Publicidade:

5 dos melhores países para trabalhar

Conheça alguns dos melhores países para trabalhar por razões várias como: salário, oportunidades de emprego e também pelas magníficas paisagens.

5 dos melhores países para trabalhar
Já se decidiu?

Se por opção ou necessidade procura sair do país para trabalhar, há realmente alguns que se destacam recorrentemente como os melhores países para trabalhar. Por isso, antes de embarcar, conheça alguns deles e só depois decida.

O que procura? Muitas e diversificadas oportunidades de emprego? Emprego numa área muito específica? Um bom salário? Um país com baixa taxa de desemprego? Boas escolas? Lindas paisagens para usufruir no tempo livre?

Independentemente das razões, conheça aqui 5 boas sugestões no que diz respeito a melhores países para trabalhar.

5 dos melhores países para trabalhar


1. Suíça

Genebra

Ora aqui está um excelente país para trabalhar. Conhecido pelas suas lindas paisagens, principalmente quando neva, este país pode ser uma excelente escolha, por exemplo, se procura algo ligado ao turismo. Mas há outros setores fortes como: a banca, os seguros, a química, os famosos relógios, o têxtil, áreas da saúde, etc.

O salário anual médio na Suíça ronda os 55 000€ e a média de horas de trabalho semanal é 31. Não soa muito mal, pois não?

No entanto, há algo que não deve esquecer que é o facto do custo de vida ser também elevado, razão pela qual terá de fazer as contas. Mas é realmente um país maravilhoso e com muitas oportunidades.

2. Islândia

Islândia

É um país pequeno, mas muito interessante a vários níveis. Tem mais de 130 vulcões, ativos e extintos, com uma média de uma erupção a cada 5 anos.

O salário anual médio na Islândia é de cerca de 43 000€ e, tal como na Suíça, não há salário mínimo, mas os salários mais baixos são bem superiores ao nosso salário mínimo. Trabalham-se, em média, 36h semanais.

A taxa de desemprego centra-se nos 3,6% e há oportunidades de trabalho em várias áreas. Os principais setores na Islândia são o turismo, a pesca, o alumínio e o setor geotérmico.

3. Dinamarca

Dinamarca

Aqui terá uma grande diversidade de escolha se gostar de ilhas. Falamos de um arquipélago com mais de 400 ilhas. Mas o mais importante é que este é considerado o país mais feliz do mundo, com destaque para o estilo de vida saudável, os rendimentos elevados, poder de escolha, apoio social e confiança. Boas razões para fazer parte dos melhores países para trabalhar. Verdade?

Tal como nas duas sugestões anteriores, não existe salário mínimo e o salário anual médio ronda os 42 000€, com uma média de 28 horas de trabalho semanal.

Destacam-se como principais setores: ferro, metal, química, alimentação, maquinaria, equipamentos de transportes, têxtil, construção, mobiliário, turbinas e farmácia. A Dinamarca gera ainda cerca de 25% da sua própria energia devido à força do vento e é um dos maiores exportadores de turbinas.

4. Singapura

Singapura

País ou cidade-nação? Parece não haver consenso, por isso, não vamos entrar na discussão, no entanto, este é um local bom para quem quer poupar. Os salários são bons e os impostos sobre o rendimento são baixos, portanto uma combinação bem simpática.

Singapura é muito procurada por emigrantes, uma vez que acolhe algumas das principais empresas internacionais. Além disso, estas são algumas características deste local: qualidade de vida, um sistema de saúde caro, mas bom, tal como um bom e exigente sistema educativo, a par de um clima quente. Condições que agradarão a muitas pessoas, certo?

Uma nota para referir que precisará de um visto para poder trabalhar em Singapura, um dos melhores países para trabalhar.

5. Emirados Árabes Unidos

Dubai

Se quer experimentar algo bem diferente culturalmente e ganhar muito dinheiro, talvez os Emirados devam ser a sua opção. Remunerações acima da média isentas de impostos e vários benefícios como alimentação, alojamento, telefone, viagens para o país de origem, carro, seguros de saúde e vida… Soa muito bem, sem dúvida!

Nos Emirados Árabes Unidos, a indústria hoteleira, os serviços de saúde e os vários ramos de engenharias são algumas das áreas com mais oferta no Dubai, por exemplo.

Veja também: