Como lidar com a perda de cão: temos 7 dicas que o podem ajudar

Sabemos que lidar com a perda de cão pode ser muito difícil. Se está a passar por esta fase, mantenha a calma. Temos algumas dicas que o podem ajudar.

“sponsored by fidelidade”
Como lidar com a perda de cão: temos 7 dicas que o podem ajudar
Lidar com a perda de um cão nunca é um processo fácil

Se está a tentar lidar com a perda de um cão, deve tentar manter a calma e colocar de parte a vergonha que pode ou não ter, de chorar em frente aos seus colegas e família. Afinal, não existem motivos para não chorar ou ter vergonha.

A perda do nosso melhor amigo é sempre um processo complicado e pelo qual não estamos preparados para lidar.

Como lidar com a perda de cão


lidar com perda de cão

Independentemente da espécie, a perda de um ente querido e próximo, pode ter efeitos muito negativos na vida de cada um de nós.

A verdade é uma, os nossos cães são a nossa melhor companhia, são fiéis, engraçados, amorosos e quando os perdemos, sentimo-nos um pouco sozinhos, desanimados e com o coração partido.

Quando perdemos um cão podemos lidar com inúmeros sentimentos e perdas ao mesmo tempo. Isto porque um cão pode ser o nosso melhor e único companheiro, o nosso melhor amigo e, muitas vezes, o nosso confidente mais fiel. Depositamos neles todo o nosso carinho e dedicação, porque os amamos incondicionalmente.

Lidar com a perda de cão pode ser um processo bastante complicado, porque nem sempre sabemos como fazer o luto. Afinal, na nossa cultura não existem formas de lamentar a morte de um cão ou de qualquer outro animal. O que pode, na maioria das vezes, dificultar ainda mais toda esta fase.

No entanto, existem coisas que podemos fazer para nos ajudar a lidar com a perda de um cão.

7 dicas para lidar com a perda de cão


lidar com perda de cão

Queremos ajudá-lo a passar por este momento difícil, e por isso mesmo saiba que existem dicas e formas de aprender a lidar com a perda de cão.

1. É essencial que esteja preparado

Quando o fim de vida do seu cão se começa a aproximar, deve tentar preparar-se mentalmente para que consiga lidar com a situação da melhor forma possível para si. Uma das coisas que vários especialistas aconselham nestes momentos é, por exemplo, o facto de manifestar um gesto carinhoso com o seu melhor amigo, quando reparar que o fim está próximo.

Uma simples carícia na cabeça ou ao longo do corpo, pode ajudá-lo a relembrar para sempre o seu cão da melhor forma possível. Isto porque, quando o seu cão partir, uma das últimas memórias que irá ter, será a da carícia que fez e consequentemente poderá inclusive lembrar-se da textura do pelo do cão e transportar-se para uma sensação de bem-estar e de paz interior.

2. Reconheça o que sente, sem medos

Perder um cão significa perder o nosso melhor amigo e companheiro. No momento em que a perda se torna real, o choque é enorme e não deve nunca ter medo de demonstrar aquilo que está a sentir.

Sabemos que nem sempre é fácil chorar ou mostrar que nos sentimos profundamente tristes em frente à família ou amigos, mas em casos de perda não tem de ter medo. Deve reconhecer o que se está a passar e se precisar, deve recorrer a um especialista com quem possa conversar sem problema algum.

Lembre-se que pedir ajuda quando realmente precisamos, significa que reconhecemos aquilo que estamos a sentir.

3. Guarde algumas lembranças do seu cão

Assim como guardar os momentos especiais que teve com o seu cão é importante, também deve guardar alguns brinquedos ou até mesmo a caminha do cão num lugar seguro. O facto de ver esses objetos e de lhes poder tocar pode, muitas vezes, ajudar a pessoa a ultrapassar a situação de uma forma melhor e mais apaziguadora.

Para muitas pessoas, guardar os objetos do cão pode mesmo ser uma das formas para o honrar.

4. Lembre-se que cada um leva o seu tempo para processar a perda de um cão

Pois é, tal como quando perdemos alguém, é muito importante que consigamos compreender que cada pessoa leva o seu tempo para aprender a assimilar a perda.

Sabemos que nunca é fácil e que por vezes podemos demorar mais tempo a ultrapassar a situação do que o nosso colega que até perdeu um animal há pouco tempo. Mas lembre-se sempre que quem conta agora não é o seu colega.

É muito importante que partilhe com os seus amigos e família o momento difícil por que está a passar e não tenha medo em fazer o seu luto à sua medida.

5. Mantenha-se ativo

Ao manter-se ativo, a trabalhar, a estudar ou a fazer qualquer outra coisa que goste e lhe dê algum prazer, está automaticamente a lidar com a perda do seu cão. Se estiver em casa, parado e sem fazer nada vai, com certeza, custar-lhe muito mais. Por isso já sabe, tente sair para dar um passeio e tente relativizar as coisas.

6. Se tem outros cães em casa, mime-os

Se está a lidar com a perda de cão e se tem mais cães em sua casa, saiba que tal como os humanos, os cães também estarão a passar por uma fase bastante complicada.

É importante que mime os outros cães, que os leve a passear e que aproveite esses momentos para relembrarem juntos o cão que partiu. Esta pode ser uma grande ajuda para ambos conseguirem lidar com a perda do melhor amigo;

7. Adote um cão

Sabemos que um cão não irá substituir o outro, e disso estamos certos. No entanto, a nossa capacidade de amar é infinita e adotar um cão pode ajudá-lo e muito.

Ao fazer isto, conseguirá alegrar um bocadinho mais a sua vida e com certeza que irá relembrar o seu cão que partiu de outra forma. Amar é muitas vezes a chave para resolver vários dos nossos problemas.

Veja também: