Publicidade:

Os 10 melhores Bugatti de sempre

Quando se fala em automóveis só uma está focada em fazer o extraordinário: a Bugatti. Conheça, então, os melhores Bugatti de sempre.

Os 10 melhores Bugatti de sempre
A raridade classifica os melhores Bugatti de sempre

Instale-se comodamente e assista ao desfile dos melhores Bugatti de sempre. Antes de arrancarmos nesta viagem pela história da Bugatti, interessa dizer que esta é uma marca que nasceu no seio de uma família, com raízes italianas, de artistas e visionários que projetaram o nome Bugatti através dos tempos.

A Bugatti Automobilies S.A.S. foi fundada em 1909 pelo visionário Ettore Arco Isidoro Bugatti e surgiu em resposta à luxuosa Rolls-Royce. Detida pelo Grupo Volkswagen desde 1998, conheceu bons e maus momentos ao longo dos pujantes 109 anos.

Estatuto. Beleza. Luxo. Qualidade. Raridade. São palavras que, efetivamente, podem definir o “mundo” Bugatti mas, não podemos esquecer que Carlo (renomado designer de móveis), Rembrandt (escultor conhecido pelas esculturas em bronze), Ettore (engenheiro e impulsionador da marca automóvel) e Jean (estilista que transformou a Bugatti num dos nomes mais marcantes do mundo automóvel), manifestaram o talento que só os grandes homens detêm.

Com sede em Molsheim, França, a marca carateriza-se pelo arrojo, quer no que diz respeito à utilização de tecnologia, quer no design, com automóveis a parecerem obras de arte. Forma e técnica, qualidade e precisão, elegância e estilo, excelência e perfeição, andam de mãos dadas desde o nascimento da Bugatti.

A viagem que lhe propomos é ao top 10 dos melhores Bugatti de sempre, até sair o próximo.

Melhores Bugatti de sempre: top 10


10.  Type 35

1924. O Type 35 foi a primeira obra-prima de Ettore Bugatti e não podia faltar na lista dos melhores Bugatti de sempre. Venceu mais de 18 mil corridas, o que lhe confere um estatuto especial. Carateriza-se pela grelha frontal encimada pela assinatura EB em fundo vermelho. À época foi revolucionário por integrar materiais leves como o alumínio nas jantes. Estreou-se no Grande Prémio de Lyon, França.

 

9. Type 41

Conhecido por Royale, o Bugatti Type 41 é um verdadeiro automóvel de luxo. Imponente na estrada este é o maior automóvel da marca. Destaca-se pela exclusividade e pelos impressionantes 4,3 metros de comprimento entre eixos, e só por isso merece figurar na lista dos melhores Bugatti de sempre.

 

8. Type 57 Ventoux

Em 1931 Ettore Bugatti entrega a orientação da fábrica ao filho Jean, que aos 22 anos, cria o elegante Type 57 Ventoux. Um clássico com linhas distintas e que constitui um êxito de vendas: 710 exemplares. A gama do Type 57 integrou as versões 57 S, com chassi curto e 57 SC, com compressor mecânico, debitando 230 cv.

 

7. Type 59

O Bugatti Type 59 Grand Prix de 1933, de que foram construídos escassos seis exemplares, integra também a lista dos melhores Bugatti de sempre numa expressa alusão ao papel da Bugatti na competição. Atualmente uma unidade deste fantástico desportivo integra a coleção de automóveis de Ralph Lauren. Uma raridade.

 

6. Type 57 SC Atalante

O Type 57 conheceu diversas variantes. A 57 SC Atalante é uma das mais bonitas carroçarias criadas por Jean Bugatti. Neste modelo nota-se uma evolução na qualidade do detalhe dos acabamentos, quer no exterior, quer no habitáculo.

 

5. Type 57 C Atalante

Facilmente identificável pela inconfundível “espinha dorsal” que percorre todo o automóvel, o Type 57 Atlantic, é considerado a obra de arte de Jean Bugatti. O modelo continua a marcar presença nos encontros de clássicos e, este ano, voltou a vencer o concurso “Motor Klassik Award” como o melhor carro das décadas de 1920 e 1930. Fundamental na lista dos melhores Bugatti de sempre.

 

 4. Type 101

O Bugatti Type 101 despontou com o papel de relançar a produção automóvel. Contrariando os tempos menos bons vividos durante a Segunda Guerra Mundial, surge após o falecimento de Ettore Bugatti e Jean Bugatti, os empreendedores da marca. Saiu da fábrica em Molsheim, na Alsácia, de 1951 a 1956.

 

3. Bugatti EB 110

1991. O EB 110, numa distintiva cor azul, foi concebido para assinalar os 110 anos do nascimento de Ettore Bugatti. Apresentado em simultâneo em Versailles e no Arco de La Defense, em Paris, o primeiro superdesportivo da Bugatti da era moderna, com motor central-traseiro debita 611 cv na versão EB 110 SS.

 

2. Bugatti Veyron EB 16.4

Adquirida pelo Grupo Volkswagen, em 1998, a Bugatti conhece nova aura de sucesso. Regressa à ribalta dos grandes construtores com o Bugatti Veyron EB 16.4, desenhado na Alemanha e construído na casa mãe em Molsheim. Entre 2005 e 2015 é declinado em versões que rubricam vários recordes de velocidade, com motores que apresentam potências desde os 1.014 cv aos 1.200 cv.

 

1. Bugatti Chiron Sport

O Chiron Sport é um supercarro de cortar a respiração. Apresentado no Salão Automóvel de Genebra de 2018, junta ao chassi um motor de 8 litros, 16 cilindros em W, 4 turbocompressores, tração integral e 1.500 cv de potência combinados com materiais leves, apuro dinâmico, agilidade, uma beleza singular e habitáculo de luxo. A velocidade máxima comprovada é de 420 km/h, atingíveis com uma segunda chave, num procedimento especial. Um automóvel de sonho.

 

Veja também:

Valdemar Jorge Valdemar Jorge

No seu ADN encontramos a paixão pelos automóveis enrolada no gosto por contar histórias. Profissionalmente conta com 34 anos de jornalismo, praticamente os mesmos que o hobby que escolheu – a fotografia. O seu lugar favorito, hoje, é na estrada, sentado ao volante de um carro que vai ser apresentado amanhã, a fazer um teste drive para escrever a crónica que o prezado leitor poderá ler esta noite.

Também lhe pode interessar: