Publicidade:

Descubra como fugir ao valor acrescentado dos números 707

Se tiver de ligar para números 707, fique alerta. É sinal de que vai pagar uma chamada de valor acrescentado. Mas há mais indicativos a evitar, saiba como.

Descubra como fugir ao valor acrescentado dos números 707
Conheça as regras

Não há pior surpresa do que, após uma chamada telefónica para um dos números 707, 708 ou semelhante, perceber que o valor da chamada não só não estava incluído no seu plano de comunicações como, ainda por cima, é mais caro do que qualquer outra ligação que tenha feito.

A boa notícia, contudo, é que sabemos como evitar os números 707 e vamos partilhar o segredo consigo. Isso e toda a informação que lhe explica o que são, quais são e como funcionam estes números de valor acrescentado.

O que são os números 707?


numeros 707

Os números 707 são todos os números telefónicos que começam por este indicativo. São usados, sobretudo, pelas empresas que disponibilizam linhas telefónicas de apoio ao cliente ou de prestação de informações, e são o primeiro sinal de que a chamada vai ser paga muito mais cara do que qualquer outra chamada telefónica.

Além dos números 707 há ainda outros indicativos especiais com tarifários de exceção. São eles o 708, 760, 761 e 762, 800, 8008, 802, e 808. Mas há muitas diferenças entre eles.

Quais os números de tarifa especial?


Os números de valor acrescentado têm como objetivo uniformizar a disponibilidade das comunicações. Os números 707 e 708, por exemplo, são números de acesso universal, que podem ser usados em qualquer parte do mundo, sempre ao mesmo preço (0,10€ + IVA por minuto em redes fixas e 0,25€ por minuto em redes móveis).

Depois há os números que estabelecem um valor máximo por chamada, independentemente de ser fixa ou móvel e do tempo que durar. São  normalmente usados em concursos ou passatempos e têm um custo superior — 760 (0,60€ + IVA), 761 (1€ + IVA) e 762 (2€ + IVA).

Existem ainda os indicativos de chamadas gratuitas ou com custos partilhados. São de chamada gratuita os números começados por 800 (chamadas nacionais grátis), 808 (chamadas internacionais grátis) e 802 (chamadas grátis em postos públicos).

Quando ligar para um número começado por 808 pode contar com a partilha dos custos: do seu lado é cobrado o preço de uma chamada local, e todos os restantes custos são imputados à empresa para a qual está a ligar.

Como evitar fazer chamadas para os números 707?


numeros 707

Se precisa de fazer uma chamada e reparou que o número começa por algum dos malfadados indicativos, saiba que pode haver uma forma de escapar ao custo acrescido da chamada.

Na realidade, quase todas as empresas têm uma linha telefónica “normal” associada ao número 707. Ou seja, existem dois números de telefone: um nacional e um (ou vários) números 707 que encaminham para o primeiro. O que acontece é que se ligar diretamente para o número nacional não paga nada, ou paga o que estiver estipulado no seu tarifário, mas se ligar para um 707 vai estar a pagar um valor acrescentado.

Assim, a melhor forma de fugir aos números 707 é descobrir qual é o número nacional que está por detrás. Para ajudá-lo há um site onde pode pesquisar números 707 e descobrir qual é o número nacional para onde encaminham as chamadas. É só ligar para esse número.

Considere, contudo, que há empresas que não dispensam o rendimento adicional que os números 707 lhes trazem e que, para evitar “manhas”, bloqueiam as chamadas que forem feitas diretamente para o número original e não passarem pelos números 707. Nesses casos não há mesmo como fugir: vai ter de pagar o valor acrescentado.

Os novos preços dos números 707 e 708


numeros 707

A boa notícia é que a ANACOM está em cima dos números de valor acrescentado e já recomendou novos limites máximos para estas chamadas. Os descontos vão dos 10% aos 48% e beneficiam, sobretudo, as chamadas feitas a partir do telemóvel.

De acordo com a proposta da Autoridade Nacional para as Comunicações, os preços das chamadas para números começados por 707 e 708 devem baixar dos 0,10€ + IVA para os 0,09€ + IVA nas chamadas fixas e dos 0,25€ + IVA para os 0,13€ + IVA nas chamadas móveis.

Melhor ainda é saber que as operadoras são livres de definir preços ainda mais baixos do que os propostos pela ANACOM. Se o fizerem, aumenta ainda mais a poupança dos consumidores com este tipo de chamadas.

É possível bloquear as chamadas para números de valor acrescentado?


A resposta a esta pergunta é agridoce: os clientes do serviço universal da NOS têm a possibilidade de proceder ao bloqueio seletivo de chamadas, ou seja, podem impedir os seus telefones de efetuarem chamadas para grupos de números começados por 7 e/ou por 8. Esta possibilidade não é pura simpatia do operador, mas uma obrigação legal que tem por ser fornecedor do serviço universal de telefone fixo.

Todos os clientes de outras operadoras (e os clientes da NOS que não sejam clientes do serviço universal) estão sujeitos à “boa vontade” das empresas, que podem ou não oferecer a possibilidade de bloqueio seletivo de chamadas.

Para saber se consegue bloquear as chamadas para os números 707 no seu telefone, contacte a sua operadora e pergunte que regras se aplicam ao seu caso específico.

Veja também:

Marta Maia Marta Maia

Jornalista de formação, trabalhou no Público e na Fugas, mas logo passou para o lado do Marketing. Apaixonada pelo digital e por pessoas, é poupada por natureza e faz questão de tratar o dinheiro com o respeito que ele merece. Ecologista convicta, não dispensa música, livros e boas conversas offline.

O E-Konomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro. O E-Konomista não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui qualquer garantia nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se pretender sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].