Publicidade:

7 dicas para pagar menos IRS

Está a tentar aliviar o fardo fiscal? Existem alguns truques para abater o que tem de pagar de imposto. Saiba como pagar menos IRS.

7 dicas para pagar menos IRS
Como reduzir no pagamento do imposto

Os impostos, e mais propriamente o IRS, são uma inevitabilidade. Provavelmente desconhece que existem alguns truques e dicas que permitem pagar menos IRS. Alguns passos e ferramentas que temos à nossa disposição não podem ser ignoradas e, por vezes, acaba por tratar-se de uma questão de atenção.

7 dicas para pagar menos IRS

1. Verificar faturas

ALT efatura IRS

É extremamente importante garantir que as faturas estão todas validadas. Apesar de o prazo para o fazer já ter terminado (15 de fevereiro), não perca de vista esta necessidade para poder pôr em prática no próximo ano. Aceda ao Portal das Finanças ao longo do ano, na página do e-fatura, e vá tratando desta questão periodicamente. Quanto mais validar, mas deduções vai cumprir.

2. Donativos

pagar-menos-IRS

Ao mesmo tempo que está a ajudar, está a reduzir o valor do IRS a pagar. Os donativos são dedutíveis em 25% do seu valor.

3. Cumprir os prazos

pagar-menos-irs

Para pagar menos IRS, seja responsável e cumpra os prazos estipulados. Evita também constrangimentos técnicos, se não deixar tudo para a última hora e ao não ultrapassar as datas definidas, não terá de pagar multas. Anote as datas importantes.

4. Despesas gerais familiares

ALT familia IRS

Este ano entra em vigor uma nova tabela de escalões do IRS, o que vai aliviar muitas famílias portuguesas, de acordo com os seus rendimentos. No entanto, não deixe de pedir faturas para o grupo das despesas gerais familiares. São deduzidas à coleta 35% das despesas, num limite máximo de 250€ por contribuinte ou 500€ por casal. Neste grupo entram muitas despesas, que podem depois ajudar a aliviar o que paga de imposto.

5. Despesas de saúde

pagar-menos-irs

Com a saúde podem ser abatidas ao imposto 15% até ao limite de 1000€. Note que também estão incluídos prémios com seguros de saúde, contribuições feitas a associações mutualistas ou a instituições sem fins lucrativos que prestem cuidados de saúde.

6. Despesas com educação

pagar-menos-IRS

Deduza sempre à coleta as despesas relacionadas com educação (sua ou com elementos do agregado familiar – cuidado com o NIF). Uma das melhores formas de pagar menos IRS é ser especialmente cuidadoso com estas despesas: 30% com um limite de 800€.

7. Dependentes

pagar-menos-IRS

Os dependentes valem uma dedução de 600€ cada um. Crianças até aos 3 anos de idade representam mais 125€. Vivendo em comunhão de habitação, garantir que está a incluir todos os dados importantes para o IRS dos seus dependentes é muito importante.

Veja também: