Publicidade:

Como limpar a cache do iPhone? 5 passos essenciais

Limpar a cache do iPhone, implica limpar parte da memória do smartphone libertando espaço e melhorando a sua performance. Saiba como fazê-lo em segurança.

Como limpar a cache do iPhone? 5 passos essenciais
Existem vários tipos de cache no seu smartphone

Limpar a cache do iPhone não é uma tarefa obrigatória nem essencial para o seu funcionamento, mas pode marcar a diferença entre manter o seu smartphone rápido e com uma boa performance ou conformar-se com a sua crescente lentidão.

De certo já reparou que, à medida que o seu telemóvel vai ganhando tempo de utilização, algumas tarefas podem começar a parecer-lhe mais lentas. Isto porque uma utilização normal do dispositivo implica a instalação de múltiplas aplicações e o armazenamento de ficheiros, muitos deles com características multimédia como fotografias, vídeos ou músicas.

Este armazenamento consome memória e velocidade ao seu iPhone e muitos utilizadores já adoptaram a boa prática de rever regularmente o que podem deitar fora em termos de aplicações ou ficheiros que já não utilizam, ou preferindo guardar alguns deles, especialmente os multimédia que consomem muito espaço, num serviço de cloud ou noutros dispositivos de backup.

Mas se é dos que já adoptou esta prática de limpeza regular e que ainda assim estranha a lentidão do seu telemóvel “quase vazio”, saiba que o que pode estar a atrapalhar a performance do seu dispositivo pode ser a sua cache.

Porquê limpar a cache do iPhone?


limpar cache iphone

A cache é o termo utilizado para designar uma área de armazenamento que é utilizada temporariamente pelo seu dispositivo. Sempre que utiliza o iPhone ou outros dispositivos como computadores ou laptops, centenas de pequenos ficheiros são criados e armazenados nesta cache sem que o utilizador dê conta disso.

Podem ser ficheiros que as aplicações abertas criam para poderem funcionar ou que cada site que visita grava nesta memória para auxiliar o seu funcionamento e a sua navegação.

Estes ficheiros são todos armazenados na cache e, apesar de alguns serem temporários, o que quer dizer que se apagam automaticamente quando fecha os sites ou aplicações que os criou, muitos ficam para sempre gravados nesta memória se não os apagar intencionalmente. O resultado é que a cache vai ocupando cada vez mais espaço à medida que vai utilizando o seu iPhone.

Muitos destes ficheiros podem ser úteis já que contêm dados ou outras informações que podem agilizar os futuros acessos do utilizador a estas aplicações e facilitar alguns processos utilizados frequentemente, poupando igualmente tempo ao hardware. Isso é fácil de perceber sempre que entramos num site pela primeira vez e percebemos que ele demora um pouco mais de tempo a carregar do que da segunda, especialmente se tiver muitas imagens.

A outra vantagem é que estes ficheiros podem guardar as suas preferências de visita e os seus logins, automatizando as novas entradas. Mas esta vantagem traz contrariedades e a primeira é sem dúvida o ocupar muito espaço nesta memória, de tal forma que esta ocupação poderá tornar mais lento todo o funcionamento do telemóvel.

Uma limpeza regular da cache permite “refrescar” o seu armazenamento e até pode ter vantagens porque limpa muitos dos seus dados de utilização oferecendo-lhe uma nova visão, sem ser pré-condicionada, dos sites que costuma visitar.

Por exemplo, esta vantagem é notória nos sites de reservas de hotéis ou voos que podem condicionar as ofertas face às procuras que fez anteriormente para as mesmas datas uma vez que já conhecem as suas preferências e necessidades.

Como limpar a cache do iPhone?


limpar cache iphone

O seu iPhone vai conter diferentes tipos de cache, provenientes de várias aplicações ou dos browsers de navegação que utiliza. Isso quer dizer que, mesmo que faça uma limpeza geral à cache, ainda terá de utilizar outros métodos para fazer uma limpeza mais profunda. Aconselhamo-lo executar os seguintes passos:

Passo 1: faça restart ao seu iPhone

Se é dos que nunca desliga o seu dispositivo, saiba que ao fazê-lo o sistema limpa automaticamente muitos dos ficheiros que estavam na cache do seu iPhone.

Este passo não vai limpar dados específicos de algumas aplicações ou dos browsers, mas limpa muitos dos ficheiros temporários criados pelo sistema operativo e que se vão acumulando com a sua utilização se nunca desligar o telemóvel.

Passo 2: limpeza da cache das aplicações

Aceda ao menu das “Configurações” (Settings), escolha “Geral” (General) e “Armazenamento do iPhone” (iPhone Storage). Aqui vai conseguir saber qual o espaço que cada aplicação ocupa no seu telemóvel.

Toque nas que lhe parecem ocupar muito e procure por “Documentos e Dados” (Documents & Data). Se estiver a utilizar mais de 500MB vale a pena fazer limpeza e pode fazê-lo apagando totalmente as que não lhe interessam, mas se quer manter alguma das que ocupam muito espaço procure nessa aplicação se existem nas suas configurações opções para a limpeza da cache.

É provável que algumas não sejam claras neste aspecto e se isso acontecer a melhor opção é apagá-las e fazer de novo a sua instalação. Será como começar do zero, com a cache desta aplicação totalmente limpa e muitas vezes consegue ver a diferença no espaço que ocupava antes e depois da reinstalação.

Mas tenha em atenção que, ao apagar alguma app que quer continuar a utilizar vai também apagar os ficheiros que ela criou e que pode precisar. Se seguir os passos normais para apagar uma aplicação, o seu iPhone vai perguntar-lhe se quer manter os documentos e os dados da aplicação. Se disser que sim ele vai manter esses dados, mas também a sua cache.

Por isso avalie bem cada aplicação e perceba se tudo o que lhe interessa nessa aplicação que vai apagar, vai reaparecer com a sua reinstalação. Se correr o risco de perder coisas importantes talvez não compense trocar isso pela limpeza da cache dessa app no iPhone.

Passo 3: limpar a cache do browser

Vamos utilizar o Safari como exemplo, uma vez que é o browser mais comum utilizado pelos iPhones para navegar na net. A cache do Safari pode conter desde páginas de web inteiras, previamente carregadas, a cookies, imagens ou outros ficheiros mais pesados.

Aceda às “Configurações” (Settings ), toque “Limpar Histórico e Dados de Websites” (Clear History and Website Data) e clique no “Limpar Histórico e Dados” (Clear History and Data).

Se quiser limpar a cache de apenas alguns dos sites também pode fazer uma limpeza individual e não automática, mantendo os sites que lhe interessa serem carregados mais rapidamente. Para isso clique em “Avançado” (Advanced), depois em “Dados da web” (Web Data) e por fim em “Editar” (Edit).

Passo 4: limpar a cache da App Store

Todos os dispositivos que correm o iOS trazem por defeito a App Store carregada o que também influencia a utilização do seu iPhone. Para fazer a limpeza da sua cache toque em App Store e no linha de fundo do ecrã da aplicação toque dez vezes sobre qualquer um dos botões que aí aparecem.

A App Store vai reiniciar automaticamente e isso quer dizer que a sua cache ficou limpa.

Passo 5: utilizar um software de limpeza

Pode comprar um software de limpeza para o seu desktop e utiliza-lo para limpar o seu iPhone. Existem algumas aplicações pagas que permitem esta função, como a PhoneClean que é utilizado para limpar o iOS. Para isso basta ligar o seu iPhone a um Mac através de um cabo USB e permitir que o software detecte e limpe o seu dispositivo móvel.

Veja também:

Assunção Duarte Assunção Duarte

Assunção Duarte é designer e jornalista freelancer e está atualmente a fazer o doutoramento em Medias Digitais na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Com interesses que tocam várias áreas no mundo digital, o destaque vai para as tecnologias multimédia e a sua influência na criação de uma inteligência coletiva e socialmente participativa.