Personalidade do gato: 5 tipos para conhecer

Se é fã de felinos e até tem um em casa, fique a saber mais sobre tipos de personalidade do gato e confira em qual deles o seu animal melhor se insere.

“sponsored by fidelidade”
Personalidade do gato: 5 tipos para conhecer
Identifique qual a personalidade do seu felino

Todos sabemos que os felinos são animais com um temperamento muito particular que deve ser respeitado, mesmo que por vezes isso seja difícil para os donos. Por isso, falar em personalidade do gato não é assim tão estranho, tendo em conta que são várias as situações em que os felinos “fazem questão” de demonstrar o seu “feitio” (ou, em alguns casos, “mau-feitio”).

Todavia, não pense que vamos tentar descortinar tipos de personalidade de gato, sem qualquer base científica. Antes pelo contrário, vamos apresentar-lhe algumas conclusões de um estudo sobre esta matéria, levado a cabo pela Universidade South Australia, e cujos resultados podem ser muito esclarecedores e, acima de tudo, úteis.

Personalidade do gato: fique a saber mais sobre este assunto


Como educar um gato: 5 truques essenciais

Caraterísticas e influências

Embora, habitualmente, se caraterize o felino, de uma forma genérica, como um animal reservado e independente, é certo que a personalidade do gato vai muito mais para além dessas caraterísticas.

Todos os gatos são diferentes e apresentam temperamentos distintos. Existem gatos mais tímidos e solitários; gatos mais nervosos e sociáveis; e, ainda, gatos mais agressivos. Algumas raças são, também, tidas como mais dominantes e possessivas.

Há, ainda, estudos que apontam mesmo três ou, até, cinco tipos de personalidade do gato, os quais têm, sobretudo, por base, a forma de interação dos felinos com os humanos. Assim, algumas pesquisas revelaram haver gatos:

  • sociáveis, seguros e extrovertidos;
  • tímidos, introvertidos e solitários;
  • ativos e agressivos.

Ao contrário do que se possa pensar, não é só a raça que interfere na manifestação destes tipos de personalidade. Aspetos como a interação dos felinos com a mãe, a personalidade do pai e as primeiras experiências de socialização com humanos são determinantes para a definição de dado tipo de temperamento.

Tipos de personalidade do gato

Este não é um tema consensual junto da comunidade científica que, em parte, crítica este género de terminologia e análise, quando aplicada a um animal. Contudo, um estudo, liderado pela investigadora australiana Carla A. Litchfield, veio mostrar como faz todo o sentido encetar estas pesquisas.

Para tal, foram feitos 2800 questionários a donos de gatos, onde eles deveriam avaliar mais de meia centena de caraterísticas dos seus animais. Através desta estatística, foi possível chegar a 5 categorias ou tipos de personalidade do gato, a saber:

  • extrovertida; 
  • dominante;
  • espontânea;
  • afável;
  • nervosa.

Todavia, muitos podem perguntar-se sobre a utilidade de definir a personalidade do gato. Pois bem, antes de mais, é importante frisar que, tal como nos humanos, nenhum animal se encaixa numa só categoria, recolhendo sempre caraterísticas das diferentes tipologias de temperamento existente.

Além disso, neste caso, o foco foi demonstrar que, conhecendo melhor a personalidade do gato e as suas caraterísticas intrínsecas, também se torna mais fácil ir ao encontro das suas necessidades, perceber o seu comportamento e providenciar-lhe as ferramentas imprescindíveis para o seu bem-estar.

Por exemplo, um gato com pontuação alta no item “extrovertida” é um animal mais criativo e dinâmico que, por isso, necessita de mais brinquedos e atividades, do que um felino com poucos pontos nesta categoria.

Além disso, este sistema pode ainda funcionar como ferramenta de diagnóstico, nomeadamente na deteção de doenças do foro cognitivo ou motor. Um gato que apresente baixa pontuação no ponto “extrovertida” e já tenha uma idade avançada pode estar com problemas cognitivos ou de coordenação motora, por exemplo.

Para saber mais, aceda ao estudo aqui >>

Gatos e esconderijos: uma

Principais caraterísticas de cada tipo de personalidade

1. Extrovertida

Nesta categoria, insere-se o gato que adora explorar a casa, principalmente o que está mais inacessível. Gosta de escapar até à rua e perseguir outros animais. Não poupe nos brinquedos, nem nas atividades com ele, pois este felino precisa de muitos estímulos, caso contrário é capaz de começar a destruir algumas coisas aí por casa…

Descubra quais os melhores brinquedos para gatos >>

2. Dominante

Como o nome indica, o gato dominante gosta de ter o controlo do espaço e, também, dos próprios donos. Normalmente, trata-se de um animal algo agressivo com os seus pares, ou seja, com outros felinos.

Lutas entre gatos: como evitar e resolver >>

3. Espontânea

O gato espontâneo denota mais dificuldade em seguir e em obedecer a regras, sendo fundamental definir alguns horários padrão para este tipo de animal, sobretudo no que respeita à alimentação. Pode oscilar entre períodos de energia e outros de ansiedade, tendendo a comer em demasia, o que pode conduzir à obesidade ou a outros problemas de saúde.

4. Afável

Se tem um gato carinhoso, que adora estar junto dos seus donos e é muito obediente, então tem um felino afável que, por vezes, até se afasta do comportamento que, normalmente, associamos a um gato. Habitualmente, este género de personalidade advém de uma boa socialização do animal com humanos, quando ainda era bem pequeno.

5. Nervosa

Esta categoria encaixa naquele gato que não gosta de socializar e prefere afastar-se e esconder-se, principalmente quando chegam visitas a casa. Este felino não deve ser forçado a conviver, nem a contactar com outras pessoas, se não demonstrar vontade para tal.

Por isso, uma boa dica para os donos deste género de gato é disponibilizar pela casa vários esconderijos que deixem o animal confortável, tais como caixas, gavetas ou armários, onde o felino possa estar confortável e em segurança.

Gatos e esconderijos: uma relação fundamental >>

Após conhecer estes 5 tipos de personalidade do gato, certamente já conseguiu detetar com qual deles o seu gato mais se identifica. Contudo, e caso ache que o seu felino tem um temperamento mais difícil, tendendo para o agressivo ou para o nervoso, saiba que com paciência e através do reforço positivo, é sempre possível operar algumas alterações na personalidade do gato, a bem da harmonia do seu lar, mas também do bem-estar do animal.

Portanto, converse com o veterinário do seu gato e peça ajuda, se assim for necessário.

Veja também: