Publicidade:

Norte de Itália: 8 cidades imperdíveis

É no norte de Itália que estão alguns dos seus locais emblemáticos: cidades cosmopolitas e vilas pitorescas, entre montanha e mar. Eis os tesouros do norte italiano.

Norte de Itália: 8 cidades imperdíveis
Muitas das mais famosas cidades italianas ficam no Norte

História milenar, língua sedutora, gastronomia ímpar. Mas os atributos do “país da bota” não ficam por aqui. Faça connosco este périplo pelo norte de Itália e deixe-se encantar pelos seus monumentos mais marcantes, pela atmosfera charmosa dos seus recantos e pelas especialidades de comer e chorar por mais.

8 cidades a explorar numa viagem ao norte de Itália


Turim

turim

Turim está na boca do mundo por estes dias: será a cidade de Cristiano Ronaldo nos próximos anos. Foi aqui, bem no norte de itália que nasceu a Juventus e se passar por lá, não deixe de visitar o estádio do clube que conquistou o craque português.

Com um passado ligado à indústria, Turim é hoje uma cidade cosmopolita, onde as praças e os edifícios clássicos são palco das mais diversas manifestações contemporâneas. Rodeada pelos Alpes Italianos, Turim é ainda um excelente destino para quem gosta de praticar desportos de inverno. Eis algumas das atrações mais populares:

  • Mole Antonelliana
  • Palazzo Madama
  • Praça Vittorio Veneto
  • Palazzo Reale
  • Basílica La Consolata
  • Museu do Automóvel
  • Museu Nacional de Cinema
  • Basílica de Superga

Bérgamo

bergamo

Muitos turistas portugueses conhecem apenas Bérgamo por ser o aeroporto das companhias low-cost mais próximo de Milão. Garantimos-lhe, no entanto, que a cidade vale bem a pena uma visita, nem que seja para provar e deliciar-se com a autêntica polenta bergamasca.

Tranquila e agradável, com uma zona alta mais antiga rodeada de muralhas, “Città Alta”,  e uma zona mais moderna, “Città Bassa”, Bérgamo reúne o melhor dos dois mundos: história e tradição por um lado, atmosfera moderna e criativa por outro. Nos seus passeios por Bérgamo, onde deve incluir uma viagem de funicular entre a Baixa e Alta da cidade, não deixe de conhecer:

  • Basilica di Santa Maria Maggiore
  • Piazza Vecchia
  • Caffè del Tasso
  • Capella Colleoni
  • Torre del Gombito
  • Mura Venete
  • Palazzo Nuovo
  • Via Pignolo
  • Academia Carrara

Milão

milao

Capital da moda, centro financeiro do país, cidade frenética que é preciso explorar com alguma serenidade, para que os detalhes mais bonitos não passem despercebidos: assim é Milão, capital da Lombardia e segunda cidade mais populosa de Itália, a seguir a Roma.

A sofisticação das montras das lojas de roupa faz parte do espetáculo de rua milanês e pode ser frustrante ver figuras de elegância irrepreensível, carregadas de sacos, entrar para automóveis com chauffeur.

Esqueça as limitações da sua conta bancária, deixe as Via Montenapoleone e Via della Spiga para trás e parta à descoberta dos outros pontos de interesse da cidade (sem se esquecer de provar o “risotto” à milanesa):

  • Catedral – Duomo
  • Galeria Vittorio Emanuele II
  • Tetaro Alla Scala
  • Castello Sforzesco
  • Pinacoteca de Brera
  • Canais de Navigli

Verona

verona

Com uma carga romântica indisfarçável, ou não fosse a cidade onde Shakespeare situou o drama de Romeu e Julieta, Verona é um destino que conquista de imediato o coração do turista mais cético.

O rio Ádige e a carismática Ponte Pietra dão as boas-vindas a Verona, lugar com um rico passado, com destaque para as heranças romanas, medievais e renascentistas.
Não sendo muito grande, um ou dois dias serão suficientes para tomar o pulso a esta jóia do Norte de Itália. No seu roteiro, inclua as seguintes paragens:

  • Castelvecchio
  • Arena Romana
  • Pastelaria Flego
  • Casa de Julieta
  • Túmulo de Julieta
  • Piazza delle Erbe

Veneza

veneza

Continuando a nossa viagem pelo Norte de Itália, chegamos à incrível cidade de Veneza. A aura de mistério sedutor é sentida logo à chegada e reforçada pelos seus canais labirínticos. Se todas as cidades italianas são diferentes, Veneza é, na verdade, a mais original, a mais surpreendente, a mais ousada.

A sua estética é tão enigmática e magnética, que nos perguntamos se é real ou se é apenas o cenário de um filme. Uma cidade por onde deambular sem pressas, a pé e de barco, espreitando em cada janela, contornando cada esquina e entrando em cada museu, igreja ou hotel: sim, os rooftops dos hotéis reservam-lhe vistas inesquecíveis. A não perder:

  • Canal Grande
  • Praça e Basílica de São Marcos
  • Palácio Ducal
  • Torre do Campanário
  • Ponte dos Suspiros
  • Ponte Rialto
  • Igreja Santa Maria della Salute
  • Praia de Lido
  • Ilhas de Murano e Burano

Génova

genova

Cidade portuária que inspirou inúmeras histórias com marinheiros, de romances a dramas policiais, Génova assume-se como sendo o berço de Cristóvão Colombo. Não é das cidades mais consensuais quando se trata de escolher destinos italianos, mas guarda os seus encantos, como palácios barrocos e lugares pitorescos junto ao mar.

Sendo há muito o maior porto comercial do país, é inevitável que esta atividade tenha moldado a cidade, com tudo de bom e de mau que isso implica. Venha visitar a cidade sem ideias feitas e de coração aberto e não deixe de passar por:

  • Via Garibaldi
  • Duomo de San Lorenzo
  • Acquario di Genova
  • Piazza Ferrari
  • Palazzo Reale
  • Teatro Carlo Felice
  • Porto Antigo
  • Marina Boccadasse

Pisa

pisa

A cidade que alberga a torre mais famosa do mundo, tem outros motivos de interesse. É verdade que a grande praça ajardinada, onde ao fundo se encontra a edificação em posição periclitante, é o local mais icónico de Pisa e onde se reúnem as atrações mais importantes.

No entanto, mesmo que só tenha um dia para dedicar à cidade, poderá explorar outros locais e monumentos interessantes, que raramente associamos a Pisa. Tome nota dos pontos que deve incluir no seu plano de visita:

  • Piazza dei Miracoli
  • Torre de Pisa
  • Camposanto
  • Batistério
  • Catedral de Santa Maria Assunta
  • Piazza dei Cavalieri
  • Borgo Stretto
  • Palazzo Reale
  • Palazzo dei Medici
  • Palazzo della Corovana
  • I Lungarni di Pisa

Florença

florenca

Fechamos este artigo sobre o Norte de Itália com uma das cidades mais veneradas a nível mundial. A beleza de Florença é de natureza discreta, suave e elegante. As torres e cúpulas que se destacam na paisagem contribuem para a atmosfera romântica que lhe associamos, bem como as suas incontornáveis pontes.

Aqui, a arte e a história apresentam-se em doses maciças e são imensas as obras artísticas gloriosas que podemos contemplar, desde o David, de Miguel Ângelo ao Nascimento de Vénus, de Botticelli, passando pela pintura de Baco, de Caravaggio. No mínimo, são precisos três dias para percorrer as principais atrações de Florença.

Nas pausas para descansar, aproveite para provar os pratos típicos como “panzanella”,  “bistecca alla fiorentina”, “papa al pomodoro” e “ribollita”, entre outros, sem esquecer a sobremesa de castanha “castagnaccio”. Pontos obrigatórios no seu passeio por Florença:

  • Galleria degli Uffizi
  • Galleria dell’Accademia
  • Batistério de São João
  • Catedral de Santa Maria del Fiore
  • Ponte Vecchio
  • Palazzo Vecchio
  • Palazzo Pitti
  • Piazza della Signoria
  • Jardins de Boboli
  • Basílica de Santa Cruz
  • Mercato di San Lorenzo

Veja também: