Lojas típicas das Aldeias do Xisto: uma celebração cultural

As lojas típicas das Aldeias do Xisto são o espelho de um projecto que tem como base a sua identidade cultural. Visite-as para melhor conhecer o  território.

Lojas típicas das Aldeias do Xisto: uma celebração cultural
Saiba o que pode encontrar nas Lojas das Aldeias do Xisto

As Aldeias do Xisto representam um projecto que celebra o sentimento de pertença e promove a identidade cultural tão singular deste território na Região Centro de Portugal. Entre as várias causas sociais, ambientais e económicas abraçadas pelos diferentes parceiros, encontra-se a promoção do saber-fazer artesanal, reconhecida na criação de uma Rede de Lojas onde produtos genuínos e de qualidade seleccionada estão disponíveis para venda. Para uma experiência mais verdadeira quando neste território, visite uma das lojas típicas Aldeias do Xisto, no campo ou na cidade, e aprecie, sem pressa, os sabores e saberes que transpiram das prateleiras.

As lojas típicas Aldeias do Xisto

lojas típicas Aldeias do Xisto

Situadas em ambientes rurais e também citadinos, nas Lojas Aldeias do Xisto vendem-se artigos feitos à mão por artesãos tradicionais e artistas contemporâneos que criam com as gentes e a cultura do centro do país no coração. São lojas onde se celebra a gastronomia local, com o queijo, o vinho, as ervas aromáticas, as infusões e a doçaria regional disponíveis para degustação.

Mas não só: chapéus, bijutaria e obras de arte decorativa são outros itens que poderá encontrar nestes espaços que revivem a ideia da antiga mercearia de aldeia. Muitas vezes situadas no coração das Aldeias, as lojas típicas são um excelente ponto de partida para explorar a região.

Loja do Candal, Lousã

lojas típicas Aldeias do Xisto Fonte: ADXTUR-Bruno Ramos

A Loja do Candal, aninhada na Serra da Lousã, é um espaço gerido por artesãos locais onde poderá confortar o estômago com enchidos e mel e levar para casa peças únicas de artesanato tradicional ou contemporâneo. Situada na Aldeia do Xisto do Candal, várias vezes considerada a mais desenvolvida das aldeias serranas e uma das mais visitadas, a loja oferece um vasto programa de actividades, das quais se destacam os passeios com histórias, os contos da aldeia e os workshops de construção de miniaturas de casas de xisto. Poderá, ainda, quando neste espaço acolhedor, aprender a confeccionar pão e a dança e cantar como as gentes da serra ou, simplesmente, recuperar energias na esplanada soalheira.

Onde ficar?

A menos de 200 metros da Loja do Candal, a Casa Cimeira é um espaço recentemente remodelado cuja decoração o vai fazer sentir-se imediato em casa. Com uma das melhores vistas da Aldeia, é o sítio ideal para mergulhar no verde da Serra da Lousã e na identidade cultural da belíssima Aldeia do Candal.

Preço por noite (casa inteira, 2 hóspedes, pequeno-almoço incluído): 65€ Ver alojamento em bookinxisto.com/pt >>

Loja Aldeias do Xisto de Aldeia das Dez

lojas típicas Aldeias do Xisto Fonte: ADXTUR-Foge Comigo

Localizada num edifício do século XVII conhecido como Casa do S, na Aldeia das Dez, esta loja típica é um ponto a não perder se está à procura de informação sobre o território ou de produtos locais de excelência. Familiarize-se com os valores ambientais, sociais, emocionais e simbólicos que aí se celebram e explore a Aldeia que, construída predominantemente em granito e sobranceira ao rio Alvôco, detém um património impressionante e uma vista privilegiada para as serras envolventes.

Onde ficar?

A escassos passos da loja, poderá encontrar um edifício que, no passado, foi usado para armazenar cereais e que é agora um hotel em harmonia com o ambiente rural. Com piscina para os dias de Estio e lareira para os serões de Inverno, o Hotel Rural Quinta da Geia é o lugar ideal para conhecer, sem pressa, a Aldeia das Dez.

Preço por noite (quarto standard duplo, 2 hóspedes, pequeno-almoço incluído): 79€ Ver alojamento em bookinxisto.com/pt >>

Mais Lojas Aldeias do Xisto a visitar

 

Veja também:

 

Isadora Freitas Isadora Freitas

Isadora Freitas é licenciada em Jornalismo e tirou o Mestrado Europeu em Direitos Humanos. Encontra-se atualmente no Camboja, onde ensina Português a guias turísticos e procura explorar esse canto do Mundo. Gosta de ler, escrever, fazer teatro e é apaixonada por rádio e fotografia. É apreciadora de pequenas coisas e gosta de contribuir para as grandes