Publicidade:

4 hábitos matinais dos bons profissionais

Saiba como usar as manhãs a seu favor e do seu sucesso na carreira com estes hábitos matinais dos bons profissionais. São 4 e pode implementá-los já.

4 hábitos matinais dos bons profissionais
Implemente os hábitos matinais dos bons profissionais

As manhãs são, para muitos, o momento mais importante e produtivo do dia, e quem parece ter isso presente, muito para além da sabedoria popular, são as pessoas realmente bem sucedidas. Conheça os hábitos matinais dos bons profissionais e aplique-os já!

Mude a rotina e implemente estes 4 hábitos matinais dos bons profissionais


Há quem diga que não há nada melhor do que uma manhã bem passada. Um bom profissional também o dirá, mas nunca deixará de referir que uma boa manhã é uma manhã produtiva! Como conseguir rentabilizar o tempo, espantar o sono e fazer com que, às 9h00, uma boa quantidade de trabalho já se encontre feita, e com qualidade? Que hábitos matinais mantêm estes profissionais bem sucedidos para conseguirem, de forma consistente, usar o início de cada dia da melhor forma?

10 dicas para ser mais feliz de manhã

A importância da rotina

Tudo começa com o estabelecimento de uma rotina. Não basta, de longe a longe, trabalhar para que o dia seja produtivo e lhe corra bem: o que realmente interessa é manter os seus hábitos de produtividade, e para conseguir fazê-lo terá que instaurar hábitos – vamos conhecer bons hábitos matinais dos bons profissionais.

Falemos agora de deveres e prioridades. Ter bons hábitos matinais não significa fazer simplesmente aquilo que mais apetece – se assim fosse, a grande maioria das pessoas escaparia ao trabalho e iria passear para o parque.

O que faz um bom profissional é, acima de tudo, a consciência daquilo que o torna mais realizado a longo prazo, associada à capacidade de, consecutivamente, adiar a satisfação imediata que aqueles 5 minutos extra a dormir iriam proporcionar.

Falemos, finalmente, de tempo. Tempo útil, tempo precioso: o único recurso realmente insubstituível! Não perder tempo com atividades que não irão acrescentar valor é um dos princípios de gestão pessoal dos bons profissionais. E isto aplica-se a todos os períodos do seu dia, não apenas às manhãs.

Os bons hábitos matinais dos bons profissionais

Criar hábitos matinais que nos levem a atingir um patamar de produtividade que nos empurre para o nível de sucesso que sabemos que merecemos alcançar é um direito e um dever de cada pessoa. Vamos a isso?

1. Acordar cedo, na “sua” hora

Acordar cedo até pode ser um hábito matinal, mas está irremediavelmente ligado a um hábito noturno: deitar-se a horas.

Muitas pessoas cedem à tentação de pôr o despertador no modo “snooze“, adiando a árdua tarefa de iniciar o dia. O que acontece nestas situações é que acabam por levantar-se com o tempo contado, apenas dispondo do necessário para as tarefas imprescindíveis: vestir-se, tomar o pequeno-almoço e deslocar-se para o trabalho. E a sua criatividade, onde fica? Gosta mesmo de transformar o seu início de dia numa correria desenfreada? Os 5 minutos a mais na cama compensam o desgaste de sair de casa a correr? A decisão é apenas sua.

Na nossa ótica, o mais provável é que não: vai atrasar-se algumas vezes; noutras, vai apenas respirar de alívio porque não se atrasou; vai irritar-se consigo mesmo e com os outros; e vai, claro, impedir-se de ter um começo de dia produtivo e tranquilo.

Lembre-se: acordar cedo não significa dormir pouco – provavelmente implica apenas ajustar a hora de deitar, pois é essencial cumprir com as horas de sono de que precisa para acordarmos bem. Acordar cedo deve significar acordar à “sua” hora. Diversos estudos apontam para o óbvio: as pessoas que acordam cedo e aproveitam bem as manhãs são mais felizes e mais saudáveis. Mas para isso acontecer em pleno, é importante instaurar uma rotina.

Ter uma rotina é que vai fazer com que fique em sintonia com o seu relógio interno. Se ainda não o fez, sugerimos começar por colocar o despertador para 15 mais cedo que o habitual. Poderá ir progressivamente adaptando a hora de acordar, mas é importante aperceber-se de quanta diferença esses meros 15 minutos podem fazer pelo decorrer do seu dia.

2. Meditar

Meditação no trabalho: 7 grandes benefícios

Agora que tem por hábito acordar cedo, sem ter que andar numa correria desde o momento em que se levanta até se sentar na secretária, poderá sentir que não tem nada para fazer quando se levanta. Se assim for, porque não meditar um pouco? Meditar logo pela manhã vai fazê-lo encarar o dia com outra disposição.

Sinta-se apaziguado, de baterias recarregadas e relaxado. Se tem dificuldade em concentrar-se, utilize meditações guiadas ou apps para o efeito. Instaure este hábito diário, por cerca de 15 minutos, e vai ver que produz resultados.

7 benefícios da meditação no trabalho >>

3. Não subestimar um bom pequeno almoço

Desfrute bem do momento em que prepara e toma o seu pequeno almoço. Tratar-se bem nesse momento significa focar as suas energias positivas em si mesmo, e isso terá reflexos no seu bem estar e na sua saúde, física e mental.

Proporcione a si próprio um momento de equilíbrio. Comer mal e apressadamente, ou não comer, só vai prejudicar o seu bem estar físico, e vai precisar dele para enfrentar o resto do dia. Pense que se tiver tempo para tomar um bom pequeno almoço é um pequeno grande sinal de qualidade de vida. E você quer tê-la.

Felicidade no trabalho: 6 dicas essenciais >>

4. Definir estratégias para o seu dia

Dedique algum tempo para pensar nos desafios que o dia lhe vai trazer, e de que maneira irá tentar ultrapassar as dificuldades que se avizinham. Pensar logo pela manhã sobre essas coisas pode ter o condão de lhe dar ideias que, por surgirem ainda quando a sua cabeça está fresca, poderão ser as mais certeiras, as que lhe trazem mais luz sobre esse assuntos. Pensar nisso apenas no momento, a quente, quando a sua cabeça já se encontra a funcionar a mil, poderá não ser tão eficiente.

Se planear devidamente o seu dia, por exemplo, evitará ver e responder a e-mails nas primeiras horas de trabalho, que são as mais criativas; essas mesmas horas deverão ser dedicadas à produção de ideias, novos projetos, ou trabalhos colaborativos.

Não abandone o seu local de trabalho sem fazer uma lista do que ficou por fazer para o dia seguinte. Assim, quando chegar ao trabalho, já terá a sua lista de prioridades alinhavada e não precisará de fazer “rewind” até ao dia anterior para que nada lhe escape. Vai ver que poupa tempo e fica menos preocupado com a possibilidade de se esquecer de alguma tarefa importante.

Veja também:

Catarina Reis Catarina Reis

Consultora de carreira com mais de 10 anos de experiência, possui formação superior em Gestão de Recursos Humanos e Psicologia. É naturalmente curiosa, desenvolvendo múltiplos projetos paralelos que envolvem a Fotografia, a Música, o Marketing Digital e o Cinema.

Saiba tudo sobre emprego