Publicidade:

24 locais a visitar na Europa no outono que não pode perder

Se procura locais a visitar na Europa no outono, chegou ao sítio certo. Temos 24 ótimas sugestões de cidades incríveis para as próximas viagens.

24 locais a visitar na Europa no outono que não pode perder
Os encantos do velho continente

A transição entre estações é sinónima de mudanças e recomeços. E esta é mesmo uma época especial. Por isso, temos 24 locais a visitar na Europa no outono para lhe sugerir, que vão dar vontade de fazer a mala já hoje e partir à aventura. Daqui a nada, chega o feriado de 1 de novembro que irá permitir fazer um fim de semana prolongado, o momento perfeito para uma escapadinha retemperadora.

24 locais a visitar na Europa no outono


Tal foi a dificuldade em eleger os melhores destinos, que optamos por partilhar consigo 24 locais a visitar na Europa no outono e todos por ordem alfabética, para não influenciar a sua decisão e dar a todos o mesmo destaque.

1. Barcelona, Espanha

barcelona

Barcelona abre esta lista de locais a visitar na Europa no outono. O fascínio prende-se com vários motivos: praia, arquitetura, cultura, gastronomia e vida noturna animada, permitindo, assim, que possa ter várias experiências numa única viagem. Esta cidade está repleta de história, exibindo orgulhosamente a sua identidade cultural, entre as quais se contam inúmeras tentativas de independência. De tal forma que não se deve surpreender quando ouvir os habitantes locais a falar em catalão enquanto caminha pelas estreitas vielas de Barri Gòtic, o maior bairro gótico da Europa e o coração de Barcelona.

2. Berlim, Alemanha

berlim

Berlim é o local ideal para aproveitar o outono, pois a folhagem caída domina o cenário da cidade, que convida a passeios pitorescos ao redor do Jardim Zoologischer e que vai agradar a todas as pessoas, dado que possui uma grande e variada oferta turística. Após a queda do Muro de Berlim, a cidade renasceu e tornou-se numa cidade moderna, que vibra de estilos, cultura e histórias diferentes e imperdíveis.

3. Bilbao, Espanha

bilbao

Fonte: Max Pixel

Bilbao é uma das cidades mais turísticas de Espanha, tendo no Museu Guggenheim, no Casco Viejo, na Ría del Nervión, no Ensanche, no Mirador Artxanda e, claro, nos pintxos imperdíveis os pontos chave de por que deve visitar esta cidade no outono. À primeira vista, a maior cidade portuária da Espanha parece ter pouco a oferecer, mas a realidade é bem diferente, que vibra com opções de arquitetura, arte e cultura como poucos locais têm para oferecer.

4. Bruges, Bélgica

Bruges

Fonte: Visual Hunt / Dan Guimberteau

Apesar de pequena, a charmosa cidade de Bruges, na Bélgica, é gigante em pormenores e cenários encantadores, que farão qualquer pessoa se sentir como se sempre ali tivesse pertencido. Prepare é a máquina fotográfica, pois terá tantos locais bonitos para fotografar e guardar para sempre. Parece uma pequena vila retirada de um conto de fadas, como se a qualquer instante a Bela (de “A Bela e o Monstro”) fosse aparecer a cantar de uma qualquer esquina.

5. Budapeste, Hungria

budapeste

Fonte: Max Pixel

Outono é tempo de colheita na Hungria, à semelhança do que acontece em tantas cidades europeias. Em outubro, aproveite para visitar o Chimney Cake Festival, que que é uma das melhores e mais rápidas e tradicionais de experimentar a comida e a bebida locais. A Ilha de Margaret e o Parque da Cidade são outros locais a visitar e onde pode ver as cores mais típicas do outono.

6. Cinque Terre, Itália

cinque terre

Fonte: Max Pixel

Cinque Terre na fabulosa Riviera Italiana é um cenário de sonho especialmente para o romance, com um pôr-do-sol incrível, costas rochosas, muita “pasta” deliciosa e muito e bom vinho. É uma das áreas naturais mais bem preservadas do Mediterrâneo, onde desenvolvimento excessivo foi limitada, permitindo, assim, dotar a região de uma naturalidade muito própria.

7. Dresden, Alemanha

dresden

Dresden não é uma das cidades óbvias, mas é uma surpresa agradável. Em termos de tamanho não é muito grande, mas assim fica com mais tempo para descobrir com calma e desfrutar de toda a arquitetura barroca, que foi restaurada após os extensos estragos da guerra e que faz com que esta cidade seja um rival à altura de outras cidades mais típicas da Europa.

8. Dubrovnik, Croácia

Dubrovnik

A Croácia é uma presença quase garantida em qualquer lista de locais incríveis e acessíveis e não podia faltar na lista de 25 locais a visitar na Europa no outono. É uma cidade que está rodeada de maciças paredes de pedra, o que lhe confere um aspeto medieval e que fazem desta pérola adriática um local difícil de resistir, com um encanto de velho mundo, de outros tempos, com ruas pavimentadas de calcário, dando uma sensação de contacto com a natureza, principalmente durante os dias quentes de verão.

9. Edimburgo, Escócia

edimburgo

Fonte: Max Pixel

Locais a visitar na Europa no outono, super idílicos? A Escócia. Após a agitada temporada de festivais de verão, Edimburgo começa a relaxar e a abrandar o ritmo. Esta cidade é perfeita para se deixar invadir por aquela sensação outonal num passeio através de Princes Street Gardens e do Holyrood Park. Além disso, há também o International Storytelling Festival, em outubro e uma grande exibição de fogos de artifício para a Bonfire Night, fogueiras acesas em pontos estratégicos da cidade, em novembro.

10. Estocolmo, Suécia

estocolmo

Fonte: Max Pixel

Graças à sua característica de cidade velha, calendário de eventos muito preenchido e preços bastante acessíveis, Estocolmo é uma cidade a ter em conta para a sua própria viagem. Mas, apesar do núcleo histórico bem preservado, Estocolmo não é uma peça de museu: é moderna, dinâmica e está sempre em constante mutação. E só quando a visitar vai perceber por que motivo os locais a chamam de “beleza na água”.

11. Florença, Itália

florença

Fonte: Max Pixel

Florença é verdadeiramente uma cidade onde explorar as belas atrações internas, um dos melhores locais a visitar na Europa no outono. O centro histórico de Florença contém tantas obras-primas que é isso que melhor ajuda a perder a magia de Florença. Foi declarada Património Mundial pela UNESCO, em 1982, o que demonstra bem o quão especial esta zona é.

12. Ilhas Gregas, Grécia

ilhas gregas

Fonte: Max Pixel

Praia, sol, águas cristalinas e romance: tudo isto conseguirá nas ilhas gregas, que têm um apelo especial para tudo o que implica descansar e aproveitar o que de melhor a vida tem. Qualquer uma das 227 ilhas é perfeita para apreciar o pôr do sol impressionante ou desfrutar de um bom vinho e jantar em comida local de exceção. Santorini, com suas casas baixas caiadas de branco, apoiadas por igrejas de cúpula azul que se estendem até a borda de uma antiga cratera vulcânica, é a melhor opção para muitos casais.

13. Landmannalaugar, Islândia

Landmannalaugar

A paisagem surpreendente de Landmannalaugar e das montanhas pintadas em vários tons de laranja, castanho, azul e verde, são um dos pontos mais marcantes deste local na Islândia. Quem visita, seja para fazer caminhadas ou simplesmente para relaxar, encontra um destino de férias diferente de tudo o que conhece e onde pode desfrutar das fontes termais naturais, com uma mistura perfeita entre água escaldante que sai debaixo da lava para encontrar um fluxo de água fria, criando as condições perfeitas para uma imersão.

14. Kotor, Montenegro

kotor

Com a incrível Croácia mesmo ao lado, Montenegro ainda não é visto como um dos destinos de férias para apetecidos, mas esse cenário está a mudar. A antiga cidade de Kotor já atrai muitos visitantes, pelas suas muralhas medievais, e por ser um ponto de paragem de muitos navios de cruzeiro na região.

15. Lisboa, Portugal

lisboa

Fonte: Max Pixel

Lisboa é a capital vibrante e energética de Portugal e um fim de semana prolongado é o tempo ideal para descobrir a cidade, todas as principais atrações turísticas históricas e icónicas, a animada vida noturna e as praias que estão apenas a uma curta viagem de comboio – caso o tempo permita. Aproveite também para explorar os bairros típicos, dar um passeio de elétrico até ao Castelo e deslumbrar-se com algumas das vistas mais bonitas sobre a cidade; passear por Belém, cujos destaques incluem a Torre Belém, o Mosteiro dos Jerónimos e o Monumento ao Descobrimentos e os famosos pastéis de Belém.

16. Liubliana, Eslovénia

Liubliana

Se é fã de cidades com canais, cafés descontraídos e pormenores extravagantes, então, Liubliana é o local a visitar. Para muitos é já a capital mais bonita da Europa, revelando-se, assim, como a fuga ideal de outono, com muitas e boas opções gastronómicas, ótimos mercados de rua e uma vibração que apenas se percebe quando se visita.

17. Lugano, Suíça

Lugano

Fonte: Max Pixel

Esta cidade pouco conhecida é uma profusão de sabores e cores, que possibilita celebrar cada momento como se fosse mesmo muito especial. Nesta época, é imperdível visitar o mercado de outono, que vende produtos alimentares locais e artesanato, bem como muita animação musical oferecida por várias bandas folclóricas, o que permite conhecer a fundo a cultura local.

18. Mont Saint Michel, França

Mont Saint Michel

À semelhança do que acontece com outras cidades francesas, esta é bastante romântica, mas ainda mais tranquila, em qualquer época do ano. Existe no local uma antiga prisão que foi convertida em ponto cultural e que ajuda a perceber melhor a história deste local na Normandia.

19. Paris, França

paris

Fonte: Max Pixel

Paris respira amor e luz e é o local que todos os casais devem visitar, pelo menos, uma vez na vida. Nada bate a conforto interior que sentirá quando visitar as ruas charmosas, quando se deliciar com uma culinária requintada, elegante e prazerosa e quando aproveitar todas as incríveis vistas e locais altamente “instagramáveis”.

20. Praga, República Checa

praga

Fonte: Max Pixel

Já desde a Idade Média que Praga é considerada uma das cidades mais bonitas do mundo e que muitas pessoas tem encantado ao longo da história. Não é, por isso, de estranhar que sejam muitas as descrições históricas que tentam, rapidamente, explicar a sua beleza, como “cidade de ouro”, “cidade das cem torres” ou “a coroa do mundo”.

21. Pula, Croácia

pula

Sem dúvida que Zagreb é uma bela cidade e um excelente exemplo dos locais a visitar no outono. Mas Pula é um segredo por revelar. É uma cidade rica em história, especialmente com o seu anfiteatro romano, um dos mais bem preservados da Europa, bem como um destino perfeito para quem gosta de umas férias relaxantes, onde ainda pode aproveitar um pouco de sol e observar o mar.

22. Salzburgo, Áustria

salzburgo

Fonte: Max Pixel

Foi em Salzburgo que Mozart morou há mais de 250 anos, por isso, não se surpreenda pelas influências do músico que por lá encontrará. Mas é muito mais do isso. É uma cidade que parece parada no tempo, mas com uma magia que não se explica, principalmente quando estiver ao lado do rio Salzach, que flui rapidamente, e perceberá como o seu olhar é atraído para graciosas cúpulas e pináculos da formidável fortaleza no se localiza no topo de um penhasco.

23. Terras Altas, Escócia

terras altas

Fonte: Max Pixel

As terras altas escocesas são atrativas em qualquer altura do ano, mas o outono sem dúvida que lhes dá um encanto especial. Esta região é a prova viva de que a Escócia tem, indiscutivelmente, algumas das mais belas paisagens do Reino Unido e talvez mesmo do mundo. Por isso, visitar as Terras Altas é como se entrássemos num cenário de filme místico e fizéssemos parte do enredo.

24. Varsóvia, Polónia

Varsóvia

A Polónia é definitivamente um dos mais acessíveis e imperdíveis locais a visitar na Europa no outono, nomeadamente a capital do país, Varsóvia. É uma cidade conhecida pelas diversas lojas de rua tradicionais e uma animada vida noturna, ao que se alia uma história rica e espelhada em cada castelo e praça medieval.

Veja também: