Publicidade:

Tem medo de mudar de emprego? Veja prós e contras

Mudar é sempre uma decisão difícil, sobretudo quando o futuro é desconhecido. Observe prós e contras e ultrapasse o medo de mudar de emprego.

Tem medo de mudar de emprego? Veja prós e contras
Conselhos para ponderar decisões importantes

Está a precisar de uma mudança na sua vida profissional? Tem medo de mudar de emprego e perder a segurança que vai tendo? Está preso num trabalho sem futuro, mas teme o desemprego? Mudar a vida nunca é, de facto, uma decisão fácil.

Pode estar com vontade de abraçar novos desafios, mudar algum aspeto da sua carreira, querer aprender mais…. É normal querer encarar uma possível mudança de emprego e deve sempre pensar no assunto dando-lhe a devida importância – afinal, este é mesmo um passo bem decisivo.

Sente que, apesar da vontade, há alguma resistência? Mais uma vez, garantimos que é comum, não fosse o Homem uma criatura de hábitos. Todos temos tendência a acomodarmo-nos, certo? Contudo, se quer encarar a mudança, não tema o desafio e repare nos benefícios que pode ter. O segredo é colocar tudo na balança: prós e contras.

Por que não fazer uma lista de vantagens e desvantagens da mudança? É o primeiro passo para uma decisão bem ponderada e argumentada. Veja como fazer aqui.

Medo de mudar de emprego: vantagens e desvantagem na balança


ALT mudar de emprego

Prós

  • Desafio pessoal, sentimento de realização profissional;
  • Novos desafios profissionais, que o levam a sentir mais estimulado criativamente;
  • Caso se aplique: melhor salário, melhores horários, mais e melhores benefícios;
  • Caso se aplique: mudar para uma área profissional diferente, mais do seu agrado que a anterior.

Contras

  • Ter de recomeçar num sítio novo, onde não é conhecido;
  • Enfrentar um futuro desconhecido;
  • Perder os benefícios e reputação já atingidos no emprego anterior;
  • A experiência pode correr mal e ver-se desmotivado e, até, em último caso, acabar desempregado.

Estes prós e contras são ideias e possibilidades bastante gerais que pode e deve rever de acordo com a sua situação. Faça a sua própria lista e coloque tudo na balança para ponderar qual das decisões pode ser vista como adequada ao momento: ficar no trabalho atual, ou mudar em desemprego. A decisão de ultrapassar o medo de mudar de emprego tem de ser pessoal.

Pense bem nos seus objetivos profissionais: fazer esta mudança vai ajudar a atingi-los? É um passo na direção certa? É mais um degrau a caminho do que realmente quer? A sensação de medo parte de questões práticas ou não?

Ao mesmo tempo, pense nas consequências mais realistas – como, por exemplo, a parte financeira. Uma mudança de emprego pode dar origem a um maior salário? Quer ter mais responsabilidade? Ou, se vai começar de novo, pondere que pode ter de receber menos dinheiro do que antes. Pode arcar com isso? Considere, também, o tempo de deslocações e o tempo que lhe sobra para a sua vida pessoal. São todos fatores importantes.

Veja também:

Júlia Rocha Júlia Rocha

Licenciada em Ciências da Comunicação pela Universidade do Porto, sempre se deu bem com os livros, teclados de computador e canetas. A importância da palavra escrita num mundo tecnológico, aliada à história, ao cinema, literatura e televisão, são os seus maiores campos de interesse.