Publicidade:

Palavras homónimas: sabe do que se trata?

Costuma confundir palavras homónimas com homófonas, homógrafas ou parónimas? Explicamos-lhe tudo sobre o assunto, de modo a esclarecer todas as dúvidas!

Palavras homónimas: sabe do que se trata?
Explicamos-lhe tudo sobre este tema

As palavras homónimas podem gerar alguma confusão aos falantes da Língua Portuguesa. Na verdade, muitas são as pessoas que têm dificuldade em distingui-las de outras relações semânticas entre palavras, como as homógrafas, as homófonas ou as parónimas. Se é uma destas pessoas, não se preocupe! Estamos cá para esclarecer todas as duas dúvidas relativamente a este tema da gramática portuguesa, que tanta confusão pode gerar. Na verdade, a explicação é bem mais simples do que julga! Confira de seguida a informação que temos para si!

Saiba o que são palavras homónimas

palavras-homonimas

1. Definição

As palavras homónimas são os vocábulos que possuem a mesma grafia, o mesmo som mas que têm significados diferentes.

2. Com que tipo de palavras não devem ser confundidas?

Em primeiro lugar, os falantes da Língua Portuguesa não devem confundir as palavras homónimas com as palavras homófonas, que têm o mesmo som, mas grafia e significados diferentes.

Exemplos de palavras homófonas:

Nós estamos aqui.
Comi uma noz.

Também não devem ser confundidas com as palavras homógrafas, que têm a mesma grafia, mas som e significados distintos.

Exemplos de palavras homógrafas:

Tens o meu molho de chaves?
Põe molho na salada.

De igual forma, não devem ser confundidas com as palavras parónimas, que têm grafia, som e significados distintos, mas que são muito semelhantes.

Exemplos de palavras parónimas:

Qual o comprimento da saia?
Tem de haver cumprimento de regras.

3. Exemplos de palavras homónimas

Vejamos, então, de seguida, exemplos concretos de palavras homónimas:

Vou depositar dinheiro no banco.
Vou sentar-me no banco.

Cheguei da viagem são e salvo!
As duas alunas novas são simpáticas.

Gosto de andar de barco no rio.
Eu rio muito com as tuas anedotas.

Ela está sozinha, ali no canto.
Eu canto muito bem.

Cheguei cedo de manhã.
Eu cedo sempre o meu lugar a pessoas idosas.

Este saco está leve.
Queres que te leve à escola?

Gosto muito do verão.
Os professores verão como evoluíste.

A Patrícia era alegre no passado.
A era dos Descobrimentos foi fabulosa para o nosso país.

Eu já não fumo.
O fumo das fábricas polui imenso a atmosfera.

Como pode observar, muitos são os exemplos de palavras homónimas na Língua Portuguesa. Estes são apenas alguns deles! Observe com atenção os exemplos e as explicações que lhe deixámos e verá como não as voltará a confundir! Na verdade, usamos muitas destas palavras no nosso quotidiano. Portanto, convém conhecê-las bem!

Veja também:

Catarina Mesquita Catarina Mesquita

Licenciada em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses e Ingleses, Pós-Graduada em Linguística Portuguesa e Mestre em Estudos Portugueses Multidisciplinares, possui experiência de mais de quinze anos ao serviço da educação, da tradução e da escrita.