Publicidade:

9 grandes mitos sobre as baterias dos smartphones

Desde sempre ouvimos afirmações e opiniões que, no fundo, constituem mitos sobre as baterias dos smartphones, que pode agora ficar a conhecer.

9 grandes mitos sobre as baterias dos smartphones
Nem todas as "verdades" são absolutas

Vamos tirar a limpo alguns mitos sobre as baterias dos smartphones. Existem, sem dúvida, alguns cuidados que deve ter para salvaguardar, ao máximo, a bateria do seu telemóvel. Mas, por outro lado, existem algumas “meias-verdades” que pode considerar antes de as seguir à risca: os tais mitos que, muitas vezes, não correspondem totalmente à verdade.

Desvendamos 9 mitos sobre as baterias dos smartphones


mitos sbre a bateria do smartphone

1. “Não devo deixar o telemóvel a carregar durante a noite”

Os smartphones estão equipados com tecnologia extremamente avançada e que se alicerça, inclusive, em alguma inteligência artificial – indispensável a estes dispositivos nos dias de hoje.

É mito que não deve deixar o telemóvel a carregar durante a noite graças a essa mesma inteligência: uma vez carregado totalmente, o smartphone irá parar de carregar e de consumir energia, pelo que não ficará viciado se estiver ligado à corrente durante a noite inteira.

2. “Para poupar bateria, devo ter sempre a poupança ativada”

Um dos mitos sobre as baterias dos smartphones tem a ver com o modo de poupança que existe na sua maior parte.

A verdade é que, nos casos em que, efetivamente, tiver pouca bateria, essa poupança é útil, mas isso não significa que a deve ter sempre ligada – uma vez que, ao fazê-lo, está a limitar o desempenho do próprio telemóvel. A iluminação será reajustada, tal como o volume do som e a rapidez do dispositivo em si ficará comprometida.

3. “Não é perigoso carregar o meu telemóvel num espaço público”

Isso inclui restaurantes, bares ou aeroportos onde, muitas das vezes, são criados espaços próprios para carregar os telemóveis. O que pode não saber é que, ao ligar o seu telemóvel a uma tomada pública, está a fazer muito mais do que simplesmente carregá-lo: está a colocá-lo numa posição vulnerável, através da qual hackers podem transferir todas as informações pessoais e privadas que tiver guardadas no seu dispositivo. Nesses casos, utilize um powerbank, por exemplo, para voltar a ter bateria.

4. “Devo carregar o smartphone totalmente antes de o utilizar pela primeira vez…”

“… senão a autonomia da bateria pode ficar comprometida”. Um dos maiores mitos sobre baterias dos smartphones que perdura até aos dias de hoje e que, na verdade, é “vendido” pelas próprias marcas – que aconselham esse carregamento para, no fundo, causarem boa impressão junto do utilizador.

Mas, de facto, acredite que ele não é necessário e que, se existe bateria quando o liga pela primeira vez, então pode gastá-la antes de efetuar o primeiro carregamento.

5. “Só devo carregar o meu smartphone quando a bateria descarregar”

Mito. Não se esqueça que a maior parte das baterias utilizadas nesses modelos de telemóvel são de lítio e funcionam à base de ciclos. Por isso, deixar que o telemóvel descarregue completamente para, só depois, o carregar, pode até afetar o desempenho do mesmo se for algo feito com frequência.

Sim, pode acontecer algumas vezes (até quando menos espera), mas não faça disso regra. Carregue o telemóvel quando a bateria estiver abaixo dos 20%.

mitos sobre as baterias dos smartphones

6. “O carregamento rápido pode estragar a bateria”

Já partilhámos consigo um artigo no qual podia aprender como recarregar o iPhone em metade do tempo. Hoje em dia, é possível encontrar vários gadgets de carregamento rápido para os smartphones.

Se podem estragar a bateria quando são usados em excesso? Sim e não! Simplificando: pode usar a carga rápida em dispositivos que estejam preparados para tal. Se o smartphone não possuir a gestão integrada que falámos acima, a possibilidade de estragar a bateria é grande.

7. “Não se deve utilizar o dispositivo quando este está a carregar”

Este é um dos grandes mitos sobre as baterias dos smartphones: “Está a carregar? É melhor não mexer!” Não, não há problema em utilizar um smartphone quando este se encontra a carregar. Só tem de ter cuidado para o equipamento não sobreaquecer, uma vez que o calor é prejudicial para a bateria.

8. “O equipamento deve estar desligado enquanto está a carregar”

Outro dos grandes mitos sobre as baterias dos smartphones refere-se ao facto de o equipamento dever estar desligado quando se encontra a carregar. A única diferença que poderá trazer é a velocidade de carregamento, mas nada mais.

9. “Carregadores não-oficiais comprometem a bateria”

Este é um mito e, ao mesmo tempo, um “não-mito”. A verdade é que não existe consenso em relação aos carregadores “não-oficias”! Há quem diga que estraga a bateria, mas também existe quem diga que não fazem nada de mal.

A verdade é que o facto de ser de qualidade duvidosa pode trazer algumas desconfianças. Qual é a sua opinião?

Veja também: