Publicidade:

Janelas eficientes: por que deve considerar esta opção

Além de aumentar o conforto interior da habitação, a instalação de janelas eficientes pode resultar em poupanças muito significativas. Fizemos as contas.

Janelas eficientes: por que deve considerar esta opção
As janelas eficientes permitem poupar na fatura da energia

Sabia que as janelas são um dos elementos mais vulneráveis da construção das nossas casas? E que as perdas de calor durante os meses de inverno podem significar até 30% das necessidades reais de aquecimento? É precisamente por isso que as janelas eficientes são uma opção a considerar. Vamos descobrir mais sobre o tema?

Janelas eficientes: o que são e como escolher


Todos temos necessidade de viver com luz, ventilação e também de ter contacto com o mundo lá fora. Isso explica a necessidade das janelas nos espaços que habitamos. Mas normalmente isto tem um custo associado, afinal as janelas são um dos pontos mais fracos das nossas construções no que à climatização diz respeito.

Uma grande parte das perdas de calor indesejáveis (e também dos ganhos) tem origem nas janelas. Já tinha pensado no assunto?

As janelas eficientes, pelas suas próprias características, oferecem uma contribuição real para a otimização do isolamento acústico e térmico dos nossos edifícios, reduzindo assim o consumo de energia relacionado com a climatização dos espaços, uma redução que pode rondar os 50%.

Além de proporcionarem mais conforto térmico, as janelas eficientes permitem reduzir as infiltrações de água e ar, diminuindo também o risco de problemas como bolor e humidade, por exemplo.

As janelas eficientes podem ter os caixilhos em PVC, alumínio com corte térmico ou madeira, ou ainda uma combinação de todos. Deve ainda escolher um vidro duplo, podendo optar por um gás nobre como o árgon para separar as duas lâminas do vidro.

Aconselhe-se com um profissional especialista no assunto antes de escolher os materiais das suas janelas eficientes. Um bom profissional ou fornecedor saberá indicar corretamente sobre as melhores opções para cada caso, tendo em conta as limitações da construção, a orientação das janelas, o clima, etc.

As janelas e os nossos gastos com a climatização


O posicionamento, o tamanho, o tipo do vidro escolhido, os caixilhos/esquadrias são alguns dos pormenores que importa ter em conta na altura de calcular a redução dos gastos energéticos no futuro e devem estar presentes na estratégia de poupança.

Nos novos edifícios, estes são aspetos realmente importantes durante a fase de planeamento e construção, uma vez que os gastos energéticos podem e devem ser reduzidos através da utilização das janelas eficientes. Isso, além de significar uma real poupança nos gastos com aquecimento, é uma medida que tem impacto positivo no ambiente e esta deve ser uma preocupação crescente nos dias de hoje.

Façamos uma comparação e vejamos a poupança estimada.

Janelas convencionais: Uma casa que conte 5 janelas em alumínio (sem corte térmico e de correr) e tenha um vidro simples, ocupando uma área de 9 metros quadrados, tem um gasto anual com climatização a rondar os 325€.

Janelas eficientes: A mesma casa, depois de instaladas janelas eficientes com corte térmico, abertura oscilo-batente e vidro duplo, deverá ter o consumo anual na ordem dos 116€.

O resultado: A substituição das janelas simples por janelas eficientes que sejam de classe A vai permitir, portanto, uma poupança de até 209€ nos gastos com a climatização.

Etiqueta energética


energia

Há uma forma fácil de o consumidor avaliar o nível de eficiência energética das janelas e de perceber em termos de conforto e poupança com o que pode contar. As etiquetas energética CLASSE+ usam a conhecida escala de cores à qual já estamos habituados, indo de F a A+.

A etiqueta energética inclui mais informações técnicas, em detalhe.

Como ler a etiqueta energética das janelas eficientes

  1. Identificação do Fabricante;
  2. ID CLASSE+;
  3. Classe Energética
  4. Nível de conforto (Verão/Inverno);
  5. Transmissão térmica da janela;
  6. Características técnicas do vidro;
  7. Classe de permeabilidade ao ar;
  8. Atenuação acústica;
  9. QR Code.

3 dicas para escolher as janelas eficientes (e manter as suas características originais)


Se está a ponderar fazer algumas alterações em casa, nomeadamente a colocação de janelas eficientes, partilhamos agora algumas dicas que podem ser importantes no processo de escolha.

  1. Atente à questão do desempenho acústico, especialmente se viver numa zona com bastante movimento em áreas urbanas. Dê especial atenção ao conforto sonoro, pois isso vai fazer a diferença na sua qualidade de vida.
  2. Não esqueça de abrir as janelas eficientes com regularidade. Fazendo jus ao nome, estas bloqueiam a entrada de ar de forma mais eficiente e, por isso, favorecem as condensações. Lembre-se de permitir a renovação de ar nos ambientes.
  3. Siga todas as recomendações feitas pelo fornecedor no que diz respeito à manutenção e às limpezas. Isso vai fazer com que mantenham as suas qualidades de isolamento por mais tempo.

Veja também:

Luana Freire Luana Freire

Estudou Jornalismo e Assessoria de Imprensa no Brasil, transferindo a paixão, bagagens e coração para o Porto, onde estudou Ciências da Comunicação na UP. Mãe, simpatizante do feminismo, devoradora de novidades, louca por viagens, boa música, boa conversa e boa comida. Mulher das letras, é adepta da escrita criativa e acredita que a palavra, com todas as suas máscaras e possibilidades, é infinita e capaz de mudar o mundo de quem a lê, ouve, toca, espalha e constrói.

Limpeza e Arrumação