conhecer a capital de uma forma diferente
Descubra a Lisboa para lá dos guias turísticos

Já alguém dizia que se demorava uma vida para conhecer uma pessoa. Neste caso, aplicamos o dito à cidade, mais precisamente, à cidade de Lisboa. Fizemos especialmente para si um guia local: 30 coisas para fazer em Lisboa e esperamos, sinceramente, que ele lhe seja útil nas próximas expedições pela capital. Estamos certos de que será, pois “saímos da caixa” e fomos para lá daquilo que vem habitualmente nos guias turísticos.

Para nós, a mais valia deste guia local: 30 coisas para fazer em Lisboa é mostrar-lhe como a capital é uma cidade viva e dinâmica, em constante mudança e que alia, como nenhuma outra, o antigo e o moderno.

Guia local: 30 coisas para fazer em Lisboa e explorar a cidade ao máximo


1. Tomar café dentro de um… autocarro

Passamos a explicar: o Village Underground é um espaço em Alcântara que reúne 14 contentores marítimos e 2 autocarros da Carris, reaproveitados como sedes de empresas criativas. É precisamente aí que um autocarro foi transformado em café, onde pode desfrutar de um snack original e comprovar toda a originalidade do espaço.

2. Ir ao LX Factory

Próximo do Village Underground, no LX Factory há um pouco de tudo: eventos culturais, obras de arte urbana, cafés, bares, restaurantes. O melhor? É que tudo é super criativo e diferente, da forma mais positiva possível.

3. Comprar um livro

fazer em lisboa

Sem sair do LX Factory, tem de ficar a conhecer a livraria Ler Devagar, mesmo que não compre nenhum livro. É tão simples e bonita que já foi candidata a uma das livrarias mais belas do mundo.

4. Desvendar os segredos do Palácio Fronteira

Ainda pouco conhecido do público em geral – inclusive do lisboeta -, o Palácio Fronteira é um belíssimo exemplar arquitetónico que, na verdade, não fica nada atrás doutros edifícios de tipologia semelhante. A sua gestão e conservação é da responsabilidade da Fundação das Casas de Fronteira e Alorna.

5. Visitar o Palácio da Ajuda

Descubra tudo o que este espaço tem para oferecer, desde a sua história, à sua marcante arquitetura. No Palácio da Ajuda, há dezenas de salas visitáveis e vale mesmo a pena dar por lá um passeio em família.

6. Usufruir da vista a partir de um miradouro

fazer em lisboa

Belíssima a qualquer hora do dia, a paisagem lisboeta ganha outro encanto no momento do pôr do sol. Por isso sugerimos que vá até à Graça, ao Miradouro Sophia de Mello Breyner Andresen, e desfrute ao máximo deste verdadeiro espetáculo da Natureza.

7. Hospedar-se num local bonito

Por vezes, na hora de escolher o sítio onde nos vamos alojar, apenas pensamos nas questões do preço, proximidade ao centro e acessibilidades. Porém, fique a saber que há pormenores que podem valer bem mais a pena. O Four Seasons Hotel Ritz Lisboa proporciona, a partir do seu centro de fitness, uma das vistas mais esplendorosas sobre a capital, para além de todas as comodidades de alojamento que já lhe são conhecidas.

8. Beber uma ginjinha

E, claro, não pode faltar a tradicional ginjinha! Vai encontrá-la um pouco por toda a Lisboa, mas passe pelo Largo de São Domingos e experimente tomá-la num dos estabelecimentos mais típicos. Para além de ter outro sabor, será brindado com muitas histórias sobre a bebida e a cidade. Uma experiência obrigatória no guia local: 30 coisas para fazer em Lisboa.

9. Apreciar a street art

Já aceite, por quase todos, como uma manifestação artística que, ainda para mais, revitaliza espaços degradados da cidade, Lisboa tem vários bons exemplo. Espreite o mural de André Saraiva, no muro do Jardim Botto Machado (local da Feira da Ladra).

10. Entrar na Embaixada

Embaixada é a designação dada a um palácio neo-árabe situado no Príncipe Real que foi recuperado e funciona agora como galeria comercial. Aqui pode encontrar várias lojas e restaurantes, num espaço único e que mantém uma mística muito própria.

11. Comer… cereais

fazer em lisboa

Não, não é um petisco tipicamente lisboeta, mas a capital dispõe de um bar de cereais para os super fãs deste alimento. Entre as 09h e as 24h, o Pop Cereal Bar oferece este conceito super inovador que faz do Bairro Alto mais doce – e crocante!

12. Descobrir um parque de estacionamento

Claro que não falamos de um parque qualquer. Referimo-nos, mais concretamente, ao parque de estacionamento do Chão do Loureiro que funciona como uma verdadeira galeria de arte urbana. Estacione o carro e percorra as paredes cheias de cor, imagens e mensagens de reconhecidos autores de street art.

13. Regatear preços na Feira da Ladra

Uma boa compra numa feira deve sempre ser regateada. Os seus preços devem ser negociados e tem de tentar conseguir a melhor peça ao melhor custo. De terça-feira a sábado, encontre no Campo de Santa Clara um pouco de tudo (mesmo!): utilidades, roupas, livros, objetos de coleção, antiguidades e diversos artigos tanto novos, como usados.

14. Passeie pelo Parque das Nações

Há muito que aqui pode fazer, desde jantar em ótimos restaurantes, como simplesmente passear e admirar as mais belas vistas. Nessa caminhada, não deixe de passar pelo VIP Executive Art’s Hotel e espreitar o mural da sua fachada. É especialmente interessante, embora possa passar facilmente despercebido.

15. Mergulhe no Oceanário

Bem, não mergulhe mesmo! Mas não deixe de visitar este espaço icónico da capital que é, nada mais nada menos, do que o segundo maior oceanário do mundo. O Oceanário é fenomenal, não acha?

16. Saborear os melhores pastéis de Belém

pastel de nata

Ir a Lisboa, mais concretamente a Belém, sem provar os famosos (e deliciosos!) pastéis, é como ir a Roma e não ver o Papa, certo? Então, entregue-se à gula nos Pastéis de Belém mais saborosos de Lisboa e arredores!

17. Tomar um copo num bar panorâmico

Vai encontrar alguns em Lisboa e o importante é encontrar um com espaço suficiente para estar à vontade e conseguir usufruir da melhor forma da vista. Passe pelo Lost In e diga de sua justiça.

18. Experienciar o ambiente de um bairro típico

Sabia que Alfama é um dos bairros mais antigos… De toda a Europa? Caminhe pelas ruas estreitas e viva o verdadeiro espírito alfacinha, tão bem perpetuado nestes espaços, onde a vizinhança se trata por tu e o bem receber é a principal característica.

19. Entrar na estação Alcântara-Mar

No túnel pedonal desta estação, encontra-se uma galeria de arte urbana, verdadeiramente surpreendente, mas que facilmente pode passar despercebida, já que não vem propriamente nos guias turísticos.

20. Ouvir fado

Lisboa é rica em casas de fado. Escolha uma entre as muitas disponíveis e ouça esta música tradicionalmente portuguesa, enquanto saboreia os deliciosos petiscos típicos da região.

21. Beber uma bica

fazer em lisboa

Que é como quem diz, beber um café. Se anda pela zona do Cais do Sodré, visite a Pensão Amor. Calma, agora já não é pensão, mas é um café muito charmoso e cuja história do estabelecimento e muito curioso e, por isso, merece sem dúvida uma visita.

22. Apaixone-se pelos jardins da Fundação Calouste Gulbenkian

Com entrada gratuita, os jardins da Fundação Calouste Gulbenkian são maravilhosos, tranquilos e um pulmão verde no meio da cidade. Para uma visita mais demorada, aproveite para visitar também o seu museu e maravilhosa coleção de arte.

23. Ir até à Fundação Champalimaud

O edifício da Fundação Champalimaud é muito interessante do ponto de vista arquitetónico e está implantado num local que permite ter uma vista privilegiada e deslumbrante sobre o rio. Claro que assistir ao nascer e ao pôr do sol, são experiência únicas e que valem bem a pena.

24. Perder-se na Mouraria

Não se perda literalmente, mas deixe-se encantar pelas ruas sinuosas deste bairro típico que alia o mais tradicional dos bairros ao mais moderno da street art. Passe pelas escadinhas de São Cristóvão e delicie-se com tudo o que há para descobrir.

25. Passar pelo Martim Moniz

A zona do Martim Moniz é muito conhecida pela sua miscigenação cultural, patente desde logo na restauração. Portanto, se quer uma experiência gastronómica internacional, sem sair de Lisboa, esta área pode ser a mais indicada.

26. Ir do Mosteiro dos Jerónimos ao Centro Cultural de Belém

fazer em lisboa

Faça uma ponte histórico-cultural considerável e comece por visitar o monumental Mosteiro dos Jerónimos para, de seguida, mergulhar na contemporaneidade do Centro Cultural de Belém. Pelo meio, não deixe de espreitar o guaxinim. Sim, o guaxinim que ocupa a parte traseira do CCB.

27. Preste homenagem aos ilustres portugueses

Visite uma obra arquitetónica icónica, onde estão sepultadas algumas das figuras mais relevantes da história da música, da literatura e da política portuguesa. Vá ao Panteão Nacional.

28. Dar uma escapadela até Sintra

Sintra é a zona dos palácios, parques, conventos, mansões, e de uma natureza vibrante, de relva verde e serras românticas. Não há localidade comparável e a sua ambiência é a indicada para uma escapadela bem romântica a dois, claro.

29. Viva o Santo António

festas de lisboa

Aproveite o mês de junho para ir a Lisboa e viver ao máximo o Santo António, num doa bairros típicos da capital, claro. Sardinha assada, marchas e muita diversão marcam esta noite em honra do santo casamenteiro.

30. Não deixe de ir à “Brasileira”

O café que ficou mais famoso por ter na sua esplanada a estátua do conceituado poeta Fernando Pessoa. Sente-se junto a ele e tire uma selfie para eternizar o momento. Este é, sem dúvida, um essencial do guia local: 30 coisas para fazer em Lisboa.

E, assim, chegamos ao fim da lista. Ficou desapontado por, afinal, ainda não conhecer Lisboa como a palma das suas mãos? Não fique. Afinal, há sempre coisas novas a surgirem e, por isso, este guia local com 30 coisas para fazer em Lisboa precisa sempre de uma constante atualização. Agora já tem um e é fresquinho.

Organize os seus próximos fins de semana e faça pequenas escapadelas até à capital de forma a conseguir experimentar algumas destas sugestões que lhe deixámos no guia local: 30 coisas para fazer em Lisboa.

Se é residente na capital, então tem a tarefa facilitada. Cumpra uma das nossas propostas em cada dia do mês. Ah, e não se esqueça de levar o nosso guia consigo, para ir colocando um visto nos espaços visitados.

Veja também: