Publicidade:

10 melhores Opel de sempre

A história desta marca de automóveis alemã está pautada por modelos icónicos. Descubra agora os melhores Opel de sempre.

10 melhores Opel de sempre
Saiba quais são

Apesar de ter sido criada em 1863, a Opel apenas criou o seu primeiro automóvel em 1899, e desde então fez alguns modelos de renome, que marcaram a indústria automóvel por várias razões. Apesar de ser difícil eleger os melhores Opel de sempre, e de se tratar de uma escolha com critérios subjetivos, decidimos arriscar e avançar com alguns modelos.

Adam Opel mudou para sempre a história do mundo automóvel em 1862, na cidade alemã de Rüsselsheim. Desde então, alguns dos melhores Opel de sempre têm feito parte da vida de milhões de pessoas em todo o mundo.

Estes são alguns dos veículos que marcaram o universo das quatro rodas e que ficarão para sempre na memória dos apaixonados pelas quatro rodas. Prepare-se para uma viagem ao volante de alguns dos modelos mais icónicos da marca alemã.

Melhores Opel de sempre: 10 modelos imperdíveis

Opel Corsa

É a coqueluche da marca alemã. Um autêntico sucesso de vendas em todo o mundo e que tem conquistado diversas gerações (já lá vão mais de 13 milhões de unidades em todo o mundo). Vem equipado com motores Euro 6 que debitam entre 70 cv e 150 cv e promete continuar a fazer as delícias dos fãs das quatro rodas.

 

Opel Kadett

É um dos melhores Opel de sempre e é o pai do recente Astra (que também faz parte desta lista). Era um carro bastante económico, com reparações baratas e de fácil condução. Foi um sucesso de vendas e, entre 1973 e 1979, foram produzidos cerca 1,7 milhões de unidades.

 

Opel Crossland X

Chegou em 2017 com dois níveis de equipamento: Edition e Innovation. Está disponível com três motores a gasolina e um bloco turbodiesel com dois níveis de potência. Bastante versátil e espaçoso, é tudo o que possa desejar de um SUV. Ainda assim, é um modelo extremamente compacto à conta dos seus 4,212 metros de comprimento, 1,765 metros de largura e 1,590 metros de altura.

 

Opel Astra

A história deste modelo que é, sem dúvida, um dos melhores Opel de sempre, remonta a 1936 (na altura, Kadett). Já lá vão 11 gerações e este é já um nome muito sonante e bastante icónico no mundo automóvel. Em 2015 foi completamente renovado e chegou mais leve, ágil e confortável do que nunca. O design mais atual tem marca portuguesa: Pedro Lazarino é o responsável pela nova imagem que tem conquistado todo o mundo.

 

Opel Adam

Um “citadino cheio de personalidade”. Opções não faltam para agradar a todo o tipo de condutores. O ADAM chega com uma gama alargada de motores eficientes: 1.0 ECOTEC injeção direta Turbo de 3 cilindros com 90 cv ou 115 cv. Com tecnologia ecoFLEX, este modelo reduz os consumos e emissões de CO2.

 

Opel Commodore

Este modelo icónico celebrou 50 anos em 2017. Foi produzido até 1982 e inspirou o surgimento do não menos incrível Insignia (falaremos deste modelo já de seguida). Foi a derivação do luxuoso Rekord e continua a ser um dos modelos favoritos dos fãs deste construtor de automóveis.

 

Opel Calibra

Em 1996, este modelo foi o campeão internacional de carros de turismo ao vencer três provas com o piloto Manuel Reuter. Com 650 cv, tração às quatro rodas e motor 2.5, o Calibra fez suspirar muitos amantes da alta velocidade.

 

Opel Insignia

O novo modelo é bastante elegante e, para muitos, inconfundível. O peso total reduziu em cerca de 175 kg e o comprimento total aumentou exatamente 55 milímetros. A nova versão é bastante espaçosa, principalmente para os passageiros dos lugares traseiros.

Em relação à segurança, chega com avisos de aproximação perigosa a outro veículo, transposição involuntária de faixa de rodagem, sistema de travagem automática com reconhecimento de peões e monitorização de trânsito na traseira. Este modelo tinha mesmo de fazer parte da nossa lista de melhores Opel de sempre.

 

Opel GT

Este modelo, lançado em 1968 com o slogan “Só voar é melhor”, chegou para ser a versão europeia barata do famoso Corvette. Tinha apenas 90 cv à conta do motor 1.9, mas chegava aos 185 km/h à conta da sua aerodinâmica.

 

Opel Eco-Speedster

Com um motor 1.3 diesel de 112 cv, deixou meio mundo boquiaberto à conta do seu rendimento: era capaz de chegar aos 250 km/h com um consumo médio de 2,5 litros aos 100 km.

 

Veja também: