Os cães podem comer pão? Descubra a resposta

Muitos donos questionam-se: os cães podem comer pão? Isso acontece, especialmente, porque os caninos adoram o seu paladar. Será que podem?

“sponsored by fidelidade”
Os cães podem comer pão? Descubra a resposta
Sim ou não?

Será que os cães podem comer pão?

Bem sabemos que, idealmente, a dieta dos caninos deve incluir alimentos variados que privilegie as proteínas de origem animal – mas sem esquecer, também, das fibras e cereais. A dieta do seu patudo está a ser bem pensada? Ainda que a resposta seja positiva, a verdade é que, de vez em quando, é normal que muitos donos ofereçam snacks “de humanos” aos seus amigos de estimação – cometendo, muitas vezes, um erro importante. Será que dar pão ao canino aí de casa é mais um desses enganos a evitar? Descubra a resposta.

Os cães podem comer pão?


A resposta que temos é aquela que gostaria de ouvir: os pães não são alimentos proibidos para os cães. Mas, antes de mais, é preciso esclarecer que esta oferta deve ser ocasional e nunca parte da rotina alimentar do animal. Lembre-se: tudo que é oferecido em exagero pode fazer mal.

Para o cão, comer um bocado de pão (de vez em quando) não é prejudicial ao seu organismo – afinal, os pães são feitos de cereais. O problema está em substituir uma refeição pelo consumo de pão – um pão com carne, por exemplo, não é indicado.

Lembre-se sempre que, apesar de não serem proibidos, o pão simples, branco e tradicional da padaria, ou o pão de forma vendido nos supermercados, não são alimentos que ofereçam benefícios nutricionais aos cães.

 os cães podem comer pão

É, então, seguro oferecer pão ao seu cachorro?

Ainda que a resposta mais fácil seja dizer que “sim, é seguro que o seu cão coma pão”, a verdade é que cada animal é um ser individual e tem, portanto, as suas características e necessidades particulares. Isso quer dizer que, ao oferecer qualquer alimento que não seja a ração, deve sempre procurar a opinião do médico veterinário. É, sim, importante questionar-se sobre aquilo que o seu patudo pode ou não comer, garantindo a sua segurança.

A comida para cães, por exemplo, deve ser produzida com foco nas necessidades caninas, com pouco sal, poucos hidratos de carbono, proteínas e pouca quantidade de vegetais. Em resumo, concluímos que os nossos amigos de 4 patas precisam de ter uma dieta que dê prioridade às proteínas animais e outras fontes de nutrientes alternativas, de forma a conseguirem ter uma alimentação equilibrada.

É de salientar a razão pela qual as rações para animais foram criadas e são comercializadas, afinal, elas existem porque os nossos amigos de estimação têm mesmo necessidades alimentares especiais e diferentes das nossas.

Mas, ainda que tenhamos em conta estas necessidades especiais, seria incorreto dizer que os cães estão proibidos de comer pão – afinal, este é um alimento quase tão antigo quanto a civilização humana e, portanto, já oferecido aos caninos há bastante tempo. Claro que nessa altura não se tinha tanto acesso à informações sobre alimentação saudável – quer para nós, quer para os cães -, mas a verdade é que os caninos sobreviviam bem quando lhes era oferecido um bocado de pão.

Então, os pães não fazem mal à saúde do seu animal? Não, não prejudicam o seu animal, mas o seu consumo, claro, deve ser controlado.

Descubra 22 alimentos que o seu não pode comer >>

Porque os cães devem evitar o consumo excessivo de pão?

A resposta é simples: porque os pães não acrescentam benefícios à dieta desses animais. Uma vez que são ricos em hidratos de carbono simples, são super eficientes para fornecer-lhes bastante energia, mas transformam-se rapidamente em gordura quando consumidos em excesso.

Por outro lado, os pães escuros e integrais são compostos por hidratos de carbono complexos, que proporcionam uma digestão lenta e o consumo maior de fibras e vitaminas.

O que isso quer dizer? Que deve mesmo evitar oferecer pão ao seu cão todos os dias, mas que, se for oferecer este miminho, deve optar antes pelas opções integrais.

Existe algum benefício no consumo de pão pelos cães?

Se quiser oferecer, ocasionalmente, pão ao seu cão, saiba que este alimento pode até ser um excelente complemento à sua dieta alimentar – desde que seja oferecido em pequenas quantidades.

Porque? É simples: porque o trigo é uma ótima fonte de fibra –  sabia que ele está presente na composição de muitas rações que são comercializadas para cães?

Como oferecer pão ao seu cão?

Pode, por exemplo, oferecer um bocadinho de pão antes da refeição do seu animal para lhe abrir o apetite. Esta dica é dedicada aos donos que observam que os cães estão um pouco enjoados da ração, ou sem uma vontade especial de comer.

Como os cães adoram comer pão, pode usar este alimento como uma espécie de “termómetro” do seu apetite. Quando um cão (que adora um pãozinho) recusa-se a comer este alimento, geralmente, é altura de levá-lo ao veterinário. Pode ser que esteja doente…

Que pães evitar?

  • Pães folhados, como o croissant;
  • pães recheados (com queijo, fiambre, salsicha, enchidos variados, etc);
  • pães com temperos ou com especiarias;
  • pão de batata;
  • pão de leite (é curioso, mas muitos cães são mesmo intolerantes à lactose).

Que pães pode oferecer?

  • Pão de aveia;
  • pães caseiros (pães feitos com aveia em flocos e farinha integral podem dar uma força extra ao sistema imunológico dos cães);
  • pão com abóbora (excelente fonte de fibras).

Agora que sabe que os cães podem comer pão, faça boas escolhas e acerte na dose da oferta.

Veja também: