Publicidade:

Os 10 países mais amigáveis para turistas

Uma das grandes vantagens em viajar é desfrutar da hospitalidade e simpatia de novos povos. Por isso, conheça os 10 países mais amigáveis para turistas.

Os 10 países mais amigáveis para turistas
Portugal também faz parte desta lista

Em 2017, o Fórum Económico Mundial elaborou um relatório, no âmbito da  Competitividade Turística e Turismo, para saber quais são os países mais amigáveis para turistas.

No total, foram avaliados 136 países mediante 14 parâmetros, que permitiram obter uma imagem geral dos países mais amigáveis para turistas. Um desses pilares consiste nas infraestruturas em termos de serviços turísticos, o que se reflete na capacidade de cada país em hospedar um grande número de turistas, bem como a qualidade do serviço prestado, o número de quartos de hotel per capita, a presença de grandes empresas de aluguer de automóveis e, até, o número de terminais multibanco por adulto.

Descubra os 10 países mais amigáveis para turistas


A infraestrutura de serviços turísticos é cada vez mais apelativa, fruto do aumento dos fluxos de pessoas a nível mundial. Pelo menos em Portugal, que também aparece nesta lista num excelente lugar, o turismo é uma profissão que está na moda. Confira o top 10.

1. Áustria

austria

Curiosamente, a Áustria é o país mais turístico do mundo, com altas pontuações em todos os níveis de classificação, provando, assim, que não é necessário ser um país gigante ou possuir uma história impactante para atrair visitantes.

Nenhum país conjuga tão bem, e praticamente sem esforço, a relação entre o ambiente urbano e o campestre como a Áustria. Num dia, está a subir os Alpes, no outro a percorrer as imperiais ruas de Viena, uma das cidades europeias mais fáceis de descobrir – e já agora, de se apaixonar, seja a viajar sozinho ou acompanhado.

Se lá for, desfrute de um doce bem típico: as “bolas Mozart”, que não são nada mais que umas esferas de maçapão revestidas a chocolate, e, em seguida, envolvidas em papel com o rosto do compositor.

2. Espanha

espanha

Os nossos vizinhos espanhóis ocupam o segundo lugar na lista dos países mais amigáveis para turistas, muito devido à sua forma de viver apaixonada, sofisticada, descontraída e tão fácil de aproveitar.

As paisagens diversas da Espanha mexem com qualquer espírito. Os Pirenéus e os Picos de Europa são tão bonitos como qualquer serra do continente, enquanto a Sierra Nevada, coberta de neve, sobe improvável pelas planícies solares da Andaluzia. Ainda há espaço para as encantadoras enseadas do Mediterrâneo, com vilas de beleza intemporal, que se amontoam em vales e se juntam a afloramentos costeiros fazendo lembrar a Espanha de outros tempos.

Em Espanha, vive-se a boa vida, vive-se no presente e há sempre um motivo para sorrir e festejar. Aliás, “fiesta” é uma palavra que qualquer pessoa do mundo deve facilmente reconhecer.

3. Estados Unidos da América

new york

Pode não ser o país mais popular da atualidade, fruto de um gabinete presidencial que não é propriamente admirado, principalmente a nível europeu, mas não há como negar que o povo americano tem os seus encantos.

Enquanto um dos maiores países do mundo, a grande experiência turística em terras norte-americanas diz respeito à tantas coisas: florestas e praias, montanhas cobertas de neve e florestas de sequoias vermelhas, cidades amantes de restaurantes e uma cultura vibrante.

E é, também, nos EUA que encontramos algumas das metrópoles mais cobiçadas para descobrir, como Los Angeles, Las Vegas, Chicago, Miami, Boston e, claro Nova Iorque – cada uma com as suas atrações, com a sua reputação e personalidade própria.

4. Portugal

porto

Nos últimos anos, tem sido frequente o lugar cimeiro ocupado por Portugal e por algumas cidades portugueses como melhores destinos para conhecer. E se há algo que todos comentam quando cá vêm, além do tempo incrível, é a simpatia deste povo que recebe qualquer pessoa de braços abertos.

O Norte romântico encanta com os sulcos que rodeiam o Rio Douro e trazem uma experiência como em nenhuma parte do mundo, com o Porto e a sua personalidade forte e colorida, e com as cidades mais pequenas e históricas, como Viana do Castelo, Braga ou Guimarães.

Não podemos esquecer, claro, de mencionar a capital lisboeta que não deixa nada a desejar em relação a outras grandes capitais europeias, o gigante Alentejo e a sua capacidade de nos fazer sentir bem e as praias do Algarve, sempre tão requisitadas e deliciosas. Ah, e as ilhas, longínquas e mágicas.

5. Croácia

croácia

A Croácia revela-se como um dos países mais amigáveis para turistas, devido, principalmente, às altas pontuações em recursos naturais e sustentabilidade ambiental. Por isso, se sonha com dias passados em praias banhadas por águas cristalinas e transparentes, a descansar à sombra de antigas cidades muradas, então, este país bem pode ser o país que vai tornar os seus sonhos em realidade.

Por estar localizada na perigosa zona entre os Balcãs e a Europa central, a Croácia tem um passado conturbado, tendo sido passado entre reinos, impérios e repúblicas concorrentes durante milhares de anos. Mas, foi essa mesma pesada herança histórica que lhe conferiu aquilo que a torna tão especial: um rico legado cultural, onde palácios venezianos se aglomeram junto aos fortes napoleónicos, as colunas romanas a sobressair das primeiras igrejas eslavas e as mansões vienenses que enfrentam a escultura realista socialista.

6. Suíça

suíça

Segurança, sustentabilidade ambiental e ambiente empresarial são os pontos fortes da Suíça apontados neste ranking.

Olhe para além do chocolate, relógios e “yodelismo”. A Suíça contemporânea, terra de quatro línguas, pode ser palco de verdadeiras jornadas únicas na vida, atividades alpinas e cultura urbana.

As paisagens esplêndidas da Suíça convidam à ação imediata, seja pela prática de desportos de inverno, seja pelas caminhadas em áreas de montanha. É possível perder-se na admiração de longos de vales perdidos, ou no deslumbre com as margens brilhantes de lagos e vinhas verdes-ervilhas. Mas, há um contraste perfeito em tudo isto: a capital Berna, com a sua cidade medieval e a arte moderna de classe mundial; a arquitetura ousada e eclética de Basileia; a elegante Genebra; a refrescante Zurique, com as suas barras de rio e um distrito industrial renascido do Oeste.

7. Reino Unido

ilha skye escocia

Não pense só em Londres. Composto pela Grã-Bretanha e Irlanda do Norte, o Reino Unido pode, nem sempre, parecer muito unido, mas é, sem duvida, um estado histórico repleto de atrações para qualquer visitante – somando cidades atraentes e paisagens deslumbrantes.

Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte são bons destinos por direito próprio, e as viagens entre esses países revelam tanto a cultura compartilhada, quanto os sabores locais distintos – que contribuem para que o Reino Unido seja um dos destinos mais apetecidos e apreciados em todo o mundo.

8. Austrália

austrália

A Austrália é um dos destinos turísticos mais populares do mundo, um local para ser conhecido com a mente aberta e de mochila às costas. Isso após ter estado desabitada durante milhões de anos, o que permitiu que centenas de milhares de espécies animais prosperassem.

Como consequência, a Austrália é atualmente um dos países mais ricos em mamíferos e aves, mas o grande destaque vai para a Grande Barreira de Coral – um dos pontos de mergulho mais populares do mundo, com 600 tipos de coral, seis espécies de tartarugas, 215 espécies de aves, 17 espécies de cobras marinhas e mais de 1.500 espécies de peixes.

Mas, todo o “lucky country” – o país da sorte, como lhe chamam – está cheio de belezas naturais incríveis, como florestas tropicais e praias de areia branca.

9. Alemanha

berlim

Fica desmistificada a ideia de que os alemães são um povo frio. E para isso contribui a forma artística como a paisagem da Alemanha se desenvolve – com costas onduladas e cercadas de dunas do Norte, florestas temperamentais, românticos vales de rios, vastos vinhedos e o esplendor fora dos mapas dos Alpes.

Seja qual for a cidade que visite, encontrará muitos pontos históricos: ruas que não se sabe quando foram construídas, castelos que se erguem acima das aldeias primordiais, e grandes cidades, como Berlim, Munique e Hamburgo – tão diferentes culturalmente, com museus de arte, casas de ópera, muitos bares e pormenores clássicos, românicos, góticos e barrocos. Há diversidade um pouco por todo o lado.

10. Canadá

canadá

A publicação americana New York Times classifica o Canadá como um dos melhores países do mundo. E, na verdade, se durante muitos anos este país era sempre colocado em segundo plano quando comparado com os EUA, hoje o cenário é diferente.

O Canadá faz bem justiça à reputação de povo simpático, com montanhas incríveis, costas escarpadas, uma gastronomia de topo e rotas selvagens para os espíritos mais aventureiros. Não é por acaso que o chamam “The Great Outdoors”, afinal, a variedade de paisagens justifica o título: montanhas altas que quase tocam o céu, glaciares brilhantes, florestas espetaculares e praias remotas.

Se ainda não sabe para onde viajar em 2018, esta lista dos países mais amigáveis para turistas é um excelente ponto de partida.

Veja também: