Publicidade:

A importância do Linkedin na procura de employers e employees

O Linkedin é uma ferramenta cada vez mais importante para fazer o match entre quem procura emprego e quem o tem para oferecer.

A importância do Linkedin na procura de employers e employees
A rede profissional conta com cerca de 500 milhões de utilizadores em todo o mundo

Hoje em dia uma procura de emprego eficaz passa obrigatoriamente por uma forte aposta na otimização das redes profissionais, mas não só! Estas redes são cada vez mais utilizadas pelos empregadores que procuram os candidatos ideais para as suas empresas. De entre todas as redes profissionais, o Linkedin destaca-se pelo número de utilizadores que tem em todo o mundo.

De acordo com Richard N. Bolles, autor americano dos livros “What Colour is Your Parachute?”, quinhentos milhões de pessoas utilizam o Linkedin como rede profissional, sendo que desses, cento e trinta e três milhões são empregadores dos Estados Unidos da América que procuram perfis específicos no mercado de trabalho (Prospective Employees).

Vantagens do Linkedin para candidatos e colaboradores


linkedin employers e employees

Para quem procura emprego, as ferramentas de empregabilidade são sem dúvida alguma, a principal chave de entrada nas empresas. Numa realidade em que as competências digitais são tão valorizadas, as redes profissionais são um dos seus pontos fortes. O Linkedin é portanto, uma importante ferramenta para fazer o match entre quem procura emprego e quem o tem para oferecer.

Assim, a utilização do Linkedin, seja por parte de empregadores, seja por parte de quem procura emprego traz muitas vantagens. Fica a conhecer as principais!

Do ponto de vista dos empregadores, o Linkedin é uma ferramenta que permite recrutar de uma forma ágil, rápida e a baixo custo. Possibilita preencher a vaga de emprego sem o recurso a anúncios reduzindo os custos que lhe estão associados, inclusive de tempo despendido pelos recursos humanos na análise das candidaturas. Não admira que seja cada vez mais utilizado pelos empregadores!

Do ponto de vista do candidato, o Linkedin permite criar um perfil que beneficie a procura de emprego no qual o candidato pode escrever sobre si, sobre as suas competências e sobre a sua história profissional. Pode escrever sobre a sua motivação para trabalhar numa determinada área profissional e sobre o(s) caminho(s) que decidiu seguir a certa altura da sua vida. Desta forma, o candidato dá-se a conhecer aos empregadores e mostra a sua motivação para uma determinada área.

Se está à procura de emprego… é muito provável que os empregadores acedam ao seu perfil através do Linkedin. Alertamos, então, para uma utilização profissional das redes sociais quando está à procura de emprego. Não refira festas, férias, encontros, etc, na rede profissional.

Através do Linkedin recebe, diariamente, notificações de anúncios disponíveis na área profissional que prefere, pelo que é dos primeiros a conhecer as vagas que podem interessar. Já está em vantagem relativamente aos candidatos que não utilizam esta rede!

11 dicas para melhorar a página de perfil do Linkedin


Torne a sua página do Linkedin o mais apelativa possível. Fique a conhecer aqui algumas dicas:

  1. A foto é praticamente obrigatória para determinadas funções, tal como no currículo. Não se esqueça que esta foto deve ser o mais profissional possível. Richard N. Bolles refere no seu livro que “o facto de teres fotografia no teu perfil, aumenta a visualização em 11 vezes por parte dos empregadores”.
  2. Nos campos Título e Cargo Atual deve referir qual é a área de atuação no mercado de trabalho ou qual é a área de especialização. Este campo é muito importante, pois é através dele que os empregadores o vão encontrar. Deve ter em atenção se insere as palavras específicas que os empregadores procuram quando estão a contratar na sua área. Isso irá melhorar a sua presença online e consequentemente fará com que seja encontrado mais facilmente pelo empregador. Deve referir sempre qual o cargo mais recente. Esta informação vai transmitir o que faz atualmente.
  3. No campo Resumo pode demonstrar a sua vantagem competitiva face a outros candidatos na mesma área profissional. Este é o campo onde deve referir o que faz muito bem e o que o torna melhor do que outros candidatos. Equacione inserir neste campo o resumo de qualificações, projetos que desenvolveu e experiências que mostram o seu percurso profissional.
  4. No campo das Informações de Contacto, é suposto inserir os dados de e-mail, telefone, residência, etc. Tenha em atenção que este campo é opcional, pelo que se pretender, pode apenas inserir um dos contactos e não todos.
  5. Neste campo Experiência de Trabalho não se limite a referir apenas as experiências profissionais passadas, mas conte uma história. O Linkedin permite que o faça. Deve referir quais foram as suas principais conquistas, orgulhos e como o conseguiu.
  6. No campo Formação Académica deve inserir as suas habilitações académicas e as principais áreas de estudo. É sempre importante detalhar as áreas de estudo, já que essa informação vai facilitar a análise do seu perfil. Não se esqueça de inserir a informação apresentando sempre em primeiro lugar o grau conferido mais recentemente.
  7. No campo Competências deve listar todas as suas competências pessoais e técnicas. Insira também palavras que entenda serem relevantes para ser encontrado pelos empregadores. Se tiver dúvidas sobre quais as palavras a utilizar, procure noutros perfis idênticos aos seus e escolha aquelas com as quais se identificar;
  8. Não se esqueça de inserires informação no campo Hobbies e Interesses. Aqui, refira todos os interesses que tem para além da sua vida profissional. O objetivo deste campo é dar a conhecer o “outro lado”. Deve mencionar também Associações em que participou, voluntariado, formação complementar, etc.
  9. Adiciona links para websites, blogs, outras redes desde que sejam relacionadas com a sua área profissional.
  10. Pode também juntar-se a grupos da sua área de interesse. Utiliza esta rede para partilhar regularmente a sua opinião e projetos nestes grupos. Sabia que se o Linkedin perceber que não está a ser ativo nestes grupos pode removê-lo sem aviso prévio?
  11. Utilize o Linkedin para mostrar projetos dos quais se orgulhe, fotografias de atividades profissionais, relatórios, projetos de cursos, teses de mestrado/doutoramento, etc.

Se seguir estes passos vai, com certeza, melhorar a sua presença online e chamar a atenção de mais empregadores que procuram a pessoa certa. É assim que surgem as oportunidades! Boa Sorte!

Veja também:

Cidade das Profissões Cidade das Profissões

A Cidade das Profissões é um serviço, promovido pela Câmara Municipal do Porto, que tem como missão promover a empregabilidade e o empreendedorismo das pessoas, apoiando-as na gestão dos novos desafios e transições profissionais e ajudando-as a descobrir o seu potencial profissional e a definir novas estratégias de abordagem ao atual mercado de trabalho.

Saiba tudo sobre emprego