Publicidade:

Michelle Pfeiffer lança linha de fragrâncias sustentáveis

Michelle Pfeiffer lança linha de fragrâncias sem substâncias nocivas nem para o ambiente, nem para a pele. Conheça a coleção de perfumes Henry Rose.

Michelle Pfeiffer lança linha de fragrâncias sustentáveis
Actriz lança perfumes sem substâncias nocivas

Michelle Pfeiffer já nos habituou a grandes performances no grande ecrã e a estreias de sucesso, mas hoje vimos falar-lhe da sua nova e primeira linha de fragrâncias. Após ter estado uma década sem usar perfume, eis que a celebridade de Hollywood decide lançar uma linha de fragrâncias que tem como caraterística e propósito ser sustentável.

Fique a conhecer uma coleção sem substâncias nocivas quer para o ambiente, quer para a pele. Descubra 5 fragrâncias que, além de agradáveis, não colocam em risco nem a Natureza, nem a sua saúde e bem estar.

Michelle Pfeiffer lança linha de fragrâncias amigas do ambiente e da pele


linha de fragâncias

Após ter estado 10 longos anos sem usar qualquer perfume, devidos às toxinas que se podem encontrar neste tipo de produtos, a atriz Michelle Pfeiffer acaba de entrar no mercado das fragrâncias, com uma nova linha de perfumes.

A coleção será, apenas, vendida online e, para já, está a ser distribuída nos Estados Unidos da América. O nome da linha conjuga os segundos nomes próprios dos filhos da atriz Henry Rose (John Henry Kelley e Claudia Rose Pfeiffer).

A coleção engloba 5 fragrâncias unissexo distintas, que se destacam pela sua transparência e cuidado com o ambiente. Cada  uma das embalagens (em cartão reciclado) é acompanhada por um cartão que indica os ingredientes utilizados no perfume e vem selada num frasco feito com 90% de vidro reciclável e que tem uma tampa de soja.

Matéria prima sustentável

Estes produtos não contém quaisquer substâncias nocivas para a saúde, como parabenos, ftalatos e formaldeído. Prova disso mesmo é o facto desta linha de fragrâncias ter sido certificada pelo Environmental Working Group (EWG) e pelo Cradle to Cradle com nível ouro.

Esta linha nasceu de uma parceria com a International Flavors and Fragrances (IFF). Michelle Pfeiffer iniciou a pesquisa para a sua linha de perfumes e, de 3000 ingredientes, a atriz aprovou 300 para a produção das suas fragrâncias.

A nova marca é totalmente financiada pela atriz e sabe-se que já é uma das marcas mais caras e luxuosas do setor da perfumaria, a par de marcas como Viktor & Rolf, Gucci e Balenciaga.

Entre os 5 perfumes disponíveis estão: Last Light (fragrância mais suave); Torn (fragrância mais quente); Dark is Night (fragrância mais sensual); Fog (fragrância mais fresca); Jake’s House (mais sóbria).

Os fracos de perfume (50 ml) custam cerca de 150€, enquanto há amostras online à venda por aproximadamente 18€, com oferta de um crédito de 18€ para a compra da versão original.

Origem da ideia

O surgimento desta linha de perfumes terá raízes antigas. Em 2004, a atriz conheceu a Environmental Working Group (EWG), organização credível que avalia os componentes dos produtos, de acordo com os seus ingredientes e impactos na saúde e meio ambiente.

Foi nesse momento que a atriz ficou a perceber o que realmente havia nos perfumes e produtos de beleza que consumia, concluindo que a maioria das fragrâncias estavam mal avaliadas. Além disso, em muitos os casos, os componentes não eram especificados, porque não havia nenhuma obrigatoriedade para tal. Foi a partir deste momento que a atriz deixou de usar perfumes.

Veja também: