Publicidade:

Instagram anti-bullying: novas medidas estão a caminho

É cada vez mais um Instagram anti-bullying. A rede social quer impedir a proliferação de ódio em comentários nas contas de utilizadores.

Instagram anti-bullying: novas medidas estão a caminho
Novas medidas alertam para más práticas

As redes sociais vieram aproximar as pessoas, mesmo que se encontrem em diferentes partes do mundo. O facto de não existirem regras de moderação específicas permite que cada utilizador “faça o que quer”. Mas a situação vai alterar-se e um Instagram anti-bullying é cada vez mais uma realidade.

São várias as manifestações que carecem de respeito pelo detentor da conta, pelo que a rede social vai implementar medidas para impedir essas situações.

Instagram anti-bullying: nem ódio, nem falta de respeito


mulher usa instagram

O Instagram não é, de todo, a única rede social onde se podem ver algumas manifestações e ódio e faltas de respeito. Esta é uma situação que acontece com mais frequência em contas de utilizadores que sejam conhecidos (nacional ou internacionalmente) que, por sua vez, recebem comentários que poderiam ser dispensáveis.

No entanto, é verdade que não se podem banir os utilizadores que optem por este tipo de práticas na rede social, até porque o Instagram não tem a capacidade de filtrar os milhões de utilizadores que tem espalhados pelo mundo e, não podendo contrariar isso, optou por implementar algumas medidas anti-bullying.

De facto, o bullying em contexto digital existe e deve ser identificado em vez de ignorado. E é precisamente neste contexto que o Instagram decidiu atuar de forma a preservar as boas práticas e a impedir que os utilizadores se insultem sem motivo aparente.

Novas funcionalidades já estão a ser testadas

As medidas foram anunciadas na Facebook F8, evento que decorre anualmente e que anuncia novidades e mudanças relacionadas com as empresas detidas pelo Facebook (entre elas o Instagram e o WhatsApp). Prevê-se que alterações semelhantes se estendam às outras aplicações, mas, para já, apenas estão confirmadas neste Instagram anti-bullying.

Adam Mosseri, diretor da rede social, anunciou que a empresa está empenhada em desenvolver medidas que travem o bullying que acontece na plataforma. Mosseri confirmou que as funcionalidades já estão a ser testadas na própria aplicação, pelo que o lançamento oficial estará para breve.

O conjunto de medidas vai permitir que os utilizadores tenham total controlo sobre as suas publicações, nomeadamente sobre os utilizadores que podem interagir com os referidos posts. Através destas funcionalidades, o detentor de uma conta no Instagram poderá impedir que situações de assédio ou insulto aconteçam.

mulher usa instagram

Avisos para comentários negativos

Entre as novas medidas estão os avisos que alertam para a publicação de comentários. Isto quer dizer que, antes de publicar um comentário numa conta, um aviso irá aparecer, que lhe pergunta se “quer mesmo” publicar o que acabou de escrever.

Claro está que, esta funcionalidade, não irá impedir que os comentários sejam feitos ainda assim, mas pelo menos alerta os utilizadores para aquilo que estão a escrever, certificando-se que estes têm a certeza absoluta do que estão a fazer.

Ainda que o comentário seja publicado, a verdade é que estes avisos permitem que as pessoas ganhem maior noção sobre aquilo que estão a fazer, perguntando-lhes se valerá a pena deixar um comentário menos próprio daquela forma. Existem outras medidas que impedem, ainda, a proliferação de conteúdos inapropriados.

Mais possibilidades de interação

Uma pessoa que tenha conta no Instagram poderá, com estas novas medidas, aceder a mais interações do que aquelas que já existem. Por exemplo, se não quiser que um seguidor comente as suas publicações, mas não o quiser bloquear, poderá definir isso mesmo.

Até agora, só é possível bloquear permanentemente um utilizador, impedindo-o que comente ou que veja as suas publicações. Com as novas funcionalidades, será possível impedir uma pessoa de comentar os seus posts, sem que esta fique impedida de aceder à sua conta.

Tudo indica que a personalização dessas definições irá mais longe ao ponto de definir se determinadas pessoas podem ou não gostar das suas publicações, por exemplo. Contudo, as medidas não se ficam por este tipo de definições, existindo ainda uma outra função à qual o utilizador poderá recorrer.

mulheres usam instagram

Modo de ausência

Chama-se “Away Mode” e vai permitir que o responsável de uma conta Instagram escolha quando o quer ativar. Este modo adequa-se a situações mais difíceis, pelas quais as pessoas passam, podendo ser ativado nesses casos. Por exemplo, quando uma relação termina ou um amigo/familiar morre, pode ativar este modo se não quiser ser incomodado.

Esta função permite, por isso, que não elimine a sua conta, por exemplo, colocando-a apenas em suspenso e permitindo que os seus seguidores tenham conhecimento desse estado. Dessa forma, pode afastar-se de tudo aquilo que acontece nas redes sociais e deixar, inclusive, de receber notificações da plataforma.

Mais medidas aliviam a pressão que existe na plataforma

Com o sucesso dos influencers, vários utilizadores tentam, diariamente, alcançar a sua própria versão do estatuto, concorrendo por cada vez mais likes em cada publicação. No entanto, o Instagram já começou a ocultar o números de gostos presentes em cada post.

De facto, os utilizadores do Canadá já não conseguem, atualmente, ter acesso ao número de gostos que uma publicação tem. Esta informação deixou apenas de ficar visível, pelo que o responsável pela conta em questão terá acesso aos gostos que obteve através das definições pessoais.

Veja também:

Luísa Santos Luísa Santos

Licenciada em Ciências da Comunicação - Jornalismo, Mestre em Multimédia, cantora sem diploma nas horas livres. Trabalha atualmente em Marketing e Comunicação, é viciada em redes sociais e fervorosa adepta do desenrasque.