Publicidade:

Perder peso depois dos 40 anos: 6 conselhos essenciais

Se já chegou aos 40 anos (ou para lá caminha), já percebeu que é cada vez mais difícil manter a forma. Veja as nossas dicas para perder peso depois dos 40.

Perder peso depois dos 40 anos: 6 conselhos essenciais
A idade não é desculpa para não ter atenção à linha

A luta contra os quilos a mais e as gordurinhas irritantes parece durar uma vida inteira. Talvez por isso cada vez mais as pessoas procurem adotar uma alimentação equilibrada e um estilo de vida fit e saudável. Problema? A idade parece pesar cada vez mais na balança, uma vez que a perda de peso se torna mais difícil à medida que os anos passam. Perder peso depois dos 40 é mais trabalhoso, mas não é impossível.

Como não queremos que lhe falte nada, trazemos-lhe 6 dicas que prometem ajudar na perda de peso quando atinge as 4 décadas de idade. Tome nota e ponha mãos à obra para manter a forma.

6 dicas para perder peso depois dos 40 anos


Ouve falar sobre o metabolismo a vida toda, mas poderá não saber ao certo o que significa. É o processo através do qual o organismo transforma os nutrientes que recebe em energia. No entanto, questões como o género e a idade podem condicionar o seu desempenho e, consequentemente, o peso corporal.

E qual é o resultado? Bom, com o avançar da idade o metabolismo vai ficando mais lento ao mesmo tempo que se perde massa muscular – e que a flacidez ataca. Dito isto, pode parecer-lhe impossível emagrecer depois dos 40, mas a verdade é que a idade não é desculpa para achar que não consegue reverter os quilos a mais na balança.

No entanto, é importante que tenha uma alimentação saudável, sem excessos, aliada a um estilo de vida ativo. De outra forma, será impossível ver os números da balança a diminuir.

Beba mais água

beber água ajuda a emagrecer depois dos 40

Esta é, provavelmente, a dica que mais ouve ao longo de toda a vida: a água faz mesmo maravilhas pela saúde. A água é presença obrigatória no dia-a-dia de quem quer ser saudável e perder peso, uma vez que evita a retenção de líquidos e combate o famoso inchaço que todos detestam. Faça um esforço para beber entre 1 e 2 litros de água diariamente.

Faça exercício físico em jejum

Pode parecer-lhe estranho mas fazer exercício em jejum é mesmo uma boa prática para perder peso depois dos 40. Se, por exemplo, fizer alguns sprints logo pela manhã, vai ajudar o seu corpo a queimar gordura e ativar o metabolismo, o que resulta numa queima maior de calorias ao longo do dia. Depois deve tomar um pequeno-almoço saudável, equilibrado e cheio de nutrientes.

Durma o suficiente

dormir para perder peso

O sono desempenha um papel crucial na manutenção do seu peso, pelo que é um aspeto importante se quer emagrecer depois dos 40. O descanso insuficiente faz com que o seu organismo se torne mais lento e, consequentemente, desacelera o seu metabolismo. O ideal é dormir entre 7 a 8 horas por noite.

Coma uma ceia tardia

Comer antes de se deitar pode ajudar a manter o metabolismo ativo, que é precisamente o seu objetivo. No caso das proteínas, por exemplo, há um efeito termogénico: o corpo gera mais calor e queima mais calorias.

Não seja sedentário

É muito importante que se obrigue a caminhar e manter-se ativo no seu dia-a-dia. Se trabalha longas horas sentado então procure, por exemplo, usar as escadas em vez do elevador.

Pode também aproveitar para, em casa, fazer telefonemas enquanto caminha de um lado para o outro (em vez de ficar sentado no sofá). Pequenos esforços vão fazer a diferença.

Evitar as bebidas alcoólicas

evite o álcool para emagrecer depois dos 40

Não precisa de abdicar totalmente do álcool – um copo de vinho à refeição de vez em quando não tem de ser um bicho papão. Contudo, não pode consumir bebidas alcoólicas diariamente e constantemente, uma vez que se trata de um produto com calorias vazias que apenas contribuem para o aumento de peso.

Veja também:

Inês Pereira Inês Pereira

Licenciada em Jornalismo e Pós-Graduada em Branding e Content Marketing, sempre se deu bem com a escrita. Embora prefira escrever com um teclado, não acredita nessa ideia de ler um livro através de um ecrã: um livro lê-se em papel e tem um marcador. Gosta de fotografia, de história e de conhecer o mundo.